21 de ago de 2018

Jardim de infância na Indonésia mascara crianças de combatentes do Daesh




TSF, 20 de agosto de 2018 



Por Rita Carvalho Pereira



As críticas não tardaram a chover, depois de um jardim de infância ter decidido adotar os trajes usados pelos combatentes do Estado islâmico como disfarces para um desfile de crianças.

Um jardim de infância na Indonésia está a ser alvo de muita polémica, depois de ter mascarado as crianças de combatentes do Daesh, num desfile do Dia da Independência.

O desfile das crianças com máscaras insólitas aconteceu na cidade de Probolinggo, no último sábado. As imagens divulgadas na Internet mostram as meninas a marchar na rua, usando véus negros e armas de combate feitas de cartão.


As imagens que percorreram a Internet foram já comentadas pelo parlamento da Indonésia, tendo sido classificadas pelo presidente do Conselho Representativo do Povo, Bambang Soesatyo, como um "espetáculo inapropriado". "Esse tipo de tratamento pode perturbar as ideias das crianças", acrescentou.

De acordo com o jornal britânico The Guardian , a direção do jardim de infância já pediu "profundas desculpas" e disse estar arrependida dos disfarces escolhidos para o desfile. "Nunca pensamos que teria este impacto. O importante era que as crianças fizessem parte do desfile e que estivessem contentes", justifica a direção, garantindo que não pretendia incitar à violência nem a radicalismos.

O que pretendia então o jardim de infância com estas máscaras? Educar as crianças em relação às dificuldades atravessadas pelo Islão, "para aumentar a fé e a devoção a Alá", responde a direção.

A Indonésia é o país com a maior comunidade muçulmana em todo o mundo.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...