Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Albânia. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Albânia. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

20 de dez. de 2018

Bálcãs – Albânia expulsa embaixadores do Irã por suas ligações com o terrorismo




BBC, 20 de dezembro de 2018 



O embaixador do Irã em Tirana e outro diplomata foram expulsos da Albânia por “ameaçar a segurança do país”, dizem autoridades. 

Embora razões específicas para a expulsão não tenham sido dadas. 

No entanto, autoridades dos Estados Unidos elogiaram a decisão e disseram que ela enviou uma mensagem clara de que a realização de “operações terroristas na Europa” é inaceitável. 

O Irã culpou Israel e os Estados Unidos por pressionar a Albânia, acrescentando que sempre respeitou as leis albanesas. 

23 de jul. de 2016

Bálcãs – Cidadela europeia do Daesh: campos do Estado Islâmico em ação no Kosovo como creche para jovens terroristas

Estado Islâmico nos Bálcãs



Inserbia, 22 de julho de 2016. 



Belgrado – há pelo menos cinco campos de treinamento militar do Daesh no Kosovo, localizados em áreas remotas perto da fronteira da autoproclamada república entre a Albânia e a Macedônia, disse uma fonte próxima aos serviços de inteligência disse ao Sputnik. 

Em entrevista ao Sputnik, uma fonte próxima aos serviços de inteligência apontam pelo menos cinco campos de treinamento do Daesh (ISIL / ISIS), localizados em áreas remotas perto da fronteira do Kosovo com a Albânia e a Macedônia. 

7 de out. de 2016

Bálcãs – jogo entre Kosovo e Croácia marcado por cânticos anti-sérvios

polícia albanesa verificando os torcedores de futebol do Kosovo e da Croácia na quinta-feira em Shkodra.  



BalkanInsight, 07 de outubro de 2016. 



Por Fatjona Mejdini e Sven Milekic



Torcedores croatas e kosovares foram condenados por cantarem juntos slogans assassinos contra os sérvios em uma partida de futebol na Albânia. 

O jogo de futebol entre o Kosovo e a Croácia na quinta-feira à noite no estádio Loro Borici em Shkodra, Albânia, foi marcado por cânticos raciais contra sérvios. 

Em seu segundo jogo de qualificação para o Mundial de 2018 desde que o país foi aceito na UEFA e  na FIFA no início deste ano, a equipe de futebol do Kosovo perdeu de 6x0 para a Croácia. 

Porém, isso não impediu os fãs de ambos os países de cantarem em uníssono contra os sérvios. Imagens na mídia mostram os torcedores kosovares e croatas dentro e fora do estádio cantando: “Matem os sérvios.” 

19 de jul. de 2022

UE - abertas negociações de adesão com Albânia e Macedónia do Norte: seu futuro sustentável na recessão




Euronews, 19/07/2022 



A Albânia e a Macedónia do Norte deram mais um passo rumo ao futuro europeu. A União Europeia (UE) lançou hoje as negociações de adesão dos dois países ao bloco.

Um "momento histórico", nas palavras da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que pode trazer mais estabilidade para as relações de Bruxelas com os dois estados.

"Haverá um impulso no investimento. Haverá melhores ligações comerciais. Haverá uma colaboração mais estreita em áreas-chave como, por exemplo, energia e transporte. Vai maximizar-se a utilização e o impacto do financiamento da UE. Isso significa novos empregos, novas oportunidades de negócios. É isso que os cidadãos esperam há muito tempo e para o que tanto trabalharam, e isto é isso o que eles merecem", sublinhou von der Leyen.

18 de jul. de 2022

Albânia e Macedónia do Norte mais perto da UE



Euronews, 18/07/2022 



A Albânia e a Macedónia do Norte receberem esta segunda-feira a luz verde de Bruxelas para o início das negociações de adesão. Tirana candidatou-se em 2009 e recebeu o estatuto de candidato em 2014. Skopje candidatou-se em 2004 e recebeu o estatuto um ano depois.

