20 de fev de 2019

Camponês que protestou contra Daniel Ortega é condenado a 216 anos de prisão (Vídeo)




Epoch Times, 19 de fevereiro de 2019 








Ortega, que está no poder de forma ininterrupta há 12 anos, não aceita a responsabilidade pela crise nem as acusações generalizadas de graves abusos por parte das autoridades contra os manifestantes anti-governo, e afirma ser vítima de uma tentativa de "golpe de Estado fracassado"

O líder camponês Medardo Mairena, que em 2018 participou de protestos contra o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, vai cumprir uma sentença de 216 anos de prisão acusado pelo regime de praticar terrorismo e outros crimes, informou ontem (18) a Comissão Permanente de Direitos Humanos (CPDH).

19 de fev de 2019

Alemanha: Número de Presos Nascidos no Exterior Bate Alta Recorde

Gatestone, 19 de fevereiro de 2019 









  • O estado do Reno, Norte da Westphalia, já teve 114 imãs na prisão, agora tem apenas 25. A queda se deve ao fato das autoridades alemãs terem realizado inspeções de segurança onde os imãs estavam presos, quando descobriram que 97 deles eram funcionários públicos turcos cujos salários eram pagos pelo governo turco. A Turquia não permitiu que os imãs fossem interrogados pelas autoridades alemãs.
  • Em um artigo intitulado "O Idioma Alemão se Torna uma Língua Estrangeira em Muitas Prisões", o Berliner Morgenpost relata em uma matéria o crescente número de conflitos entre agentes penitenciários alemães e presos estrangeiros por causa das barreiras de comunicação.
  • As autoridades alemãs também relatam um aumento nos ataques de detentos contra os funcionários da prisão. Por exemplo, desde 2016 no estado do Reno, Norte da Westphalia, o número de agressões contra o staff prisional mais do que dobrou.



Bélgica Saúda o Multiculturalismo

Gatestone, 18 de fevereiro de 2019 






  • O documento realça que os textos usados pregam que os gays sejam apedrejados até a morte ou jogados do alto dos edifícios e pintam os judeus como "pessoas corruptas, más e traiçoeiras"... Os textos, continua o documento... pregam a "guerra" contra todos aqueles que não seguem o Islã sunita — Trecho extraído de um recente documento do Serviço de Segurança do Estado da Bélgica.
  • "O princípio mais importante da jihad é combater os infiéis e os agressores... A jihad armada se torna um dever individual de todo muçulmano." — Trecho extraído de um manual de ensino usado nas mesquitas belgas, segundo um relatório vazado da inteligência.
  • Tais manuais, ressalta o relatório, estão profusamente disponíveis "graças aos ilimitados meios financeiros e tecnológicos da máquina de conversão da Arábia Saudita e de outros países do Golfo". Os manuais, segundo o documento, foram encontrados não apenas na Bélgica, mas também em países vizinhos.


Paquistão chama embaixador em Nova Deli





Euronews, 18 de fevereiro de 2019 




O Paquistão chamou para consultas o embaixador do país em Nova Deli. A medida acontece depois da ameaça da Índia de isolar diplomaticamente o Paquistão por causa do suposto envolvimento no atentado na Caxemira Indiana.

O ataque da semana passada, reivindicado por um grupo islâmico, matou 44 membros das forças de segurança da Índia. Foi o ataque mais violento desde o início da revolta separatista contra Nova Deli, numa região que se transformou num verdadeiro barril de pólvora.

Estudante sueca idiota multada por ter protestado contra a deportação de um afegão criminoso





DN, 18 de fevereiro de 2019 




Ellis Ersson decidiu defender as suas crenças e ir contra a lei do país, impedindo um homem de ser deportado da Suécia. Hoje, foi multada por ter violado a lei.

Uma estudante ativista, Elin Ersson, conhecida pelo seu protesto, gravado em vídeo, contra a deportação de um requerente de asilo afegão recebeu agora uma multa no valor de 285 euros, por ter violado as leis de aviação suecas.

Em julho do ano passado, Ersson impediu a deportação de um afegão, no aeroporto de Gotemburgo, na Suécia. A bordo de um avião, a jovem recusou-se a sentar até que o homem fosse retirado do voo. Apesar de muitos dos passageiros serem contra a vontade da jovem, esta não desistiu até o comandante ordenar que o homem deveria abandonar o voo. A jovem gravou toda a situação e transmitiu-a no Facebook, obtendo milhões de visualizações.

18 de fev de 2019

"Não são bem-vindos na Venezuela." Nicolás Maduro expulsa eurodeputados




TSF, 18 de fevereiro de 2019 




A delegação do Parlamento Europeu foi impedida de entrar na Venezuela. Tinha sido notificada "há vários dias" de que "não seria admitida" no país, de acordo com o Governo venezuelano.

"Por vias oficiais e diplomáticas, as autoridades do Governo Bolivariano da Venezuela, notificaram, há vários dias, o grupo de eurodeputados que pretendia visitar o país com fins conspirativos, que não seria admitido", escreveu o ministro dos Negócios Estrangeiros venezuelano, Jorge Arreaza, na sua conta oficial da rede social Twitter.

Segundo o ministro, as autoridades da Venezuela "instaram" os deputados "a desistir" da visita "e evitar assim outra provocação".

Filipinas: Cristãos Massacrados, Igrejas Detonadas

Gatestone, 17 de fevereiro de 2019 








  • O novo terrorismo nas Filipinas não é meramente inspirado por reivindicações políticas ou territoriais, reais ou imaginárias e sim imbuído de ódio intrínseco pelo "outro", pelo "infiel".
  • Em maio de 2017 na cidade de Marawi, um ônibus civil foi parado por jihadistas, quando foi descoberto que 9 passageiros eram cristãos, ao que tudo indica, porque não conheciam passagens do Alcorão, foram amarrados uns aos outros e mortos a tiros, a la execução. Os jihadistas que tomaram Marawi durante a revolta obrigaram as mulheres a se submeterem à escravidão sexual e intimaram os homens cristãos a abraçarem o Islã ou serem usados como escudos humanos contra o exército filipino.
  • O fatídico atentado com bomba contra uma igreja, que custou a vida de 20 pessoas e ferimento em outras 100, é o mais recente recado de que, assim como acontece em outras nações que têm uma considerável minoria muçulmana, as Filipinas está envolvida na jihad. Ao passo que a razão ostensiva que está por trás desses ataques poderia ser política ou territorial, o ódio sádico que acompanha esses ataques aos cristãos e às igrejas sugere que a ideologia é a motivação suprema.



No domingo de 27 de janeiro, muçulmanos extremistas destruíram uma catedral católica em um atentado com bomba durante a missa nas Filipinas. Pelo menos 20 pessoas morreram e 111 ficaram feridas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...