7 de dez de 2016

Guardas de segurança suecos atacados brutalmente por gangues de “imigrantes” no metrô de Estocolmo

Os dois guardas de segurança foram brutalmente atacados pelos vândalos após a detenção de um homem




Express UK, 07-08 de dezembro de 2016. 






As imagens horríveis dos dois guardas de segurança sendo atacados por um grupo de violentos bandidos em uma estação de metrô sueco surgiram. 

No vídeo chocante da CCTV, a dupla pode ser vista lutando para recuperar o controle sobre a situação conforme a gangue se tornava violenta depois que os funcionários tentaram deter uma pessoa na plataforma subterrânea.  

O desentendimento entre os guardas de segurança e a quadrilha começou quando um homem foi espancado e detido por se recusar a cooperar. 
Os amigos do homem começaram a rodear os oficiais enquanto tentavam levar a pessoa para fora da plataforma do metrô.

No entanto, antes que os guardas de segurança na estação de metrô de Estocolmo pudessem acalmar a situação, um grupo de pessoas começou uma perseguição e a gritar com eles para deixar o homem detido ir embora. 

Percebendo a crescente situação perigosa, os funcionários pediram reforços policiais, mas antes do reforço chegar um dos bandidos se jogou em cima do guarda masculino.

Uma guarda feminina desesperada correu para ajudar o seu colega e jogou o homem detido no chão e tirou um cassetete para assustar os outros bandidos. 

Embora parecesse que a quadrilha violenta estava recuando, um homem vestido com jaqueta e calça preta mais uma vez confrontou o guarda de segurança masculino. 

Apesar de conseguir expulsar seu agressor, os dois oficiais foram logo dominados pelos três bandidos durante o confronto. 

Tendo conseguido derrubar o homem no chão, o grupo violento saiu correndo da plataforma depois e depois se dispersaram após a primeira briga. 

Quando a polícia chegou ao local, a funcionária descreveu o trio como sendo composto de homens negros, enquanto ela avisava aos oficiais que um dos bandidos roubara o seu cassetete. 

Desconhece-se a gravidade dos ferimentos do segurança, mas uma ambulância foi chamada para o local. 

De acordo com várias notícias online, os bandidos que atacaram a dupla [de oficiais] eram imigrantes, no entanto, isso ainda não foi confirmado. 

Mais de 50 áreas no país escandinavo estão atualmente listadas como “zonas proibidas” e, em média, três policiais estão entregando as suas demissões todos os dias. 

Se a tendência alarmante continuar, e os oficiais de polícia continuarem a se demitir, mais de 1.000 oficiais terão deixado o serviço até o ano que vem. 

Desde que a crise dos imigrantes começou no último verão, a Suécia foi atingida por uma série de crimes brutais e incidentes violentos, envolvendo imigrantes muçulmanos. [Ênfase minha]

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...