Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

30 de jul. de 2022

ONU e Fórum Econômico Mundial por trás da 'guerra global aos agricultores': segundo especialistas




ZH, 30/07/2022 - Com Epoch Times 



Por Tyle Durden 



O crescente ataque regulatório aos produtores agrícolas da Holanda e dos Estados Unidos ao Sri Lanka e além está intimamente ligado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas e aos parceiros da ONU no Fórum Econômico Mundial (WEF), disseram vários especialistas do Epoch Time.

De fato, vários dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU estão diretamente implicados em políticas que estão pressionando agricultores, pecuaristas e suprimentos de alimentos em todo o mundo.

Membros de alto nível do Partido Comunista Chinês (PCC) dentro do sistema da ONU ajudaram a criar os ODS e atualmente estão ajudando a liderar a implementação do plano global da organização,   documentou anteriormente o Epoch Times.

25 de dez. de 2022

Bolonha – a cidade mais progressista da Itália e pioneira do Sistema de Crédito Social Ocidental




PES, 15/05/2019 



Entrevista do ex-prefeito Virginio Merola expõe o quão pronta a cidade estava


Prefeito Merola, por que Bolonha é uma cidade progressista?

Bolonha sempre foi uma cidade progressista e pretende continuar assim. Fomos nós que inventamos as creches e as habitações sociais já no início do século XX. Hoje, lutamos pelo desenvolvimento sustentável e por ajudar nossos jovens a encontrar trabalho. Para o futuro, que assimilamos ao progresso, pretendemos viver em solidariedade e trabalhar juntos.

24 de jan. de 2023

Fundo da OPEP apóia política de mudança climática do Panamá com empréstimo de US$ 120 milhões





ESGN, 23/01/2023 



O Fundo da OPEP para o Desenvolvimento Internacional está concedendo um empréstimo de US$ 120 milhões ao Panamá para apoiar as políticas de ação climática, adaptação, resiliência e mitigação do país. O “Programa de Apoio do Panamá à Política Nacional de Mudança do Clima” visa mitigar, conter e reverter os efeitos da mudança do clima, ajudando o Panamá a cumprir seus compromissos de longo prazo em relação à mudança do clima alinhados com o Acordo de Paris. 

22 de mar. de 2022

Educação e Doutrinação: A UNESCO e as Sete Lições Complexas

Adouls Huxley


Autor: Carl Teichrib


Forcing Change, Volume 9, Edição 1



Nota Especial: Este relatório sobre a UNESCO e a educação é bem detalhado e pode ser tedioso para alguns. Entretanto, de modo a compreender apropriadamente a influência dessa agência da ONU em nossa sociedade, é imperativo analisar este material com certo nível de profundidade. Portanto, pedimos que você leia este relatório com atenção e considere as implicações da cosmovisão da UNESCO.

"O conceito motivador supremo do futuro é a sinergia: homens e mulheres de todas as nações se unindo e seguindo líderes de grande visão, que veem que a busca de um ideal comum, um mundo, uma Terra, um povo, é a razão para toda a existência." — Desmond E. Berghofer, fundador da Creative Learning International. [1].

28 de dez. de 2022

Roma, Itália – Carteira do Cidadão: Roma, a segunda cidade italiana a implementar o Crédito Social



CR



CARTEIRA CIDADÃO: A PLATAFORMA QUE TE RECOMPENSA

Está em andamento a fase experimental do projeto da Capital de Roma, que incentiva o comportamento sustentável dos usuários da cidade

Carteira Cidadão: a plataforma gratificante para os cidadãos

4 de mai. de 2022

Uma Análise da Agenda do Controle Demográfico




Forcing Change, Volume 6, Edição 6.



"O controle da natalidade é uma questão de grande importância, particularmente em relação à possibilidade de um governo mundial..." [Bertrand Russell, 1].

"A fertilidade humana é agora a maior ameaça de longo prazo para os padrões humanos, tanto espirituais quanto materiais." [Julian Huxley, 2].

