Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta genoma. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta genoma. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

24 de jun. de 2022

Nova tecnologia ajuda a revelar o funcionamento interno do genoma humano




NWCM, 23/06/2022 



Os pesquisadores da Weill Cornell Medicine e do New York Genome Center, em colaboração com a Oxford Nanopore Technologies, desenvolveram um novo método para avaliar em larga escala a estrutura tridimensional do genoma humano, ou como o genoma se dobra. O genoma é o conjunto completo de instruções genéticas, DNA ou RNA, que permitem que um organismo funcione.

Usando esse método, os pesquisadores demonstraram que a função celular, incluindo a expressão gênica, pode ser afetada por grupos de elementos reguladores que interagem simultaneamente no genoma, em vez de pares desses componentes. Suas descobertas, publicadas em 30 de maio na Nature Biotechnology, podem ajudar a esclarecer a relação entre a estrutura do genoma e a identidade celular.

26 de nov. de 2022

Novo sistema de edição de genes CRISPR pode "arrastar e soltar" DNA em massa




NA, 24/11/2022 



Por Michael Irving 



Uma nova técnica foi adicionada à caixa de ferramentas de edição de genes CRISPR. Conhecido como PASTE, o sistema usa enzimas de vírus para “arrastar e soltar” grandes seções de DNA em um genoma, o que pode ajudar a tratar uma série de doenças genéticas.

O sistema CRISPR teve origem em bactérias, que o utilizavam como mecanismo de defesa contra vírus que as atacavam. Essencialmente, se uma bactéria sobrevivesse a uma infecção viral, ela usaria enzimas CRISPR para cortar um pequeno segmento do DNA do vírus e usá-lo para se lembrar de como combater futuras infecções desse vírus.

18 de jan. de 2023

Enzimas baseadas em CRISPR modificadas melhoram a perspectiva de inserir genes inteiros no genoma





PHYS, 17/01/2023 



Por Noah Brown 



Muitas doenças genéticas são causadas por diversas mutações espalhadas por um gene inteiro, e projetar abordagens de edição do genoma para cada mutação do paciente seria impraticável e caro.

Investigadores do Massachusetts General Hospital (MGH) desenvolveram recentemente um método otimizado que melhora a precisão da inserção de grandes segmentos de DNA em um genoma.

13 de set. de 2022

CRISPR – começar uma revolução não é o suficiente: confissões de uma eugenista

Jennifer A. Doudna




TA, 12/09/2022 



Por Jennifer A. Doudna 



O CRISPR está mudando o mundo, mas pode fazer mais.

Dois anos atrás, eu estava trabalhando no meu laptop em um saguão de aeroporto em Newark, Nova Jersey, quando olhei para cima e vi um casal andando com seus dois filhos. O menino mais novo caminhou lentamente de muletas, exibindo os sinais reveladores de uma doença hereditária chamada distrofia muscular. Geralmente manifestando-se na infância, a doença rouba constantemente daqueles que a têm a capacidade de andar. Eventualmente, eu sabia, as muletas não seriam mais suficientes.

Meu coração deu uma palpitada. A maioria dos tipos de distrofia muscular se origina de mutações genéticas que enfraquecem proteínas musculares-chave, e eu tinha acabado de chegar de uma reunião onde a cura parecia possível, usando a tecnologia CRISPR para reescrever o DNA de crianças como ele.

20 de jan. de 2023

10 anos de edição do genoma CRISPR: Avanços, limitações e potencial futuro – Distopia

Fonte da imagem: New York Times



NML, 20/01/2023 



Na década desde a publicação do CRISPR-Cas9 como uma tecnologia de edição de genoma, a caixa de ferramentas CRISPR e seus aplicativos mudaram profundamente a pesquisa biológica, permitindo avanços por meio de aplicativos em plantas, animais e humanos. Em uma revisão, Joy Wang e Jennifer Doudna destacam 10 anos de edição do genoma CRISPR, discutindo os importantes avanços da técnica, limitações atuais e potencial promissor para o futuro.

