Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Eutanásia. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Eutanásia. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

12 de ago. de 2022

Especialistas veem as leis de eutanásia do Canadá como uma ameaça para deficientes




TS, 11/08/2022 - com AP



Pessoas com deficiências graves podem escolher ser mortas na ausência de qualquer outro problema médico

TORONTO - Alan Nichols tinha um histórico de depressão e outros problemas médicos, mas nenhum era fatal. Quando o canadense de 61 anos foi hospitalizado em junho de 2019 por temores de que pudesse ser suicida, ele pediu ao irmão que  “acabasse com ele” o mais rápido possível.

Dentro de um mês, Nichols apresentou um pedido de eutanásia e ele foi morto, apesar das preocupações levantadas por sua família e uma enfermeira.

1 de jul. de 2016

Tribunal belga decide ir contra uma casa de repouso para idosos católico que se opõe à eutanásia

Doutores da malevolência. 



LifeSitenNews, 30 de junho de 2016. 



Por Jeanne Smits



30 de junho de 2016. (LifeSiteNews) – Um lar de idosos católico em Diest, na Bélgica, foi condenado por um tribunal civil em Louvain, na quarta-feira, por ter se recusado a permitir que um pensionista fosse sacrificado em suas instalações em 2011. 

Huize Sint-Augustinus foi condenado a pagar uma indenização de 6.000 euros (cerca de US $ 65,65) para a família duma mulher idosa por força-los a organizar a sua morte em sua própria casa, depois que a administração da casa de idosos negou o acesso ao seu médico, que tinha vindo para dar a ela uma injeção letal. 

2 de abr. de 2016

Médico Pesquisador propõe remover os órgãos de pacientes da eutanásia enquanto ainda estão vivos

Notas do editor

A Holanda, é relativamente um país pequeno, com a menor taxa populacional, mas não sendo a menor, pois está na 220º posição no ranking mundial populacional. Significa que existem mais países com menor taxa do que eles. O mais triste e vergonhoso é que é um dos países onde mais se aborta no mundo, mesmo com uma população com um número misero de 25.328, e o tamanho de 41.543 km². Em Portugal, nos interiores estão havendo despovoamentos, não há pessoas nas regiões interioranas, e muitos deles viajam para outras partes do país, ou então abandonam o país para ir para países onde há melhores condições de trabalho. Portugal é o 88º no ranking, e também tem um número grande de abortos, o país tem o tamanho de 92.212 km² e o número atual da população é de aproximadamente 106.486.13.

13 de out. de 2018

Canadá: eutanásia – hospital infantil diz que sacrificará crianças sem o consentimento dos pais




Lifenews, 12 de outubro de 2018 



Um relatório do Hospital para Crianças Doentes, em Toronto, afirma que eles não estão apenas prontos para fazer eutanásia em crianças, mas sua política afirma que uma criança devem ser capazes de morrer por eutanásia sem o consentimento ou conhecimento dos pais. 

De acordo com um artigo de Sharon Kirkey para o The Sun Media, o Hospital para Crianças Doentes em Toronto publicou uma política de eutanásia e suicídio assistido na forma de um relatório no recente Journal of Medical Ethics. Segundo Kirkey: 

17 de set. de 2016

Bélgica: Menor submetido a eutanásia: acumulando pecados

Nota do editor
É realmente deplorável o quão podre a sociedade belga está. A sociedade holandesa é tão indiferente, que até mesmo eutanásia sem consentimento do paciente é válido. A ciência, que é a muleta dos idiotas, e dos anticristãos, está sendo relegada, para que o fetichismo dos fanáticos hedonistas modernos possa tomar lugar. O que deveria ser a solução para perpetuar a vida e sanar os seus problemas, termina por ser usada como uma simples maquina de higienização. É assim que a eutanásia virou um direito, e o aborto tornou-se um também. A morte tornou-se um direito inalienável. O Nazismo moderno das mentes hedonistas. Sinceramente, a Bélgica e a Holanda, assim como o Canadá, e outras sociedades que convivem com esse tipo de lixo moral, não mais têm salvação. Já mataram a própria consciência, o que é preciso fazer agora é enterra-la. 

22 de set. de 2016

Médicos holandeses estão aplicando a eutanásia em doentes mentais e pessoas com depressão





LifeNews, 22 de setembro de 2016. 