O comissário europeu para o Alargamento diz que agora há muito mais abertura para acolher novos membros na União Europeia. “Mas é claro que estes novos membros terão de convencer os membros atuais de que estão prontos a cumprir todos os requisitos", sublinha Olivér Várhelyi, afirmando que “se a Europa quer viver em segurança, prosperidade e estabilidade, tem de ter a sua vizinhança totalmente integrada”.

25 de abr. de 2018

Alemanha: Crise de Estupros Perpetrados por Migrantes Ainda Semeiam Terror e Destruição

Mulheres e crianças são sacrificadas no altar da correção política


Gatestone, 24 de abril de 2018. 




  • O chefe da Associação dos Peritos Criminais André Schulz, estima que pode chegar a 90% a profusão de crimes sexuais cometidos na Alemanha que não aparecem nas estatísticas oficiais.
  • "Há instruções detalhadas, vindas de cima, para não registrar crimes cometidos por refugiados, segundo reportou um policial de alta patente ao Bild, em Frankfurt. "Somente determinados pedidos de representantes da mídia sobre tais atos devem ser respondidos."
  • O problema de crimes sexuais perpetrados por imigrantes na Alemanha está se exacerbando devido ao sistema jurídico indulgente, no qual os criminosos recebem sentenças relativamente leves, inclusive para crimes graves. Em muitos casos, indivíduos detidos por crimes sexuais são liberados após serem interrogados pela polícia. Esta prática permite que os suspeitos continuem cometendo crimes, permanecendo virtualmente impunes.
A crise de estupros perpetrados por migrantes na Alemanha continua correndo solta. Estatísticas preliminares mostram que os migrantes cometeram mais de doze estupros ou agressões sexuais todo santo dia ao longo de 2017, ou seja, os ataques quadruplicaram desde 2014, um ano antes da chanceler Angela Merkel permitir a entrada no país de mais de um milhão de migrantes, na maioria do sexo masculino, oriundos da África, Ásia e Oriente Médio.

17 de nov. de 2016

Kosovo – a polícia detém mais de uma dúzia de suspeitos de terrorismo em menos de 2 semanas




Insérbia, 17 de novembro de 2016. 



Belgrado – a polícia do Kosovo diz ter detido mais de uma dúzia de pessoas suspeitas de planejar ataques terroristas com o apoio do grupo terrorista Estado Islâmico (ISIL/ISIS também conhecido como Daesh), ao longo dos últimos 12 dias na região,  relatou a mídia local. 

A partir de 04 de novembro, 19 suspeitos de terrorismo acreditados como tendo ligações com o Estado Islâmico foram detidos no Kosovo, Albânia e Metohija, relatou a Rede de Rádio e Televisão do Kosovo (RTK) na quarta-feira citando a polícia.  

27 de mai. de 2022

Etias: tudo sobre a autorização que será exigida em viagens para a Europa: ID global




EX, 26/05/2022 



Autorização eletrônica será necessária para viajantes de países que, até agora, têm entrada livre nos países do Espaço Schengen, na Europa

Os turistas brasileiros vão precisar incluir em breve mais uma etapa no planejamento de viagens à Europa. Os países do Espaço Schengen vão exigir o Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (Etias, na sigla em inglês). A implementação do documento, prevista anteriormente para 2021, voltou a ser discutida na Comissão Europeia e pode começar a valer em 2023.

1 de nov. de 2016

Bálcãs – Montenegro recebe o exercício da OTAN em meio a tensões com os russos

O cenário para o exercício é baseado em uma resposta a cheias e incidentes químicos. 



Balkaninsight, 01 de novembro de 2016. 



Por Dusica Tomovic



Montenegro está recebendo o sempre maior exercício da OTAN em seu solo em meio a alegações de que a Rússia estava por trás de uma recente e alegada tentativa de golpe, projetado para impedir que o país se juntasse à aliança. 

Um exercício militar internacional denominado de “Montenegro 2016”, envolvendo militares e mulheres a partir dos 32 países membros e parceiros da OTAN, começou na capital Podgorica nesta segunda-feira. 

