17 de abr de 2019

Reino Unido: País de Gales – Uma funcionária cristã foi demitida depois de compartilhar posts contra a educação pró-LGBT

Kristie Higgs




Instituto Cristão, 17 de abril de 2019 





Uma assistente escolar cristã foi demitida depois que ela compartilhou dois posts no Facebook desafiando a educação pró-LGBT. 

Kristie Higgs diz que vai contestar a decisão – com o apoio do Centro Legal Cristão – e “defender os cristãos e todos os pais em todo o país” que têm opiniões semelhantes. 

A Farmor's School, em Fairford, Gloucestershire, disse que os comentários de Higgs nas mídias sociais podem prejudicar sua reputação e então a demitiram por má conduta. 


Painel disciplinar. 

Em outubro de 2018, Higgs compartilhou dois posts com seus amigos no Facebook depois de ouvir que o programa “Não Estranho” promovendo a agenda LGBT deveria ser ensinada na escola primária de seu filho. 

Uma das postagens enfocou uma petição sobre Relacionamentos e Educação Sexual, enquanto a segunda relacionou-se a um artigo sobre livros infantis pró-LGBT. 

De acordo com o Daily Mail, uma pessoa reclamou com seu empregador do ensino médio, o que levou um painel disciplinar a considerar o caso. 

“Nenhuma evidência direta”. 

Farmour's decidiu que ela deveria ser demitida – apesar de ter um registro exemplar – por motivos que incluem “discriminação”.

Também alegadamente acusou-a de “uso inadequado das mídias sociais”, e “comentários que poderiam trazer descrédito à escola e prejudicar a sua reputação”.

No entanto, a escola reconheceu que “não havia evidência direta” que sua reputação havia sido prejudicada, mas que as palavras “poderiam ser percebidas como discriminação”. 

Crenças cristãs. 

Kristie Higgs, que trabalhava como assistente pastoral, disse: “Fui punida por compartilhar preocupações sobre Relacionamentos e Educação Sexual. Eu tenho essas opiniões por causa das minhas crenças e visões cristãs que são compartilhadas por centenas de milhares de pais em todo o Reino Unido”. 

Eu estou determinada a lutar contra esse caso e a defender os cristãos e todos os pais em todo o país que estão sendo silenciados por compartilhar e manter essas opiniões”, acrescentou. 

Corajosa. 

O Centro Legal Cristão, uma organização irmã do Christian Concern, está apoiando Kristie Higgs. 

Sua chefe executiva, Andrea Williams, disse: “Kristie é uma mulher gentil, amorosa e corajosa, e vamos ficar lado a lado com ela enquanto luta pela justiça”. 

Houve uma posição generalizada à promoção de questões LGBT nas escolas. Em Londres, uma escola atenuou seu evento pró-LGBT depois que pais expressaram preocupações. 

E os pais em Oxfordshire se uniram para desafiar um “Trans Toolkit[kit gay], que afirma que dizer que há apenas dois gêneros é “bullying transfóbico”. 

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...