Por Bill Poehler



Minnesota: Cidadãos interessados Pela Vida (MCGL GO), uma organização não governamental internacional que trabalha para garantir os direitos humanos para todos os seres humanos, apresentou uma contribuição escrita para a próxima revisão do Conselho de Direitos Humanos da Holanda. A apresentação argumenta que a prática holandesa da eutanásia viola os direitos humanos protegidos pelos tratados internacionais. 

Milhares de pacientes holandeses são intencionalmente mortos por eutanásia ou suicídio assistido a cada ano”, diz Scott Fischbach, diretor executivo da MCGL GO. “Alguns são mortos, porque eles têm demência ou problemas psiquiátricos, como depressão ou estresse pós-traumático. E alguns pacientes mentalmente debilitados são mortos, apesar de não terem feito nenhum pedido para morrer.” 

30 de mai. de 2018

Portugal – Parlamento português veta lei da eutanásia




RTP, 29 de maio de 2018



O Parlamento chumbou na generalidade a despenalização da eutanásia. Os projetos apresentados por PS, BE, PAN e PEV foram recusados pelos deputados. O projeto do PS registou mais votos favoráveis que os restantes, tendo mesmo assim ficado aquém do necessário para que a despenalização seguisse para a especialidade.

O Parlamento discutiu e votou esta terça-feira os quatro projetos de lei para a despenalização e regulação da morte medicamente assistida. As propostas foram apresentadas pelo PAN, BE, PS e PEV. 

6 de jul. de 2017

A eutanásia holandesa ficou tão fora de controle que até mesmo os médicos que a administram querem pôr freios




LifeSiteNews, 05 de julho de 2017 






05 de Julho de 2017 (LifeSiteNews) – Um anúncio divulgado em um grande jornal na Holanda feito por mais de 200 médicos holandeses começa da seguinte forma, “[Auxílio suicídio] para alguém que não pode confirmar que quer morrer? Não, não faremos isso. Nossa reticência moral em acabar com a vida de um homem indefeso é muito grande”. 

Os médicos, muitos dos quais atualmente servem como provedores de suicídios assistidos, estão se opondo ao crescimento não verificado da eutanásia em seu país, onde as pessoas que tiveram sua capacidade mental reduzida devido à demência estão sendo sacrificadas. 

7 de dez. de 2022

O Canadá agora está sacrificando 10.000 cidadãos por ano por meio da eutanásia




DLM, 07/12/2022 



Por Tom Lonard 



Winston Churchill notoriamente garantiu aos Estados Unidos que sua longa fronteira norte era "guardada apenas pelo respeito da vizinhança e obrigações honrosas".

E gerações de líderes dos EUA tendem a concordar – não há nada com que se preocupar com o sólido e incontestável Canadá.

Isso até agora.

Qualquer um que já pensou que a resposta compassiva ao sofrimento humano extremo é uma sociedade que ajuda as pessoas a encontrarem a libertação permanente de sua dor, pode querer olhar para algumas das histórias de horror que saíram do Canadá recentemente.

14 de set. de 2017

Religiosos na Bélgica desafiam o Papa: Seguirão aplicando a eutanásia em 15 hospitais




Acidigital, 13 de setembro de 2017 



BRUXELAS, 13 Set. 17 / 07:30 pm (ACI).- O conselho administrativo do instituto religioso Belgian Brothers of Charity (Irmãos Belgas da Caridade) anunciou no dia 12 de setembro que continuará aplicando a eutanásia nos pacientes em seus centros psiquiátricos, apesar de o Vaticano ter ordenado explicitamente que deixassem de fazer isto.

A atitude dos religiosos belgas mudou depois de anos sem aplicar a eutanásia em seus hospitais. Quando algum paciente a solicitava, por ser uma prática legal no país europeu, transferiam-no para outro centro de saúde.

O conselho que controla essas instituições, no qual participam alguns irmãos, anunciou na primavera europeia que permitiria a eutanásia nos 15 hospitais psiquiátricos que administra, com aproximadamente 5 mil pacientes.

9 de ago. de 2017

Holanda e Bélgica estão aplicando eutanásia em doentes mentais e recolhendo os seus órgãos



LifeNews, 09 de agosto de 2017 



Por Wesley Smith



Na minha primeira coluna anti-eutanásia, publicada pela Newsweek em 1993, eu me preocupei que o assassinato medicalizado fosse aceito, e que em seguida seria acompanhado por “colheita de órgãos como uma ameixa para a sociedade saudável”. [Ênfase minha]

Alarmista!” Foi assim que eu fui chamado. “leviano traiçoeiro!” eu comecei a pensar que aquilo nunca fosse acontecer, e que estava certo.

