11 de dez de 2018

Finlândia – nível de ameaça terrorista não cairá no futuro próximo, diz relatório de segurança do serviço de inteligência do país

O chefe do NBI Antti Pelttari (esquerda) e o vice-chefe Seppo Ruotsalainen (à direita)



Yle, 10 de dezembro de 2018 



Os países estrangeiros continuam se engajando em espionar na Finlândia, diz o Serviço de Inteligência de Segurança (SUPO). 

A ameaça do terrorismo na Finlândia permanece em um nível elevado pelo terceiro ano consecutivo, segundo o chefe Antti Pelttari do Serviço Finlandês de Inteligência de Segurança (SUPO). 

Pelttari foi acompanhado pelo vice-chefe do SUPO, Seppo Ruotsalainen, e pelo especialista em pesquisa Saana Nilsson em uma coletiva de imprensa em Helsinque nessa segunda-feira, onde a organização anunciou sua avaliação oficial de segurança para esse final de ano. 


O relatório de concentra em espionagem, espionagem cibernética, movimentos extremistas e influência híbrida estrangeira”, disse Pelttari. 

O nível de ameaça terrorista está em 2 de 4 (baixo, alto, alto, muito alto) de acordo com um sistema que o SUPO adotou em meados de 2017. O departamento também descreveu o nível de ameaça como “elevado” antes disso em 2015. 

Não há razão para acreditar que o nível de ameaça cairá para o nível 1 no futuro próximo”, afirmou Pelttari. 

Suspeitas de ligações terroristas em ascensão. 

O número de pessoas alvo da SUPO em conexão com o terrorismo aumentou de cerca de 270 pessoas em 2015 para cerca de 370 pessoas este ano. O relatório afirma que cerca de 80 pessoas também são conhecidas por terem deixado a Finlândia para se envolver em atividades terroristas no exterior; o número é o mesmo de um ano antes. 

Esta é a primeira vez que o SUPO está relatando suas descobertas para chefes de Estado, bem como publicado uma versão publicamente visível do documento. 

Pelttari também disse que os países estrangeiros continuam se engajando em espionagem em solo finlandês. 

Ele tinha pouco a comentar em resposta a perguntas sobre ameaças de segurança específicas no Presser, dizendo que os métodos usados para identificar espiões estrangeiros, bem como potenciais terroristas, são profundamente classificados. 

O SUPO emitiu sua avaliação prévia de ameaças em março de 2018.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...