13 de fev de 2019

Conte quer União Europeia no Conselho de Segurança da ONU




Euronews, 12 de fevereiro de 2019 




Giuseppe Conte chegou ao Parlamento Europeu para "abanar" a Europa. E as palavras do primeiro-ministro italiano foram ao encontro das ideias apresentadas. Em Estrasburgo, o líder da coligação no poder em Itália defendeu a criação de um assento único no Conselho de Segurança das Nações Unidas para a União Europeia. Um papel atualmente representado apenas por França.

"Neste contexto, nenhum Estado-Membro pode desempenhar um papel significativo sozinho. É por isso que esperamos que uma voz da União Europeia unida possa encontrar o seu espaço no Conselho de Segurança da ONU", defendeu o primeiro-ministro italiano.



O projeto de Conte para a Europa não encontrou apoiantes entre os congêneres. Os líderes europeus mostraram-se críticos da decisão de Itália fechar os portos à entrada de migrantes resgatados no Mediterrâneo. Acusado de ser um fantoche dos vice-primeiros-ministros Matteo Salvini e Luigi di Maio, o primeiro-ministro italiano retorquiu "Deixemos de ser divididos, seguindo lógicas nacionalistas ou regionalistas. Vamos tentar colocar em prática uma verdadeira solidariedade, a fim de trazer de volta uma Europa que respeite as vidas humanas e sua própria segurança".

Num debate que se centrou no futuro da União, Conte pediu também mais flexibilidade para os orçamentos da zona Euro.

Recorde-se que Roma protagonizou um braço-de-ferro com Bruxelas a propósito do orçamento do Estado para 2019, que acabou num acordo pouco convincente para o bloco comunitário, mas sem medidas disciplinares contra Itália.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...