"O objetivo seria metade da população mundial atual, ou menos." [The Environmental Handbook, 1970, 3].

"Como podemos ajudar um país estrangeiro a se livrar da superpopulação? Claramente, a pior coisa que podemos fazer é enviar comida... Bombas atômicas seriam mais gentis..." [Garrett Hardin, 4].

De acordo com o Departamento do Censo dos EUA, a população mundial ultrapassou o marco dos 7 bilhões de habitantes em algum momento em meados de março de 2012. [5]. Mas, a verdadeira agitação ocorreu no ano passado, quando as Nações Unidas previram 31 de outubro de 2011 como a data simbólica da ultrapassagem. Antecipando-se ao grande evento numérico e ao futuro crescimento da população, o principal editor sobre ambientalismo da revista National Geographic, Robert Kunzig, fez a seguinte pergunta: "Conseguirá o planeta suportar a pressão demográfica?" [6].

9 de mar. de 2016

A Moldagem das Mentes: Educação para o Ativismo Global

Forcing Change, Volume 8, Edição 5.


Nota: Este ano marca o fim da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável, das Nações Unidas. Mas, ele também aponta para o prazo que se aproxima rapidamente para o programa Educação para Todos, da ONU, que deve ser concluído até 2015. Além disso, com a agenda de 

desenvolvimento pós-2015 sendo atualmente criada, o papel da educação para o desenvolvimento sustentável permanece sendo um ponto forte dentro da comunidade internacional. Em resposta, a UNESCO está agora promovendo vigorosamente a "Educação para a Cidadania Global" nas escolas em todo o mundo. Este relatório examina parte dessa estratégia global.

O primeiro evento "internacionalista" do qual participei foi o Congresso da Juventude e Cidadania Global 2000, realizado em Vancouver, na Colúmbia Britânica, no Canadá, em abril de 1997. Aquele congresso foi um encontro audacioso de educadores, líderes comunitários e estudantes, inspirados por Robert Muller, o "profeta da esperança" da ONU.

11 de dez. de 2017

As Operações Psicológicas e a Manipulação das Massas — Um Guia Básico Sobre a Propaganda Global

Autor: Carl Teichrib, Forcing Change, Edição 2, Volume 1.

"O cidadão deve ser moldado para se adequar à forma de governo em que vive." — Aristóteles, Política, Livro 8. [1].

"Nunca antes na história humana tantos tiveram um acesso tão fácil a tanto poder potencial para tantos propósitos diferentes." — In Athena's Camp: Preparing for Conflict in the Information Age. [2].

"Operações psicológicas" não é uma expressão tipicamente encontrada no vocabulário do público geral. Essa expressão é um termo militar que se refere a uma operação de informações destinada especificamente a mudar o comportamento e as atitudes de um grupo-alvo. Em termos militares, esse grupo é formado por combatentes inimigos e/ou a população geral de um país inimigo.

9 de jul. de 2022

Colômbia – ex-presidente colombiano, responsável pelos acordos de “paz” com as FARC, defende a legalização das drogas

George Soros e o ex-presidente colombiano Juan Manuel Santos



Prêmio Nobel da Paz diz que só a legalização das drogas acabará com o narcotráfico


LH, 08/07/2022 



O ex-presidente da Colômbia disse que toda a luta que promoveu não serviu para acabar com as máfias do narcotráfico e por isso propõe outra "solução".

RIO DE JANEIRO. O ex-presidente da Colômbia e ganhador do Prêmio Nobel da Paz, Juan Manuel Santos, garantiu que somente a legalização das drogas acabará com o tráfico de drogas, em entrevista publicada em 8 de julho de 2022 pelo jornal brasileiro Folha de São Paulo.

Segundo o ex-presidente, que antes de chegar à chefia de Estado do país vizinho exerceu funções de ministro nas pastas da Defesa e das Finanças, de nada serviu a luta que tem sido travada para acabar com estas máfias.

