Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta imigração. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta imigração. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

2 de jan. de 2023

O referendo nacional suíço limitará a população a 10 milhões por meio de um rígido controle de imigração, para salvar o meio ambiente




SMMN, 01/01/2023 



O partido mais popular da Suíça, o Partido do Povo Suíço (SVP), conhecido por suas raízes agrárias e oposição à imigração em massa, deve realizar um referendo pedindo a renegociação de tratados internacionais, ou mesmo seu abandono total, se a população suíça atingir 10 milhões.

Como relata John Cody no Remix News,  o referendo proposto ocorre em um momento em que a Europa enfrenta cada vez mais  uma catástrofe ambiental, uma  crise imobiliáriaenormes pressões sobre os recursos públicos devido aos crescentes níveis de imigração. Muitas nações europeias estão entre as nações mais densamente povoadas do mundo e espera-se que a vida nelas se torne mais populosa em um futuro próximo, a menos que uma ação drástica seja tomada. A Suíça não é exceção.

9 de jan. de 2023

Especialistas – Biden lança bases para 'anistia em massa' para imigrantes ilegais





BTB, 08/01/2023 



Por John Binder 



O uso expandido do presidente Joe Biden da rede Catch and Release de seu governo, o processo que ajuda a libertar centenas de milhares de pessoas que atravessam a fronteira nos Estados Unidos todos os meses, é um pretexto para “anistia em massa”, dizem os especialistas.

Na semana passada, o Departamento de Segurança Interna (DHS) de Biden anunciou um plano que abre as portas para uma rede Catch and Release ainda mais expansiva na fronteira EUA-México, onde mais 360.000 pessoas que cruzarem a fronteira poderão entrar no interior dos EUA para solicitarem liberdade condicional humanitária.

14 de nov. de 2022

Abra os portões – o primeiro-ministro Sunak planeja um visto expansivo para trazer mais imigrantes para a Grã-Bretanha




BTB, 13/11/2022 



Por Kurtz Zindulka 



O primeiro-ministro Rishi Sunak está se preparando para introduzir um “visto expansivo” para trazer mais trabalhadores para a Grã-Bretanha, demonstrando ainda mais que o partido conservador provavelmente não tinha intenção de reduzir a imigração após o Brexit.

Para supostamente aumentar a produção econômica, o governo de Rishi Sunak teria revivido um esquema inventado por Liz Truss para introduzir um “visto expansivo” para atrair mão de obra estrangeira para trabalhar em vários projetos de infraestrutura, como novas energias eólica, solar, nuclear, projetos ferroviários, de telecomunicações, digitais e rodoviários.

21 de set. de 2017

Entrevista com Fjordman: blogueiro norueguês exilado pelo politicamente correto

Fjordman


Gates of Vienna, 19 de setembro de 2017 






Nota: esta entrevista por e-mail foi publicada no site A Apricity

Nasci em 1975. Se tive quaisquer pontos de vista amigáveis sobre o Islã ou pró-multiculturalismo na Noruega na década de 1990, os vários anos que passei no Oriente Médio me curou disso. Eu era um estudante de árabe na Universidade Americana no Cairo, Egito, em 2001. Eu estava no Cairo durante os ataques terroristas de 11 de Setembro nos Estados Unidos naquele ano. Alguns egípcios falavam em tom de alegria sobre esses ataques contra os americanos “aliados”. Mas a mídia ocidental afirmou que quase todos os árabes e muçulmanos lamentaram os ataques de 9/11. Eu sabia que isso não era verdade. Eu vivia na maior cidade do mundo de língua árabe durante esses eventos. 

2 de ago. de 2017

Desconsiderando o perigo: A Suécia irá deportar uma cristã de volta para o Irã

Aideen Strandsson



CBN, 26 de Julho de 2017 






Estocolmo – A Suécia está prestes a deportar a atriz iraniana Aideen Strandsson de volta ao Irã, onde ela certamente vai encarar tortura, estupro e até mesmo a morte em uma prisão iraniana. 

É uma clara violação do direito internacional. Mas enquanto isso as autoridades suecas disserem a Aideen, que tornar-se uma cristã foi sua decisão, e que agora é problema seu e não deles. 

