24 de nov de 2016

França – terroristas planejavam atingir um parque temático francês

Um policial em Estrasburgo. 



The Local Fr, 23-24 de novembro de 2016. 



Um grupo de homens presos no fim de semana tinha planos para realizar uma série de ataques, incluindo em um parque temático, de acordo com relatórios. 

Sete homens foram presos em Estrasburgo, leste da França e sul da cidade de Marselha em grandes operações antiterroristas no final de semana. 

Enquanto dois dos homens foram libertados, outro já teria revelado detalhes dos planos de terror. 

Ele disse aos investigadores que os pretensos terroristas planejavam atacar a sede da polícia em Paris. 
BFMTV informou que a célula queria alvejar o principal quartel-general da polícia na Quai des Orfèvers 36 ou a sede dos serviços internos de inteligência DGSI em Levallois-Perret. 

Buscas no histórico de navegação de Internet no apartamento dos homens revelou planos para atacar um parque temático sem nome e um local de culto católico, uma fonte policial disse ao Canal ITele

O prefeito de Estrasburgo disse que o ministério do Interior indica que os alvos estavam na região de Paris e não na cidade, que abrirá um grande mercado de Natal nesta sexta-feira.

A polícia teria encontrado uma carta de submissão ao Estado Islâmico, na casa de um dos homens, enquanto o outro teria armazenado duas pistolas, uma automática, e outra que é marca registrada da propaganda jihadista. 

Um é compreendido como tendo sido assistente da escola de ensino em Estrasburgo, e acredita-se ter viajado para a Síria nas férias de verão de 2015 antes de retornar à Europa. Ele teria sido acompanhado por outros suspeitos. 

A França está sob um estado de emergência que dá  as forças de segurança poderes para montar vigilância e lançar operações de ataque, um ano após os ataques jihadistas do Estado Islâmico em Paris, nos quais 130 pessoas foram mortas.

A França sofreu três grandes ataques desde janeiro de 2015 quando homens armados tiveram como alvo a revista satírica Charlie Hebdo e um supermercado judaico, seguido também por atrocidades em novembro em Paris. 

Em julho, um extremista “auto-radicalizado” dirigiu um caminhão e passou por cima de multidões que estavam assistindo os fogos de artifício no sul da cidade de Nice, matando 86.  

Artigos recomendados: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...