A conclusão do exercício de coordenação de campo, organizado conjuntamente pelo Centro Euro-Atlântico de Coordenação de Resposta a Desastres, o EADRCC e o Ministério do Interior montenegrino, termina na sexta-feira.  

29 de nov. de 2018

Parlamento Europeu pede à Hungria que extradite Gruevski




Euronews, 29 de novembro de 2018 






O Parlamento Europeu pediu ao governo da Hungria, na quinta-feira, que extradite o ex-primeiro ministro da Macedônia, Nicola Gruevski.

O ex-líder macedônio foi condenado a dois anos de prisão por corrupção, mas fugiu para a Hungria, há duas semanas, onde lhe foi concedido asilo político.

O governo de Budapeste, cujo líder, Viktor Orbán, é muito próximo de Nicola Gruevski, negou ter ajudado o político a fugir da justiça do seu país.

10 de mar. de 2022

Sérvia e Hungria proíbem exportação de grãos em meio a crise econômica inflacionária gerada pela guerra russo-ucraniana

Imagem arquivo Finacial Times




Euronews, 10/03/2022 



Sérvia proíbe as exportações de cereais, farinha e óleo 


A Sérvia proibiu, a partir desta quinta-feira, a exportação de trigo, farinha, milho e óleo para países europeus. O objetivo é proteger o mercado interno numa altura em que os preços dos cereais se inflamam por causa da guerra na Ucrânia, o "celeiro da Europa".

Uma medida protecionista que o presidente, Aleksandar Vucic, explica desta forma: "Num dia tivemos um pedido para um quarto das nossas reservas totais, a procura de cereais na região é enorme, os preços explodiram, todos têm de fornecer pão à sua população. Foi por isso que aplicámos essa medida".

A Sérvia exporta trigo principalmente para a região. Países como a Albânia e Bósnia Herzegovina dependem fortemente das importações de trigo da Sérvia e Hungria, os dois países que anunciaram restrições.

5 de out. de 2018

Turquia: Construindo Mesquitas, Destruindo o Cristianismo

Gatestone, 04 de outubro de 2018 


Por Uzay Bulut 



  • Enquanto uma enorme mesquita turca está sendo inaugurada na Alemanha, a maior escola teológica ortodoxa cristã permanece fechada por quase 50 anos, por ordem do governo turco. Além disso, a menos de um quilômetro do instituto cristão fechado, um novo centro de estudos islâmicos, abrangendo uma área total de 200 acres está programado para ser construído.
  • Os gregos da Turquia, remanescentes do outrora grande Império Bizantino, são brutalmente perseguidos e praticamente exterminados. Eles foram expostos, entre outros crimes contra a humanidade, a um genocídio, pogroms e deportações forçadas nas mãos de vários governos turcos. Como resultado, há somente cerca de 1.300 gregos em Istambul. Mas, apesar de seu ínfimo contingente, a moribunda comunidade grega ainda sofre discriminação e violações de seus direitos.
  • O governo turco, que mantém fechada a maior escola de teologia cristã do país, dispende grande parte de seu orçamento anual na construção de mesquitas mundo afora.




O governo turco gasta centenas de milhões de dólares na construção de mesquitas como parte de um programa de longo prazo com o intuito de promover o Islã ao redor do mundo. Muitos muçulmanos esperam que as novas mesquitas espalhadas pela Europa fomentem e facilitem sua intenção de disseminar o Islã para os países não islâmicos e persuadir os "infiéis" cristãos a abandonarem sua fé em prol do Islã.

12 de jun. de 2017

Ex-guerrilheiros terroristas islâmicos vencem legislativas no Kosovo




Euronews, 11 de junho de 2017 



A coligação nacionalista de ex-guerrilheiros [islâmicos] do Kosovo venceu este domingo as legislativas antecipadas no antigo território sérvio de maioria albanesa, marcadas também pelo resultado mais alto de sempre para os ultranacionalistas do partido da Autodeterminação, em segundo lugar no sufrágio.