30 de mai. de 2016

Rumo a uma Nova Civilização

Autor: Carl Teichrib, Forcing Change, Volume 8, Edição 8.


Nota: Redigi este ensaio um ano e meio atrás como um capítulo de um livro que planejei escrever. Entretanto, o projeto do livro não se confirmou e este "capítulo" terminou como um arquivo não aproveitado, armazenado no disco rígido de meu computador, porém nunca esquecido. Após fazer uma nova leitura do texto semanas atrás, notei a importância das informações e achei que valeria a pena apresentá-las.
O contexto está um pouquinho diferente. O ensaio deveria ser um instantâneo de um ano de minhas descobertas com as pesquisas realizadas no ano de 1995. Embora esse ponto de referência continue dominante no artigo, fiz uma revisão no texto — que de certa forma ainda é um rascunho —, removi as referências sobre aquele ano e acrescentei informações sobre a ideia de "Unicidade". Isto pode ter deixado o texto um pouco desconexo, pois "1995" não entra no quadro imediatamente.
Entretanto, é minha esperança que este ensaio o ajude a compreender melhor a vastidão e as possíveis consequências da mudança de cosmovisão que está ocorrendo no mundo atualmente. Ao mesmo tempo, ele lhe dará uma pequena visão de minha própria história de pesquisa e descobertas.
"Mude tantos elementos sociais, tecnológicos e culturais de uma só vez e você criará, não apenas uma transformação, não apenas uma nova sociedade, mas, no mínimo, o início de uma civilização totalmente nova." — Alvin e Heidi Toffler, Creating a New Civilization [1].

26 de dez. de 2022

A Renda Básica Universal (UBI/RBU) proposta pelo Fórum Econômico Mundial – FEM/WEF





WEF, 17/04/2022 



Regra número um do gerenciamento de crises: quando você se encontrar em um buraco, primeiro pare de cavar.

No frenesi do surto de COVID-19, vários países estão considerando pacotes maciços de estímulo fiscal e imprimindo dinheiro, para atenuar as crises simultâneas em andamento: a pandemia e a depressão econômica em desenvolvimento.

Esses planos são essenciais, mas precisam ser estratégicos e sustentáveis. Porque, ao enfrentar as crises atuais, devemos evitar semear novas, pois os riscos são incrivelmente altos.

25 de abr. de 2022

A Espiritualização da Ciência, da Tecnologia e da Educação na Sociedade de um Mundo Unificado

Autor: Martin Erdmann, Forcing Change, Volume 5, Edição 1.


Nota do Editor: O artigo a seguir, escrito pelo meu amigo Martin Erdmann, entrelaça os primórdios do movimento psicodélico/LSD com a crescente onda da transformação do Ocidente. Embora tenha uma ênfase na história, o artigo também lida com um tópico que tem impacto em cada família no mundo ocidental — porque somos uma sociedade drogada. 


Como editor, acrescentei diversas seções que apresentam detalhes complementares. Na verdade, uma seção vincula as descobertas de Martin com as influências da Igreja Emergente. 

Este artigo do Dr. Erdmann foi publicado originalmente no European Journal of Nanomedicine, 2009, volume 2.

Resumo

O cristianismo ocidental sempre forneceu uma base racional e moral para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, incluindo a Nanomedicina Clínica. Todavia, essa base racional começou a ser fortemente disputada há aproximadamente meio século. Este estudo delineará algumas das razões centrais por que intelectuais influentes na Inglaterra e nos EUA, principalmente na parte final do século 20, concluíram que a irracionalidade seria um fundamento melhor para os empreendimentos científicos.

13 de dez. de 2017

Educação para um Novo Mundo — Engenharia Social para a Transformação Global

Forcing Change, Volume 6, Edição 8.