Isto de uma nação que pensa em si mesma como sendo a “superpotência humanitária” que acolheu refugiados de braços abertos, até que o governo sentiu a pressão política e decidiu que alguns teriam de ir, mesmo que isso significasse sua morte. 

24 de jan. de 2018

Relatório: três em quarto terroristas condenados nos EUA são nascidos no estrangeiro



Epoch Times, 24 de janeiro de 2018. 





Sistema de imigração meritória promoveria assimilação, reduziria risco para os EUA, diz funcionário

Um novo relatório conjunto do Departamento de Justiça (DOJ) e do Departamento de Segurança Interna (DHS) revelou que 549 indivíduos foram condenados por acusações relacionadas ao terrorismo internacional nos tribunais federais dos Estados Unidos entre o incidente de 11 de setembro de 2001 e o final de 2016.

13 de ago. de 2016

Canadá quer aumentar número de imigrantes para responder a necessidades laborais - enchendo o país de muçulmanos






DN, 13/08/2016.





Ministro da Imigração canadiano admite envelhecimento da população e falta de trabalhadores no país

O ministro da Imigração do Canadá disse na sexta-feira, nas Filipinas, que pretende "aumentar substancialmente" o número de imigrantes, de modo a preencher as necessidades de trabalho no país.

No seu discurso num evento da Câmara de Comércio do Canadá em Manila, nas Filipinas, John McCallum apontou para "o envelhecimento da população e a eminente falta de trabalhadores".

6 de abr. de 2017

Califórnia - Transformando-se em um estado santuário!




The Political Insider, 05 de abril de 2017 



Por Thomas N



A Califórnia é o lar de milhões de imigrantes... mais do que qualquer outro estado, especialmente da Ásia e do México. De fato, 27% de todas as pessoas que imigram para a América acabam na Califórnia, conforme a população imigrante do estado continua a aumentar. 

Em vez de seguir as regras e entrar na fila, milhões de estrangeiros ilegais quebram as leis de imigração da América, enquanto aproveitam os programas de financiamento público. 

Conforme a população de imigrantes da Califórnia vem crescendo abruptamente, você pensaria que o estado estaria ansioso para abrandar a taxa de pessoas que entram no estado. No entanto, isso é incorreto. 

28 de set. de 2022

Farage diz que Liz Truss está "traindo o Brexit" com planos de imigração que se adequam apenas aos interesses das grandes corporações

Nigel Farage e Liz Truss



EXPUK, 27/09/2022 



Por Aleks Phillips 



O ex-líder do UKIP alegou que milhões de pessoas não votarão mais nos Conservadores nas próximas eleições.

Nigel Farage criticou o plano de Liz Truss de impulsionar a economia por meio da permissão de entrada de mais trabalhadores qualificados no país, alegando que isso era uma "traição completa ao que os eleitores Brexit queriam". O bem sucedido promotor do Brexit agora apresentador de TV disse anteriormente que Liz Truss estava "agindo a favor do Big Money" (grandes conglomerados de corporações) ao fornecer "mão-de-obra barata" do exterior.

A primeira-ministra insistiu que ela não inventará "desculpas" para "não se concentrar incessantemente no crescimento econômico".

18 de mai. de 2016

Malásia proíbe críticos do Governo de viajarem para o estrangeiro




DN, 18 de maio de 2016.



A proibição já vigora há vários meses. Ativistas e dissidentes têm sido detidos em postos de controlo de imigração

As autoridades da Malásia anunciaram que aqueles que criticam ou ridicularizam o Governo ficam proibidos de viajar para o estrangeiro durante três anos de modo a "salvaguardar a imagem do país", revela hoje a imprensa local.

"Quem desprestigiar o Governo ou o denegrir de alguma maneira será proibido de viajar para o estrangeiro", disse o departamento de Imigração ao jornal The Star.

28 de abr. de 2016

Nova previsão sueca de refugiados - planos para a chegada de 100.000 este ano




Speisa, 27 de abril de 2016.



O Conselho de Imigração tem planos para cerca de 100.000 requerentes de asilo neste ano. A nova previsão de refugiados foi submetida ao governo hoje. 