Com mais de 40% dos votos a aliança de três formações liderada pelo Partido Democrático PDK coloca o antigo primeiro-ministro Ramush Haradinaj na rampa de lançamento para liderar o próximo governo, segundo as sondagens à boca das urnas.

25 de fev. de 2022

Guerras e Rumores de Guerras: A Ucrânia em Ponto de Ebulição

Forcing Change, Volume 8, Edição 3.


Publicado originalmente em: 21/04/2014


Esta edição de Forcing Change examinará a situação na Ucrânia, pois a parte do mundo em que esse país está situado e a região adjacente são pontos-pivôs cruciais na geopolítica. É ali, naquele território entre o Mar Negro e a confluência setentrional dos afluentes do rio Dnieper, que o Oriente e o Ocidente estão envolvidos em um jogo de puxa-e-empurra. Por quê?

A complexidade da ordem global desde a queda da União Soviética somente aumentou. Em vez de uma estrutura singularmente ocidental dominar a cena internacional, como alguns analistas esperavam após a Queda do Muro de Berlim, testemunhamos o crescimento das visões concorrentes. As mais amplas Comunidade do Atlântico, OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte, ou NATO) e União Europeia, são e permanecem sendo blocos poderosos. Mas, existem outros atores regionais e eles se sobrepõem na arena global. A Rússia junto com a Comunidade de Estados Independentes, e a China junto com a Organização de Cooperação de Xangai, são dois exemplos. Acrescente a isto as interligações do comércio mundial, as linhas de transmissão da energia, as dívidas, acordos e tratados e o quadro torna-se cada vez mais complexo. Além disto, essas entidades em cooperação, ou em competição, interagem na Organização das Nações Unidas e dentro de outros organismos internacionais — cada uma com sua visão, cada uma com sua história. Algumas vezes, um país-chave torna-se o ponto-pivô para as influências em competição. É aqui que entra a situação da Ucrânia.

22 de mar. de 2016

Os Bálcãs: como é que os jihadistas arranjam as armas?

Nota do editor


Eu só acrescentaria nesse artigo que, além das rotas habituais, e dos países de igual forma, no fornecimento (tráfico) e no tráfego de armas, a Rússia e a China, muito tem a cooperar com isso tudo. Principalmente a Rússia, que foi quem mais lucrou com vendas de armas para países como a Líbia, o Irã e o Paquistão. A Rússia continua fazendo dinheiro, e não só com armas convencionais, mas com poderosos mísseis, capazes de transformar uma cidade num aterro sanitário tamanho família. Os Bálcãs continuam sendo um grande problema para a Europa, e somado as questões de imigração, eu diria que a dor de cabeça vem em dobro.

Ainda este ano na Suécia, um carro suspeito foi apreendido carregado com granadas e armas indo em direção ao país, mas foi interceptado por autoridades eslovenas, antes que chegasse ao seu destino. A Eslovênia faz parte dos Bálcãs, ou mais precisamente do corredor dos Bálcãs. Muitos refugiados buscam por meio desse corredor chegar até a Suécia, para que lá possam se acomodar e tirar proveito do seu sistema de bem estar. No entanto, com o aumento do fluxo de refugiados, o tráfico de armas e de drogas vem junto. Traficantes de seres humanos e de armas e drogas estão se aproveitando, para contrabandear armas junto com refugiados, ou usando rotas por onde as autoridades não terão chances de monitorar, já que elas mudam constantemente, a partir do fluxo interminável, que precisa de novas rotas de ida e vinda.

8 de jun. de 2017

O Estado Islâmico ameaça fazer uma investida terrorista nos Bálcãs




Balkan Insight, 08 de junho de 2017. 



O grupo autodenominado Estado Islâmico prometeu decapitar “infiéis” e matar os sérvios, os croatas e os “traidores” muçulmanos nos Bálcãs em uma nova ameaça à região, publicada na versão bósnia da revista dos jihadistas. 