Nota do Editor: Decidi enfocar nesta edição o papel da educação como um instrumento para a transformação social. Com isto em mente, eu o incentivo a ler também o seguinte artigo:

"Educação e Doutrinação: A UNESCO e as Sete Lições Complexas", em http://www.espada.eti.br/unesco.asp

Tenha em mente que a educação para a transformação social transcende o sistema escolar — ela se tornou uma realidade cultural, impactando a mídia e a indústria do entretenimento, as igrejas, os programas do governo, as práticas empresariais e o Direito. Em outras palavras, precisamos estar alertas e bem informados sobre as mudanças que estão ocorrendo tanto no ambiente escolar quanto na sociedade como um todo. Além disso, precisamos ser cautelosos e fiéis no modo como respondemos aos desafios da cosmovisão.

Nota: A Parte 1 é uma combinação de artigos escritos por minha amiga Berit Kjos. Esses artigos foram escritos alguns anos atrás, porém as informações são tão importantes hoje quando eram quando foram publicados originalmente.

3 de mai. de 2022

O Berço Vazio



Um ponto de virada ocorreu na vida da espécie humana. A sustentabilidade da instituição mais antiga da humanidade — a fonte de fertilidade, proteção, nutrição e capital humano — é agora uma questão aberta. Com base nas tendências atuais, estamos diante de um mundo em que a população está envelhecendo e diminuindo rapidamente, com poucas crianças — muitas das quais não usufruem do benefício de terem irmãos e de crescerem em um lar com pai e mãe — de idosos solitários vivendo com uma parca aposentadoria e de estagnação cultural e econômica.

Em quase todos os países desenvolvidos, incluindo a maior parte da Europa e da Ásia Oriental e em muitos países das Américas — desde o Canadá até o Chile, as taxas de crescimento demográfico caíram para níveis abaixo do necessário para evitar o rápido envelhecimento e declínio populacional (veja a Figura 1). A mulher mediana em um país desenvolvido tem hoje apenas 1,66 filhos durante toda sua vida, o que é aproximadamente 21% abaixo do nível necessário para manter a população ao longo do tempo (2,1 filhos por mulher). Consequentemente, o número de crianças com idade de 0 a 14 anos é 60,6 milhões a menos no mundo desenvolvido hoje do que era em 1965. [2]. Devido principalmente à diminuição na quantidade de crianças, os países desenvolvidos enfrentam forças de trabalho cada vez menores, ao mesmo tempo que precisam atender ao desafio de sustentarem uma população de idosos que cresce rapidamente.

20 de jan. de 2022

Planejando um Novo Mundo — Parte 1: Tecnocracia e Transformação

Espada, 21/08/2011

 

Nota: Este artigo é a Parte 1 de uma série. Ele está orientado para a história. Este é também um dos artigos mais importantes publicados em Forcing Change e lida com uma cosmovisão histórica que é raramente discutida, embora seja vitalmente importante para a compreensão da atual transformação global.

 

Autor: Carl Teichrib, Forcing Change, Volume 4, Edição 7


Introdução


"O individualismo rude precisa desaparecer... o indivíduo precisa se subordinar à comunidade..." — Graham A. Laing [1].

Estas palavras perturbadoras não vieram da Alemanha nazista, da Itália fascista ou da União Soviética sob a mão pesada de Stalin, embora esse tipo de frase fosse comum naquele tempo. Ao contrário, a ideia que o "individualismo precisa desaparecer" foi a linguagem de um movimento muito americano, um movimento que se propagou rapidamente durante os anos 1930s. A partir da Universidade de Colúmbia e chegando aos jornais de todo o país, a tecnocracia se tornou uma palavra da moda para um novo modo de organizar a humanidade.

7 de jun. de 2016

A Força e o Alcance da Internacional Socialista

Autor: William F. Jasper



Forcing Change, Volume 4, Edição 11

   

Nota do Editor: Há anos que venho pensando em escrever uma exposição sobre a Internacional Socialista, uma organização guarda-chuva que reúne socialistas, protocomunistas e vários outros partidos políticos de base marxista. Embora a maioria das pessoas nunca tenha ouvido falar sobre a Internacional Socialista, ela é uma das maiores associações políticas que existe no mundo e exerce um papel-chave na promoção da governança global dentro da comunidade internacional.

