19 de dez de 2016

Daesh estará envolvido no ataque na Jordânia




Euronews, 19 de dezembro de 2016. 



Explosivos e munições foram apreendidos pelas autoridades na casa onde terá sido preparado o ataque não reivindicado de domingo na zona turística da cidade de Karak na Jordânia.

O governo não revelou quaisquer dados sobre a identidade dos quatro assaltantes que provocaram a morte a sete polícias, a dois civis jordanos e a uma turista canadiana.

No entanto, uma fonte dos serviços de segurança, citada pela Agência France-Press, revelou existirem fortes suspeitas de pertencerem ao Daesh.



As autoridades anunciaram ter apreendido uma grande quantidade de explosivos, cinturões de explosivos e armas automáticas.

O ataque que também originou 34 feridos aconteceu em Karak, um local turístico conhecido por ter um dos maiores castelos construídos pelos Cruzados.

A Jordânia é membro da coligação internacional que bombardeia o Daesh na Síria e no Iraque desde 2014.




Dez pessoas foram mortas e cerca de 30 ficaram feridas, no domingo, durante uma troca de tiros entre homens armados não identificados e forcas de segurança em Karak, na Jordânia.

Entre as vítimas mortais contam-se sete agentes da polícia, dois habitantes locais e uma turista canadiana.


O incidente ocorreu numa cidade a cerca de 120 quilómetros a sul de Amã, capital da Jordânia, muito procurada pelos turistas por ter um dos maiores castelos construídos pelos Templários, na Idade Média.

As autoridades suspeitam da ação de meia dúzia de homens, que atacaram uma esquadra junto ao castelo.

Chegaram a esse local de carro, que usaram para fugir dos arredores da cidade onde pouco antes se tinham envolvido em troca de tiros com agentes da segurança.

A identidade dos homens ainda não foi divulgada.

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...