6 de mai de 2019

Washington aumenta a pressão sobre o Irão, e o regime reage ameaçando retomar o programa nuclear





Euronews, 06 de maio de 2019 





Os EUA reforçaram o equipamento militar no Médio Oriente numa mensagem "clara e inequívoca" para o regime iraniano.

O Conselheiro para a Segurança Nacional da Casa Branca tornou claro "que qualquer ataque aos interesses dos EUA ou dos aliados terá uma resposta com uma força implacável." Através de uma declaração, John Bolton ressalvou que os EUA "não estão à procura de uma guerra com o Irão, mas estão amplamente preparados para responder a qualquer ataque", em caso de necessidade.

Neste quadro, os EUA vão destacar um porta-aviões do grupo aéreo naval USS Abraham Lincoln e um caça-bombardeiro para o Comando Central dos EUA para a região.


As relações entre os dois países têm-se deteriorado gradualmente. Em abril, os Estados Unidos declararam a Guarda Revolucionária do Irão uma organização terrorista.


Irão ameaça reativar programa nuclear


É a história de uma escalada anunciada: a agência nacional de informação iraniana, IRIB, anunciou que Teerão irá reativar parte do seu programa nuclear.

Isto em resposta às medidas de Donald Trump, que abandonou há precisamente um ano o acordo internacional sobre o tão controverso dossiê iraniano.

Alegadamente, o presidente Hassan Rouhani vai "reduzir" os compromissos assumidos, ripostando contra as novas sanções que Washington impôs contra as exportações de petróleo iraniano.

A resposta dos Estados Unidos é inequívoca: um porta-aviões e vários bombardeiros foram mobilizados para a região do Médio Oriente, uma medida acompanhada da seguinte mensagem: qualquer ofensiva a interesses americanos ou aliados terá como consequência uma resposta "implacável".


Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...