Investiguei a Internacional Socialista pela primeira vez no fim dos anos 1990, quando o terceiro maior partido político do Canadá — o Novo Partido Democrático (NDP) — promoveu abertamente na Câmara dos Comuns a instituição de um tributo mundial e um governo mundial. Pouco tempo depois, a ideia de um tributo mundial foi colocada em votação e aprovada, tornando oficialmente o Canadá o primeiro país a instituir esse tributo. Essencialmente, quando o mundo adotar essa medida, o Canadá será o primeiro a se apresentar como um contribuinte global. (Veja Forcing Change, Vol. 1, Edição 8).

26 de abr. de 2018

A Agenda Humanista Global




E o seu Vínculo com o Referendo na Irlanda Sobre o "Casamento" Entre Pessoas do Mesmo Sexo


Autor Jeremy James, 12 de junho de 2015.


Um país supostamente conservador acaba de legalizar o "casamento" entre pessoas do mesmo sexo. A Irlanda agora é uma grande defensora dos "direitos" homossexuais. A decisão veio imediatamente após uma votação popular, um plebiscito, em que todo o eleitorado pôde opinar. Esta é a primeira vez que isto aconteceu no mundo. Não foi um decreto imposto pelo governo ou pelo Parlamento, mas uma decisão da vontade do próprio povo. Como tal, a decisão não pode ser revertida ou modificada de forma alguma, exceto por outro referendo similar. Como a Constituição é o instrumento mais fundamental da lei na Irlanda, é improvável que isto venha a acontecer. Em resumo, a mudança é efetivamente permanente. Daqui para frente, os homossexuais poderão se "casar" dentro da lei irlandesa, exatamente do mesmo modo que um homem e uma mulher.

13 de nov. de 2022

Investigando a Cosmovisão do Humanismo Secular



Forcing Change, Volume 8, Edição 7.



Ao longo dos anos, a Forcing Change examinou diversas cosmovisões que desafiam o Cristianismo e que moldaram a cultura moderna. Esta edição examina uma cosmovisão que forma grande parte do pano de fundo referente às tendências atuais no transumanismo, o ímpeto pró-governo mundial e o estabelecimento da ética global baseada na Lei Internacional: o Humanismo Secular.

Brad Ales, o autor de "Iniciando no Fim", gentilmente permitiu que este seu estudo sobre o Humanismo Secular fosse reproduzido aqui. O estudo oferece um importante ponto inicial para compreendermos as implicações e aplicações da cosmovisão Humanista Secular.

18 de jul. de 2022

Como a tecnologia blockchain é usada para "salvar o meio ambiente": Agenda 2030




CTH, 17/07/2022 



Por Selva Ozelli 



É difícil superestimar o papel que a tecnologia blockchain desempenhará para alcançar mais sustentabilidade e diminuir a crise climática.

Em sua coluna mensal Expert Take, Selva Ozelli, advogada tributária internacional e CPA, aborda a interseção entre tecnologias emergentes e sustentabilidade e fornece os mais recentes desenvolvimentos sobre impostos, regulamentos AML/CFT e questões legais que afetam criptomoedas e blockchain.

27 de abr. de 2017

Dois candidatos permanecem na eleição presidencial francesa, e ambos apoiam as leis de aborto

Emmanuel Macron



LifeSiteNews, 26 de abril de 2017



Por Jeanne Smits



Paris, França, 26 de abril de 2017 (LifeSiteNews) – A primeira volta das eleições presidenciais francesas passou, deixando o país num dilema. 

Dos 11 candidatos, nenhum candidato recebeu a maioria dos votos, deixando os finalistas para uma corrida em 07 de maio com o indefinível Emmanuel Macron (24,01%) dos votos, e a nacionalista Marine Le Pen com (21,3%). 

François Fillon (20,01 %) e o comunista Jean-Luc Mélenchon (19,58%) ficaram aquém. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...