O Conselho de imigração avaliou no início de fevereiro, que a previsão era muito incerta para chamar isso de uma previsão. Mas eles assumiram, no entanto, que até 140.000 requerentes de asilo poderiam vir este ano, informa o SVD

6 de mar. de 2016

Jihadista assassino passou nos testes para conseguir cidadania americana e três meses depois estava se envolvendo no atentado a bomba na Maratona de Boston

Jihadista assassino passa nos testes para conseguir cidadania americana, e três meses depois estava se envolvendo no atentado a bomba na Maratona de Boston. 

Porém o governo Obama assegura-nos que irá trazer um grande número de refugiados muçulmanos para os Estados Unidos, e certificando-se que não há terroristas jihadistas entre eles. Como eles farão isso?



Arquivos federias não deixam duvidas sobre o terrorista do ataque a bomba na Maratona de Boston, e o seu amigo



 Boston Globe, 29 de fevereiro de 2016. (Graças a Jihad Watch por Robert Spencer). 



Por Maria Sacchetti


Temerlan Tsarnaev passou no teste de cidadania nos Estados Unidos três meses antes dele e seu irmão mais novo detonarem duas bombas na Maratona de Boston, de acordo com registros de imigração federal obtidos sob o Freedom of Information act. 

Os seus resultados nos testes, com as respostas corretas para as perguntas sobre a escravidão, a Constituição, e a compra de Louisiana, estão em páginas de arquivos previamente confidenciais sobre o homem bomba e seu amigo, Ibragim Todashev. Ambos os homens foram mortos em incidentes separados após os atentados a bomba do dia 15 de abril de 2013.

5 de nov. de 2018

Crise de Sobrevivência da Europa

Gatestone, 04 de novembro de 2018 







  • Enfrentando este desafio existencial, uma espiral descendente na qual, ao que parece, os europeus estão morrendo lentamente por não se reproduzirem, a Europa também perdeu toda a confiança em seus valores iluministas conquistados a duras penas, como as liberdades individuais, a razão e a ciência em substituição à superstição e a separação da igreja do estado. São questões críticas a serem enfrentadas se a Europa realmente quiser sobreviver.
  • Na Alemanha Ocidental 42% das crianças com menos de seis anos têm um background migratório, de acordo com Departamento Federal de Estatística da Alemanha, conforme reportagem do jornal Die Welt.
  • Ao observarmos a história, nos lugares onde a Igreja cochilou, se desviou do Evangelho, o Islã tirou vantagem e conquistou. É isso que estamos testemunhando na Europa, que a Igreja está cochilando e o Islã se infiltrando... A Europa está sendo islamizada e isso afetará a África." — Bispo Católico Andrew Nkea Fuanya da República dos Camarões.


"O vislumbre de que a Europa se torne um museu ou um parque de diversões cultural para o novo rico da globalização não é de todo absurdo." Essa reflexão em relação à Europa como algo parecido com um vasto parque temático cultural foi apresentada pelo já falecido historiador Walter Laqueur que, devido à sua perspicaz previsão sobre a crise da Europa, é chamado de "indispensável pessimista." Laqueur foi um dos primeiros a compreender que o atual impasse em que se encontra o velho mundo vai muito além da economia. A questão é que os dias de pujança da Europa já se foram. Devido às baixas taxas de natalidade, a Europa está encolhendo drasticamente. Se essas tendências continuarem salientava Laqueur, em cem anos a população da Europa "será somente uma fração do que ela é hoje e em duzentos alguns países poderão até já ter desaparecido".

15 de mai. de 2022

A crise migratória piorou apesar da promessa de Biden de abordar as 'causas profundas' da imigração ilegal




WX, 13/05/2022 



Por Anna Giaritelli 



O presidente Joe Biden prometeu acabar com a crise migratória abordando as causas que levaram milhões de pessoas a fugir da América Central para a fronteira sul dos EUA .

Dezesseis meses após o mandato de Biden, no entanto, a situação na fronteira dos EUA com o México é muito pior, e os esforços do governo para melhorar as condições nos países de origem dos imigrantes não chegaram a muito.

Encontros de imigrantes ilegais na fronteira sul são recordes. Mais de 2 milhões de migrantes foram detidos ao tentar entrar nos Estados Unidos a partir do México sem autorização em 2021.

9 de fev. de 2018

França: Crise Migratória Fora de Controle

Gatestone, 08 de fevereiro de 2018. 


