15 de abr de 2019

Holanda – país vê aumento de crimes registrados pela primeira vez em 5 anos




Nltimes, 15 de abril de 2019 




Por Janene Pieters 




Após cinco anos consecutivos de queda consistente, o número de crimes registrados na Holanda aumentou no primeiro trimestre de 2019. Nos primeiros três meses deste ano, foram registrados 5% a mais de crimes do que no primeiro trimestre de 2018, segundo dados da polícia divulgado na segunda-feira. 

O número de casos relatados tais como, assassinato ou homicídio culposo, além de, suicídio assistido ilegal, aborto forçado e outros crimes contra a vida, diminuiu em toda a Holanda de 661 no primeiro trimestre de 2018 para 577 no primeiro trimestre deste ano. Em Amsterdã, o número desses relatórios caiu 9%, contribuindo para uma queda geral na Holanda do Nore. Zuid-Holland, por outro lado, viu um ligeiro aumento de 2%. 


A queda no número de assaltos continuou no primeiro trimestre – houve 16% menos assaltos registrados do que no mesmo período do ano passado. Houve uma redução de 12% nos crimes sexuais relatados em todo o país, incluindo uma diminuição muito ligeira nos casos de pornografia infantil. Os relatórios de crimes sexuais caíram 17% na Holanda do Sul e 12% em Noord-Brabant, mas a Holanda do Norte registrou um aumento de 11%. 

Mas outras formas de crimes aumentaram. O número de roubos reportados aumento 22%. As máquinas de vendas automáticas, em particular, mais frequentemente são vítimas de ladrões. Houve também mais roubos em residências, lojas e lanchonetes. Os relatos de discriminação também aumentaram, particularmente em Zuid-Holland, onde os relatórios subiram de 121 para 156. Roterdão viu um aumento nos relatórios de discriminação de 12 no primeiro trimestre de 2018 para 37 no primeiro trimestre de 2019. 

Relatórios de fraude visando cidadãos, empresas e instituições financeiras aumentaram em 27%. A fraude na Internet aumentou 38%, segundo a polícia. 

Em parte, a polícia atribuiu o aumento de crimes registrados a ajustes feitos em relatórios online e o governo introduziu um aplicativo DigiD. Isso facilitou a denúncia de crimes no site da polícia. A polícia tem ajustado o seu método de registrar crimes para também desempenhar esse papel. Vários crimes da mesma natureza agora recebem seu próprio registro. Por exemplo, em um assalto a mão armada, o roubo e posse ilegal de armas são registrados como crimes separados.

Nota: crimes de suicídio assistido e aborto são tidos como crimes somente no âmbito de fora do Estado, ou seja, sem respaldo legal. O Estado na Holanda pode decidir matar uma pessoa mesmo sem o seu consentimento, por exemplo, através da eutanásia, caso ache que seja necessário. Com o aborto, eu presumo que não seja exatamente o mesmo, embora não duvide. Porém, observem: sendo crime o que o Estado comete, quantos crimes foram cometidos somados aos cometidos fora do âmbito do Estado? Se somarmos todos os crimes, tanto daqueles à margem da lei, quanto os do Estado que supostamente é a lei, nós teremos um número de crimes realmente assustador. Mas o governo da Holanda não vai admitir isso, pois eles supostamente estão acima da lei. 

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...