Até agora. 

Agora, tanto na Holanda quanto na Bélgica, os doentes mentais e deficientes são voluntariamente eutanasiados e os seus órgãos colhidos depois de serem mortos. O Canadá está especulando se juntar à dupla infame. 

18 de jun. de 2016

Canadá: Senado aprova lei da eutanásia

Mercenário travestido de médico



LifeSiteNews, 17 de junho de 2016. 



Por Lianne Laurence. 



OTTAWA, 17 de junho de 2016 (LifeSiteNews) – o Senado do Canadá aprovou a Lei C-14 uma lei do governo liberal sex-feira, evitando um impasse com a Câmara dos Comuns sobre o controverso projeto de lei – que agora só precisa da aprovação real para se tornar lei. 

Senadores votaram 44 a 28 para aceitar a versão final do projeto de lei C-14, que define em que circunstâncias os canadenses podem ser legalmente assistidos para se matar ou serem sacrificados. 

Os conservadores Don Plett, Tobias Enverga e liberais independentes como Anne Cools estavam entre aqueles que votaram a favor do projeto de lei. 

21 de set. de 2016

Médico holandês prevê que o país terá centro de eutanásia para crianças dentro de um ano

Doutor da morte


LifeSiteNews, 20 de setembro de 2016. 



20 de setembro de 2016 (SPUC) – O professor Eduard Verhagen, que é responsável pelo protocolo de Groningen para a eutanásia de bebês, previu que um centro para a eutanásia de crianças deverá ser aberto dentro de um ano na Holanda. 

Segundo a legislação holandesa atual, a eutanásia é legal para crianças até um ano de idade e para crianças com idade superior a 12. No entanto, segundo o professor Verhagen, o qual o jornal holandês AD chama de “a autoridade no campo da eutanásia para crianças”, os médicos já estão investigando a prática da eutanásia para crianças entre as idades de um a doze anos. “Nós pensamos que algumas crianças com idade inferior a 12 são bem capazes de tomar tais decisões importantes”, disse ele. 

O professor Verhagen acrescentou que a Holanda está mantendo um olhar atento sobre os desenvolvimentos na Bélgica, que relatou recentemente o primeiro caso de eutanásia em um menor

Artigo reproduzido com a permissão da Sociedade para a Proteção dos nascituros

(Graças à LifeSiteNews). 

Artigos recomendados:



9 de fev. de 2018

Caso holandês mostra os graves perigos de se legalizar a eutanásia




Instituto Cristão, 08 de fevereiro de 2018. 



Um caso perturbador de uma mulher de 29 anos que foi submetida à eutanásia na Holanda levou políticos a se pronunciarem contra a mudança na lei do Reino Unido. 

Aurelia Brouwers foi morta por uma injeção letal no mês passado depois de argumentar que ela tinha “direito a uma morte digna” por causa de sua “vida podre”. 

Brouwers manteve um blog online sobre as suas experiências de sofrer de depressão e um transtorno de personalidade limítrofe. 

25 de mai. de 2018

Portugal – Centenas contra descriminalização da eutanásia




SIC, 24 de maio de 2018



Algumas centenas de pessoas estão concentradas, desde as 12:30 desta quinta-feira, junto à Assembleia da República a lutar contra a despenalização da eutanásia. A concentração foi promovida pelo movimento de cidadãos Stop Eutanásia, que tem promovido várias iniciativas contra a despenalização.

Em declarações à agência Lusa Sofia Guedes, representante deste movimento, disse estar fortemente convicta de que "a larga maioria dos portugueses é contra a eutanásia".

Sofia Guedes lembra os deputados que a "sua consciência" representa "boa parte do povo português".

20 de mai. de 2022

Canadá: governo canadense oferece suicídio as pessoas que sofrem de... pobreza



SP, 30/04/2022 



Por Yuan Yi Zhu 



Por que o Canadá está sacrificando os pobres?


Há uma espirituosidade interminavelmente repetida do poeta Anatole France de que "a lei, em sua majestosa igualdade, proíbe tanto o rico quanto o pobre de dormir debaixo das pontes, de mendigar nas ruas e de roubar pão". O que a França certamente não previu é que um país inteiro – e um ostensivamente progressista – decidiu levar seu sarcasmo ao pé da letra e à sua conclusão natural.

