10 de jul de 2018

Reino Unido – médico cristão perde o emprego por se recusar a endossar a ideologia de gênero




CBN, 07 de julho de 2018 



Por Dale Hurd 



O médico britânico David Mackereth perdeu o emprego como assessor médico do governo porque não renunciou à sua crença de que o sexo é estabelecido no nascimento. 

Mackereth, de 55 anos, trabalhou como médico para o Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha [NHS] durante 26 anos, principalmente em prontos-socorros, mas foi informado que em sua nova posição como “assessor de deficiência” ele deveria identificar pacientes transexuais com o sexo com que eles se identificam, em vez de com o seu sexo de nascimento. 


Mackereth, um batista reformado, recusou e disse que seus direitos de liberdade de expressão foram violados por causa de suas convicções religiosas. 

Eu disse que tinha um problema com isso”, disse Mackereth. “Acredito que o gênero é definido pela biologia e pela genética e que, como cristão, a Bíblia nos ensina que Deus fez os seres humanos do sexo masculino ou feminino”. 

Eu poderia ter mantido minha boca fechada, mas era o momento certo para me levantar e dizer”, disse ele. “Eu não acredito que eu deveria ser obrigado a usar um pronome específico. Eu não estou querendo incomodar ninguém. Mas, se perturbar alguém pode levar os médicos a serem demitidos, então, como sociedade, temos que examinar para onde estamos indo”.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...