15 de jun de 2018

Reino Unido: Inglaterra – Comunidade LGBT representada massivamente na BBC




Instituto Cristão, 15 de junho de 2018 



Mais de oito por cento dos funcionários da BBC se identificam como lésbicas, gays, bissexuais ou transgêneros, revelaram novos números. 

A representação geral da população é de cerca de dois por cento. A disparidade dos funcionários transgêneros ainda é mais acentuada. 

Os números, divulgados pelo The Times, seguem um relatório da Ofcom sobre diversidade na rádio BBC. 


Transgêneros. 

Dos 21. 239 trabalhadores da BBC, 786 são gays, 206 são lésbicas, e 365 são bissexuais. 

Quase uma em cada 50 pessoas da corporação se identifica como transgênero, mas na população em geral, apenas uma em cada 14 mil pessoas mudou legalmente de sexo. 

A apresentação da BBC à Ofcom revelou que “todos os prédios da BBC devem fornecer banheiros e vestiários sem gênero” para acomodar funcionários transgêneros. 

Esses banheiros neutros em relação ao gênero são adicionais aos banheiros masculinos e femininos existentes já instalados. 

Politicamente Correto. 

O vice-diretor do Instituto Cristão, Ciarán Kelly, disse que a notícia é mais uma prova da “obsessão pelo Politicamente Correto” da BBC. 

Ele disse: “Se a BBC estivesse tão preocupada em refletir com precisão a população do Reino Unido quanto alega recrutaria ativamente cristãos. Essas vozes são muito escassas em seus escritórios, enquanto aqueles que pressionam agendas radicais sobre gênero e sexualidade são massivamente super-representados. Pode ser uma melhoria em relação ao ano passado, mas muito mais precisa ser feito se eles quiserem refletir adequadamente a sociedade britânica”. 
Nota: a wiki brasileira define as controvérsias sobre a BBC logo no primeiro parágrafo da seguinte forma: "A British Broadcasting Corporation (Corporação Britânica de Radiodifusão, mais conhecida pela sigla BBC) MHM é uma emissora pública de rádio e televisão do Reino Unido fundada em 1922. Possui uma boa reputação nacional e internacional (embora seja vista por alguns críticos como parcial e tendenciosa para o liberalismo e seja assumidamente pró-Londres)". Na wiki britânica eles acrescentam "esquerdismo" ao lado de liberalismo. Ambas as definições são imprecisas de certa forma, pois a BBC nunca foi acusada de Liberalismo por ser liberal. O Liberalismo em si nunca foi bandeira dessa organização. Setores de esquerda podem alegar isso tendo em vista as políticas de austeridade de certos governos, e os de Thatcher, mas isso não significa de fato que o Liberalismo seja um viés que incomode o povo inglês. A BBC é rotineiramente acusada de ser anticristã. E isso é um fato comprovado. A premissa de Churchill de usar a [rádio, o veículo] BBC como algo que unisse a nação de certa forma na lógica serviu para este fim, mas em si mesmo a ideia foi usada de uma forma bem equivocada. Roosevelt fez algo parecido com as ondas de rádio nas chamadas "Conversas à Lareira", na quais ele transmitiu 31 discursos a nação sobre a sua "Lei Bancária de Emergência", entre outras coisas. Porém, isso não se tornou um legado maldito, que é o que a BBC é, pois não foi criado um veículo oficial estatal, como Churchill fez. No fim Roosevelt mesmo sendo um comunista safado, ainda assim foi menos infeliz na decisão de usar esse veículo para seus próprios planos. Lembrando que a BBC é financiada por meio de impostos. Isso por si só é um problema sério, para quem vai ouvir uma emissora demonizar sues valores enquanto alega ser um legado de "união". 
Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...