Por Soeren Kern



  • O Ministro do Interior da França Gérard Collomb descreveu como "sem precedentes" o nível de violência em Calais. Ele atribuiu os tumultos à escalada da guerra entre bandos afegãos e curdos para controlar o tráfico humano entre Calais e a Grã-Bretanha, que muitos migrantes veem como o "El Dorado" devido à sua enorme economia informal.
  • Durante sua visita a Calais, Macron delineou a nova política de imigração de seu governo: alimentos e abrigo para aqueles que têm direito a permanecerem na França e deportação para aqueles que estão ilegalmente no país.
  • "Emmanuel Macron chegou lá. Nunca antes um presidente da República caiu na impopularidade tão rapidamente e depois voltou a ser popular novamente". Paris Match.

Centenas de africanos e asiáticos armados com facas e barras de ferro se enfrentaram em batalhas campais na cidade portuária de Calais, situada no norte da França, em 1º de fevereiro, menos de duas semanas depois que o presidente francês, Emmanuel Macron, visitou a região se comprometendo a tomar duras medidas acerca da imigração ilegal.

30 de nov. de 2017

Suécia – ex-primeiro-ministro diz que a imigração em massa foi a melhor coisa que aconteceu ao país

Fredrik Reinfeldt



Speisa, 30 de novembro de 2017. 



O ex-primeiro-ministro sueco Fredrik Reinfeldt afirma que a imigração em curso (invasão) para a Suécia está entre as melhores coisas que já aconteceu com o país. Ele acredita que pode ser comparado com como ter filhos: um longo investimento de longo prazo. Outros, no entanto, criticam fortemente a sua política, mas Reinfeldt se recusa a responder às críticas. 

Em entrevista ao Expressen, Reinfeldt elogia a imigração e a compara com a prática de ter filhos. 

5 de jan. de 2023

Holanda – população holandesa cresceu duas vezes mais em 2022 do que em 2021, mas inteiramente devido à imigração





Nltimes, 04/01/2023 



A população holandesa cresceu quase duas vezes mais rápido em 2022 do que no ano anterior, informa o Statistics Netherlands (CBS) com base em números até 1º de dezembro e uma estimativa do último mês. Houve um aumento de 227 mil habitantes, ante 115 mil em 2021, segundo o escritório de estatísticas. Com esse crescimento, o número de habitantes na Holanda é de 17,8 milhões.

Em 2022, nasceram cerca de 168.000 crianças, uma redução de mais de 11.000 em relação aos números de 2021. Cerca de 169.000 pessoas morreram no ano passado. Como resultado, as taxas de natalidade e mortalidade permaneceram praticamente as mesmas, de modo que o crescimento populacional pode ser totalmente atribuído à imigração estrangeira.

5 de mar. de 2016

O dia em que a União Europeia se desfez: Líderes se remoem no pior dia da crise de imigração

  



Express UK, 02 de março de 2016.



Por Nick Gutterige 



Com gás lacrimogêneo caindo sobre os tumultos dos imigrantes na Grécia e na frança, países brigam e discutem sobre quem deve assumir a culpa pela crise espiral que não parece dar sinais de desaceleração. 

Mais uma vez as divisões cavernosas entre os diferentes países da União Europeia foram postas a olhos nus para todos, com Angela Merkel com raiva tendo que defender o papel da Alemanha em meio aos ataques de outros estados membros. 

9 de abr. de 2017

O atentado na Suécia e a imigração muçulmana ininterrupta

Nota

No dia 07 de abril, sexta-feira, ocorreu um atentado terrorista no qual o terrorista islâmico conduziu um caminhão contra uma multidão numa movimentada rua de um centro comercial sueco em Estocolmo. Como de praxe, o executor do atentado é um cidadão não-nascido no país, ou seja, de origem estrangeira. A Suécia já faz algum tempo que vem acolhendo pessoas de origem árabe, que muitas vezes vêm de zonas de conflitos, mas noutras, ao revés disso, trazem consigo o conflito. Então, aqui temos uma nação liberal aberta a pessoas vindas de países cuja cultura é antagônica ao do país acolhedor, e que muitas vezes traduzem esse antagonismo na forma de violência física e ações criminais. No entanto, o governo sueco se dispôs a superar tudo isso, e manter um programa de imigração que os liberais suecos têm como sendo vital para o futuro da nação. Sendo assim, a imigração é vital para a sobrevivência da própria Suécia, e de sua população, portanto, doses e mais doses de multiculturalismo devem prosseguir “pelo bem da sociedade”. Então, leis, sistema educacional, entretenimento, instituições públicas e até mesmo o jornalismo devem se “tornar flexíveis” ao que os liberais denominam como sendo a “nova população sueca”. 