Não, nós juramos por Alá, não nos esquecemos dos Bálcãs”, a versão bósnia da revista do Estado Islâmico advertiu, quando a organização terrorista emitiu uma nova ameaça para a região. 

Em um artigo intitulado “Os Bálcãs – Sangue para Inimigos e mel para os Amigos”, o grupo terrorista islâmico ameaçou diretamente os sérvios e os croatas por seu papel na guerra dos Bálcãs, bem como para os “traidores”  muçulmanos da fé islâmica. 

7 de mar. de 2022

Guerra russo-ucraniana - Resumo: Moldávia, Geórgia e Ucrânia bem-vindos a UE, e fim da dependência do gás russo

Imagem arquivo E.I.R




Euronews, 07/03/2022 



Bruxelas abre a porta a Ucrânia, Geórgia e Moldávia 


Bruxelas abre portas à Ucrânia, mas também a Geórgia e Moldávia. A Presidência francesa do Conselho da União Europeia anunciou a existência de um acordo entre os representantes permanentes dos Estados-membros para convidar a Comissão Europeia a apresentar um parecer sobre os três pedidos de adesão.

13 de nov. de 2022

O projeto Food Trails, financiado pela UE, pede submissões para melhorar a sustentabilidade dos sistemas alimentares em 11 cidades europeias




FML, 09/11/2022 



Por Fiona Holanda 



O município de Milão e o centro de inovação italiano Cariplo Factory estão convocando startups e pequenas e médias empresas (PMEs) a criar novas maneiras de impulsionar os sistemas alimentares em 11 cidades europeias como parte do Projeto Food Trails da UE.

A iniciativa 'Sustainable Food Systems – Call for Solutions' da Food Trails ajudará as cidades europeias a projetar, melhorar e implementar políticas alimentares sustentáveis, saudáveis ​​e inclusivas.

Financiado pelo programa Horizon 2020 da UE, o projeto de quatro anos reunirá um consórcio de parceiros composto por três universidades: Universidade de Cardiff, Universidade de Roskilde na Dinamarca e Universidade de Wageningen na Holanda, bem como as organizações Euro Cities, Slow Food International e EAT.

13 de jun. de 2018

Armando a Comunidade Internacional — Parte 2: A Guerra Fria, de 1946 a 1959

Armando a Comunidade Internacional — Parte 2: A Guerra Fria, de 1946 a 1959




Autor: Carl Teichrib, Forcing Change, Volume 5, Edição 6.


Leia primeiro a Parte 1.

Pressão de um lado e reação do outro. Se você se lembra da Guerra Fria, ela foi o arrasta-pé que o mundo testemunhou entre dois atores antagônicos, porém interconectados: o Ocidente — liderado pelos EUA e pela Grã-Bretanha contra Rússia e o Bloco Oriental. Essa dança sangrenta era expressada via guerras por procuração, negociações a portas fechadas nos encontros de cúpula, nas sombras das operações de espionagem e nos salões surreais das Nações Unidas, onde os diplomatas dos campos opostos se cruzavam diariamente.

Na primeira parte desta série "Armando a Comunidade Internacional", examinamos a história de uma Grande Ideia — o sonho de uma força militar internacional como uma extensão do "governo mundial". A cronologia foi iniciada em 1900 e terminou em 1945 e forneceu um apanhado geral dos indivíduos, conceitos e acontecimentos históricos que deram origem a essa busca por um mundo unificado.

16 de jul. de 2022

Bálcãs: Macedónia do Norte a caminho da UE




Euronews, 16/07/2022 



O parlamento da Macedónia do Norte aprovou por maioria a proposta francesa destinada a resolver a oposição da Bulgária abrindo assim a porta ao início de negociações com vista à adesão à União Europeia.

A oposição não gostou, abstendo-se e abandonando a câmara de 120 assentos.

O parlamento dominado pelos sociais-democratas com o apoio de partidos da minoria albanesa, aprovaram a proposta com um total de 68 votos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...