6 de dez de 2016

Rouhani diz que o Irã não vai deixar que Trump rasgue o acordo nuclear




Reuters 06 de dezembro de 2016. 






O presidente iraniano Hassan Rohani disse nessa terça-feira que ele não deixaria o presidente eleito Donald Trump rasgar o acordo nuclear global, alertando para repercussões não especificadas se Washington renunciar ao acordo. 

Trump havia dito durante as campanhas para a Casa Branca que ele iria desfazer o acordo do Irã com as potências mundiais – sob o qual Teerã concordou em limitar o seu programa nuclear em troca do levantamento das sanções – descrevendo-o como “o pior negócio já negociado”. 


[Trump] quer fazer muitas coisas, mas nenhuma de suas ações nos afetaria”, disse Rouhani em um discurso na Universidade de Teerã transmitido ao vivo pela televisão estatal. 


Vocês acham que ele pode rasgar o JCPOA (Plano de Ação Comum Global, de acordo nuclear)? Vocês acham que nós e nossa nação vamos deixa-lo fazer isso?

Analistas disseram que os comentários de Trump poderiam sinalizar uma linha ainda mais dura dos Estados Unidos contra o Irã, um desenvolvimento que, por sua vez poderia capacitar os líderes linha dura na cena política iraniana, incluindo os rivais de Rouhani. 

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, fez uma advertência contra qualquer alteração no acordo nuclear após os comentários de Trump, em junho, e disse no mês passado que uma extensão de um regime de sanções dos Estados Unidos seria visto como uma violação do acordo. 

Rouhani ecoou os comentários de Khamenei sobre a decisão do Congresso dos Estados Unidos no mês passado para aprovar uma lei para estender a Lei de Sanções contra o Irã (ISA) para mais 10 anos tornando mais fácil para Washington reimpor sanções se Teerã violar o acordo nuclear. 

O presidente Barack Obama ainda precisa assinar a lei. 

Não há dúvida de que os Estados Unidos é o nosso inimigo”, disse Rouhani, que deverá se manter de novo nas eleições presidenciais do Irã em 2017. 

Se Obama assinar o ISA, mas usar direitos de renúncia para cessar a sua implementação, ainda vai estar violando o acordo nuclear e nós vamos reagir a isto”. 

Rouhani disse que vai participar da reunião de um comitê de especialistas na quarta-feira para decidir sobre a reação do Irã para o que chamou de violação dos Estados Unidos. 

Artigos recomendados: 


2 comentários:

  1. Acabou a mamatá.O presidente dos EUA não é mais um muçulmano camuflado. O que lhe resta agora é ficar rosnando de longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele agora precisa lidar com os chineses na Ásia, principalmente no Mar do Sul da China. Eu estou curioso para ver como fará.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...