14 de out. de 2022

Como os dados genômicos estão impulsionando a saúde na Estônia: distopia genética




VB, 12/10/2022 



Por George Lawton 



A medicina genômica tem o poder de transformar e personalizar a experiência de saúde. No entanto, apesar dessa tremenda promessa, os dados genômicos normalmente são usados ​​apenas fora dos fluxos de trabalho de rotina de saúde para tratar doenças raras ou priorizar o diagnóstico de câncer. As organizações de saúde enfrentam desafios para garantir a privacidade dos dados genômicos em vários fluxos de trabalho. Além disso, a maioria dos médicos não foi treinada para interpretar o significado dos resultados genômicos nas opções de tratamento e comunicá-los aos pacientes. 

O Centro do Genoma da Estônia espera mudar isso. O grupo de pesquisa está liderando um ambicioso programa piloto para sequenciar o DNA de 200.000 cidadãos estonianos, gerenciar com segurança os dados em escala e tecer insights sobre exames e tratamentos médicos regulares. É um esforço projetado para respeitar a segurança do paciente em cada etapa. As lições deste piloto podem eventualmente ajudar organizações de saúde em todo o mundo.

20 de jan. de 2023

O próximo passo para a tecnologia CRISPR: edição de genes para as massas?




MTTR, 19/01/2023 



Por Jessica Hamzelou 



No ano passado, a Verve Therapeutics iniciou o primeiro teste em humanos de um tratamento CRISPR que poderia beneficiar a maioria das pessoas – um sinal de que a edição de genes pode estar pronta para se tornar popular.

Já sabemos o básico de uma vida saudável. Uma dieta balanceada, exercícios regulares e redução do estresse podem nos ajudar a evitar doenças cardíacas – a maior causa de morte no mundo. Mas e se você também pudesse tomar uma vacina? E não uma vacina típica – uma injeção que alteraria seu DNA para fornecer proteção vitalícia? 

9 de nov. de 2022

Vírus usados ​​para fornecer edição de genes CRISPR para bactérias




NA, 07/11/2022 



Por Michael Irving 



Os cientistas demonstraram uma nova maneira potencial de editar os genomas de bactérias em ambientes complexos, equipando vírus para caçá-los e inserir o sistema de edição de genes CRISPR.

O CRISPR é uma ferramenta que permite que os cientistas façam edições precisas de corte e colar para os genomas das células vivas. É possível pôr uma enzima que retira uma seção do DNA do alvo e permite que ele seja substituído por algo mais benéfico. O uso dessa tecnologia poderosa não apenas permitiu aos cientistas encontrar novas maneiras de tratar doenças, mas também projetar culturas mais saudáveis, controlar pragas, remover alérgenos de animais de estimação e transformar células em pequenos computadores.

17 de nov. de 2022

Pesquisadores sugerem sequenciamento completo do genoma para ajudar a reduzir propagação de bactérias resistentes a medicamentos




NML, 16/11/2022 



Por Emily Henderson 



A disseminação de bactérias resistentes a antibióticos em hospitais pode ser bastante reduzida graças à pesquisa da Universidade de Queensland e da Queensland Health.

Uma equipe, incluindo o Dr. Patrick Harris e o Dr. Brian Forde, do Centro de Pesquisa Clínica da UQ, usou todo o sequenciamento genômico como uma ferramenta de vigilância para identificar, rastrear e interromper rapidamente os patógenos que causam infecções graves associadas à assistência à saúde (HAI).

O Dr. Harris disse que as HAIs são comuns e estão associadas a piores resultados para os pacientes e excesso de custos relacionados à saúde.

11 de set. de 2022

China cria 'gêmeo digital' de americanos: diz ex-especialista em segurança cibernética do DoD




ZH, 10/09/2022 



Por Tyler Durden 



De autoria de Hannah Ng e Tiffany Meier via The Epoch Times (ênfase nossa),

À medida  que surgiram relatos de que empresas chinesas ligadas a militares coletam DNA americano, essas empresas agora são capazes de criar réplicas digitais de americanos, de acordo com John Mills, ex-diretor de política, estratégia e assuntos internacionais de segurança cibernética do Departamento de Defesa.

Eles têm a capacidade de criar esses modelos complexos de cada um de nós. Eles estão nos tornando gêmeos digitais”, disse Mills ao programa “China in Focus” no NTD News, meio de comunicação irmão do Epoch Times.

