21 de jul de 2016

Erdogan declara estado de emergência por três meses

Erdogan


DN, 20 de julho de 2016. 



Decisão anunciada pelo presidente turco após reunião com ministros em Ancara

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, declarou esta quarta-feira o estado de emergência na Turquia, em sequência da tentativa de golpe de estado no país da passada sexta-feira, para apanhar todas as pessoas envolvidas na tentativa falhada de golpe de Estado na sexta-feira.

"O nosso conselho de ministros decidiu instaurar o estado de emergência por um período de três meses", anunciou, em conferência de imprensa, o chefe de Estado, após reunião do gabinete ministerial do país.



O estado de emergência é necessário para "erradicar rapidamente todos os elementos da organização terrorista envolvidos na tentativa de golpe de Estado", afirmou. Erdogan afirmando ainda que irá assim "fortalecer os valores da democracia".

A Turquia acusa o grupo do clérigo Fethullah Gulen de estar envolvido no golpe.

O país foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado na sexta-feira à noite, mas o Presidente, Recep Erdogan, e Governo recuperaram o controlo do país no sábado.

O último balanço do governo turco aponta para 308 mortos entre revoltosos, civis e forças leais a Erdogan e mais de 1.400 feridos.

Segundo o Presidente, quase 11.000 pessoas foram detidas no âmbito do inquérito à tentativa de golpe de Estado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...