5 de dez de 2018

Indonésia – dezenas de milhares de muçulmanos se reúnem para celebrar a destituição do governador cristão acusado de blasfêmia

Quando é que vimos dezenas de milhares de muçulmanos em qualquer país marchar contra a alegada distorção e sequestro de sua religião por terroristas do Jihad? Nunca, certo. 

Muçulmanos indonésios conservadores realizam uma grande manifestação em Jacarta




Reuters, 02 de dezembro de 2018  (Graças a Jihad Watch por Robert Spencer). 



Jacarta (Reuters) – Dezenas de milhares de muçulmanos indonésios fizeram uma manifestação em Jacarta no domingo, liderados por grupos radicais que haviam feito movimentos em prol da destituição do governador cristão da cidade, ressaltando a crescente influência dos grupos islâmicos antes das eleições de 2019. 


A manifestação contou com a presença do ex-general Prabowo Subitano, um nacionalista com fortes ligações com os islamitas que estão tentando derrubar o presidente Joko Widodo nas pesquisas do ano que vem, depois de ter sido derrotado em 2014 durante uma campanha amargamente disputada. 

As multidões, muitas das quais vestidas de branco e carregando bandeiras islâmicas, começaram a se reunir no Monumento Nacional de Jacarta por volta das três da manhã para realizar orações. 

Estamos orgulhosos porque o Islã na Indonésia é o Islã que unifica e está unindo e manterá a paz para todos”, disse Subinato em um discurso. 

Milhares de policiais foram colocados de prontidão, mas a manifestação foi pacífica. 

Os organizadores chamam seu movimento de “reunião’ para uma série de manifestações que começaram no final de 2016 e tiveram como alvo o governador de Jacarta, Basuki Tjahaja Purnama, o primeiro cristão de etnia chinesa no cargo, que foi acusado de insultar o Alcorão.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...