28 de nov. de 2018

China poderá ter os primeiros bebés geneticamente modificados




Euronews, 28 de novembro de 2018 



Os primeiros bebés modificados geneticamente poderão já ter sido criados.

O cientista chinês He Jiankui afirma ter alterado o ADN de duas gémeas, com vista a protegê-las de uma possível infeção com o vírus da SIDA. "Aquelas pessoas precisam de ajuda. Devemos mostrar compaixão para com as famílias portadoras desta doença, uma doença hereditária e infecciosa. E se pudermos disponibilizar antecipadamente a tecnologia que temos, seremos capazes de ajudar muito mais pessoas", declarou durante uma palestra sobre o tema.

A modificação do genoma humano pode permitir a erradicação de doenças hereditárias, mas é altamente controversa. Em causa está a alteração de todo o patrimônio genético e a criação eticamente questionada de pessoas à medida. A polêmica começa dentro da própria comunidade científica.

9 de ago. de 2022

Empresa chinesa Epigenic Therapeutics levanta US$ 20 milhões para tecnologia de edição genética




LT, 08/08/2022 



Por Jim Cornall 



A Epigenic Therapeutics Co., Ltd., uma empresa chinesa de edição de genes de biotecnologia, garantiu US$ 20 milhões em financiamento Series Angel e Pre-A. 

O financiamento da Série Pre-A veio de investimentos da Morningside Venture Capital, Kingray Capital, Trinity Innovation Fund e TigerYeah Capital. O investidor anjo FountainBridge Capital também está participando.

Os recursos serão usados ​​para promover a edição epigenética da empresa em primatas não humanos, expandir conhecimentos e capacidades e patrocinar investigações clínicas em estágio inicial.

19 de jul. de 2022

Blockchain não apenas para bitcoin: também pode proteger e armazenar genomas




YN, 29/06/2022 



Por Bill Hathway 



Blockchain é uma tecnologia digital que permite um registro seguro e descentralizado de transações que é cada vez mais usado para tudo, desde criptomoedas até obras de arte. Mas os pesquisadores de Yale descobriram um novo uso para o blockchain: eles alavancaram a tecnologia para dar aos indivíduos o controle de seus próprios genomas.

Suas descobertas foram publicadas em 29 de junho na revista Genome Biology.

Nosso principal objetivo é devolver a propriedade dos dados genômicos ao indivíduo”, disse o autor sênior Mark Gerstein, professor de informática biomédica Albert L. Williams e professor de biofísica molecular e bioquímica, ciência da computação e estatística e ciência de dados. 

22 de jul. de 2022

A tecnologia Blockchain pode ajudar os indígenas americanos a obter controle sobre seus dados genômicos




TH, 21/07/2022 



Por Chia-Yi Hou 



Pesquisadores sugerem um novo caminho a seguir.

Os avanços na medicina e na pesquisa em saúde geralmente dependem de dados genéticos. O genoma humano, desde que os pesquisadores começaram a seqüenciá-lo, tem sido fundamental para desvendar aspectos de nossa biologia. Embora a maior parte do nosso DNA seja a mesma, existem algumas variações entre as populações que os cientistas consideram útil examinar. Para isso, o acesso a dados genômicos de diversas populações pode ajudar a avançar no conhecimento e nos tratamentos, mas o campo de pesquisa ainda precisa abordar questões de privacidade e propriedade, especialmente para comunidades marginalizadas. Em um artigo publicado na Cell, os pesquisadores apresentam um modelo potencial para o uso da tecnologia blockchain e propõem uma estrutura de dados de genômica indígena. 

20 de jan. de 2023

Esses cientistas usaram o CRISPR para colocar um gene de jacaré no peixe-gato

Baofeng Su segura um peixe-gato. A segunda imagem mostra um bagre transgênico (acima) com um irmão que não sofreu edição genética




TLR, 19/01/2023 



Por Jessica Hamzelou 



Os peixes resultantes parecem ser mais resistentes a doenças e podem melhorar a produção comercial – caso sejam aprovados.

Milhões de peixes são criados nos EUA todos os anos, mas muitos deles morrem de infecções. Em teoria, a manipulação genética de peixes com genes que os protegem de doenças poderia reduzir o desperdício e ajudar a limitar o impacto ambiental da piscicultura. Uma equipe de cientistas tentou fazer exatamente isso – inserindo um gene de crocodilo nos genomas do peixe-gato.