Desde o ano passado, a lei canadense, em toda a sua majestade, permite que tanto os ricos quanto os pobres se matem se forem pobres demais para continuar vivendo com dignidade. Na verdade, o sempre generoso estado canadense vai até pagar por suas mortes. O que não vai fazer é gastar dinheiro para permitir que eles vivam em vez de se matarem.

11 de mar. de 2016

Na Europa as pessoas estão sendo "eutanizadas" apenas porque são autistas






LifeNews, 10 de março de 2016.




Por Conor Beck



As leis de eutanásia na Holanda são tão liberais que não estão afetando somente fisicamente doentes, mas também tornando os mentalmente doentes vulneráveis ao suicídio assistido.

Em um caso recente na Holanda, que resultou na morte dum paciente deprimido com autismo. O relatório do Washington Post fala sobre este caso preocupante onde mostra que as Comissões de Revisão Regionais da Holanda, “quase nunca encontram falha para aplicar eutanásia”.

Em um caso recente, um paciente de 30 anos com autismo foi identificado como “tratável” por um médico holandês, mas depois de um ano o seu pedido para ser morto foi aprovado. Foram administradas no paciente umas combinações de drogas fatais, embora só houvesse no diagnóstico do homem autismo, de acordo com o relatório. Os médicos disseram que o homem havia sido negligenciado e abusado quando criança, o que também pode ter sido um fator pelo desejo de morrer.
O homem era uma das 110 pessoas a serem sacrificadas por transtornos mentais, entre 2011 e 2014 no país, de acordo com o relatório. Este é um número extremamente elevado, especialmente tendo em conta que a população do país é quase 20 vezes menor do que a dos Estados Unidos.

1 de jun. de 2022

Chile – presidente Boric anuncia urgência para projeto de eutanásia





BioBio, 01/06/2022 



Por Florence Ortiz 



Projeto de eutanásia, saúde mental e plano de resolução das listas de espera, foram alguns dos temas que marcaram a primeira (prestação de) Conta Pública do presidente Gabriel Boric sobre saúde.

O presidente Gabriel Boric se referiu em sua primeira (prestação de) Conta Pública a avanços na saúde, como a urgência que será colocada no projeto de lei que estabelece o direito à eutanásia no Chile.

Estamos comprometidos com o direito aos cuidados paliativos e a uma morte digna. É por isso que hoje apresentaremos a urgência da tramitação do projeto de lei que estabelece o direito à eutanásia no Chile, por meio de um processo de consentimento expresso, livre e informado. Respeitando quem está doente”, disse o presidente.

27 de jun. de 2018

Parlamento espanhol aprova eutanásia com o voto contra do PP – A Espanha afundando na areia movediça socialista





Observador, 26 de junho de 2018 



O Parlamento espanhol votou e aprovou nesta terça-feira uma proposta de lei do Partido Socialista espanhol para regulamentar a eutanásia. O Partido Popular foi o único partido a votar contra.

O Parlamento espanhol votou e aprovou nesta terça-feira uma proposta de lei do Partido Socialista espanhol (PSOE) para regulamentar a eutanásia. O Partido Popular (PP), que até há pouco tempo esteve no poder, foi o único partido a votar contra o projeto do governo de Pedro Sanchéz, depois de o Ciudadanos, que se ia abster, teria mudado de posição e votado a favor.

26 de ago. de 2018

Eles não pagariam pelo seu tratamento contra o câncer, mas pagariam pelo seu suicídio assistido




LifeNews, 26 de agosto de 2018 



Por Emily Derois 



Em estados selecionados onde o suicídio assistido é legal, médicos agora podem prescrever medicamentos letais aos seus pacientes para acabar com suas vidas, relatou o Daily Signal. Embora muitos desses pacientes tenham doenças tratáveis, é menos custoso se morrerem. O suicídio assistido é uma tendência alarmante que muitos dizem pressionar os pacientes para que acabem prematuramente com suas próprias vidas. 

Os oponentes do suicídio assistido apontam como é mais barato do que muitos tratamentos médicos para doentes terminais e deficientes. Guy Page, da Aliança de Ética para a Saúde de Vermont, explicou problema que isso cria: “Não é preciso que um economista de saúde para ver a curto prazo que as formas para reduz os custos de assistência médica é o suicídio assistido pelo médico”. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...