Embora não seja uma unanimidade o apoio a tais políticas, os grupos mais ativos são os que estão alinhados com a ideologia de esquerda por trás de tais políticas, e estes são aqueles grupos de esquerda que pregam que as minorias devem ter a primazia dos direitos acima da maioria, porque tais minorias supostamente são oprimidas por sistemas de governos arcaicos, e uma cultura arcaica que merece ser extirpada, a fim de promover plenamente os direitos iguais e dar voz a quem supostamente foi boicotado pelos antigos sistemas; nesse caso, os muçulmanos passam a ser enquadrados nessa categoria. As feministas, sem nenhuma surpresa, são as vozes mais ativas na defesa de políticas de “integração”, ao ponto de que as ministras suecas se solidarizem com a tradição arcaica do véu, que praticamente é imposto as mulheres islâmicas, mas que as ministras veem como sendo a identidade do Islamismo que deve ser promovido como sendo parte da nova cultura dominante tolerante e inclusiva, por ser lindo!. 

20 de fev. de 2017

O Verdadeiro Preconceito do Ocidente: Rejeição aos Cristãos Perseguidos

Gatestone, 20 de fevereiro de 2017. 



Por Uzay Bulut



  • Lamentavelmente o Ocidente rejeitou a ideia de solidariedade para com os cristãos do Oriente Médio priorizando a diplomacia baseada em interesses petrolíferos e no conflito árabe-israelense. Assim sendo, os Estados Unidos, Grã-Bretanha e França têm ignorado as perseguições aos cristãos do Iraque, Líbano, Egito e Sudão, ao mesmo tempo em que correm para salvar os países muçulmanos ricos em petróleo como a Arábia Saudita e o Kuwait..." — Hannibal Travis, Professor de Direito, 2006.
  • Cristãos autóctones no Iraque e na Síria não só estão sendo expostos ao genocídio nas mãos do Estado Islâmico (ISIS) e de outros grupos islamitas, como também tiveram seus pedidos de imigração para os países ocidentais postos em segundo plano pela ONU, vergonhosamente, sem causar nenhuma surpresa.
  • Quando alguém levanta a questão dos países ocidentais, tendo em vista os migrantes muçulmanos da Síria e do Iraque sem a devida checagem no tocante aos vínculos jihadistas, ao mesmo tempo em que se deixa para trás as vítimas dos jihadistas, cristãs e yazidis, esse alguém é acusado de ser "intolerante" e "racista". Mas o verdadeiro preconceito está no abandono dos perseguidos e inofensivos cristãos e yazidis do Oriente Médio, principais vítimas do incessante genocídio na Síria e no Iraque.
  • O governo alemão também está rejeitando pedidos de asilo de refugiados cristãos, deportando-os injustamente, segundo um pastor alemão.
  • Quase um terço dos entrevistados disseram que o grosso da discriminação e violência vêm principalmente dos guardas dos alojamentos de descendência muçulmana.
  • Já está mais do que na hora de não só os EUA, mas todos os outros governos ocidentais finalmente enxergarem que os cristãos no Oriente Médio são uma extensão deles próprios.


Finalmente depois de anos de apatia e imobilismo, Washington está estendendo a mão amiga, deveras necessária, aos cristãos do Oriente Médio. O presidente dos EUA, Donald Trump anunciou recentemente que será dada prioridade aos cristãos perseguidos quando se tratar de aplicar o status de refugiado nos Estados Unidos.

Cristãos e yazidis estão sendo expostos ao genocídio nas mãos do ISIS e de outros grupos islâmicos, que estão empenhados em uma campanha de grandes proporções para escravizar as minorias não muçulmanas remanescentes e destruir o seu patrimônio cultural.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...