10 de jan. de 2023

Esta startup de biotecnologia diz que os ratos vivem mais após a reprogramação genética





MITTR, 09/01/2023 



Por Antonio Regalado 



O resultado é um marco amplamente antecipado para a tecnologia de rejuvenescimento.

Uma pequena empresa de biotecnologia afirma ter usado uma tecnologia chamada reprogramação para rejuvenescer ratos velhos e prolongar suas vidas, um resultado que sugere que um dia as pessoas mais velhas poderão ter seus relógios biológicos atrasados ​​com uma injeção – literalmente tornando-se mais jovens.

A alegação de extensão da vida em roedores, feita pela Rejuvenate Bio, uma empresa de biotecnologia de San Diego, aparece em um artigo pré-publicado no site BioRxiv e não foi revisado por pares.

25 de ago. de 2022

Cientistas cultivam embrião de rato “sintético” – com cérebro e coração batendo – a partir de células-tronco





STD, 25/08/2022 



Por Caltech



Os cientistas criaram embriões modelo de camundongos a partir de células-tronco que têm corações pulsantes, bem como as bases para um cérebro e todos os outros órgãos do corpo do camundongo. As células-tronco são as células mestras do corpo, que podem se desenvolver em quase qualquer tipo de célula do corpo. O trabalho foi feito por pesquisadores da Universidade de Cambridge e do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech).

Os resultados são o culminar de mais de 10 anos de pesquisa e podem ajudar os cientistas a entender por que alguns embriões falham enquanto outros se desenvolvem em fetos como parte de uma gravidez saudável. Além disso, os resultados podem ser usados ​​para orientar o reparo e o desenvolvimento de órgãos humanos sintéticos para transplante.

14 de jan. de 2023

Neurônios orgânicos artificiais criados – quase como células nervosas biológicas




SCTD, 12/01/2023 



Neurônios eletroquímicos orgânicos biorrealistas habilitados por antiambipolaridade ion-ajustável em polímeros condutores mistos de íon-elétron.

Um neurônio orgânico artificial que imita de perto as características das células nervosas biológicas foi criado por pesquisadores da Universidade de Linköping (LiU), na Suécia. Este neurônio artificial pode estimular nervos naturais, tornando-se uma tecnologia promissora para vários tratamentos médicos no futuro.

7 de jul. de 2022

Equipe da Universidade de Yale desenvolve vacina para bactérias mortais da leptospirose




YSM, 06/07/2022 



Por Jane E Dee 



Tendo descoberto recentemente a toxina que faz com que a doença tropical leptospirose seja tão letal, uma equipe de pesquisa de Yale desenvolveu uma vacina que previne a doença enquanto quase elimina as bactérias mortais do corpo.

A equipe, liderada por Joseph Vinetz, MD, professor (doenças infecciosas) no Departamento de Medicina Interna da Yale School of Medicine (YSM), e Reetika Chaurasia, associada de pós-doutorado na YSM, usou o projeto genoma para identificar a proteína secretada por Leptospira exotoxina como o principal candidato de como a leptospirose mata. Eles então mostraram que a vacinação com a toxina eliminava a doença e um anticorpo neutralizava as toxinas em modelos pré-clínicos. Eles relatam suas descobertas em um manuscrito científico que foi aceito para publicação em Frontiers in Cellular and Infection Microbiology.

25 de dez. de 2022

Nariz impresso em 3D crescido no braço de uma paciente com câncer, enxertado em seu rosto




IE, 25/12/2022 



Por Loukia Papadopoulos 



No número 7 das 22 melhores inovações do IE de 2022, analisamos esta nova tecnologia médica que pode revolucionar para sempre a cirurgia reconstrutiva.

Em novembro de 2022, cirurgiões do Hospital Universitário de Toulouse e do Instituto Claudius Regaud, na França, enxertaram um nariz impresso em 3D em um paciente que cresceu em (e a partir de) seu braço.

O incrível avanço médico foi alcançado por meio da manufatura aditiva, mais comumente conhecida como impressão 3D, a mesma tecnologia usada para construir casas e fabricar armas de fogo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...