16 de set de 2017

Finlândia – Creches finlandesas param de praticar orações e hinos cristãos para dar lugar a diversidade multicultural




YLE, 15 de setembro de 2017 



Novas diretrizes de educação infantil da Agência Nacional Finlandesa de Educação, que entraram em vigor em agosto, proibiram que os funcionários de creches façam orações cristãs antes das refeições. Em vez disso, as crianças são ensinadas sobre uma variedade de religiões e éticas. 

A educação infantil já é religiosamente não alinhada na Finlândia. 

Até agosto, muitas creches ainda incluíam um momento de oração ou ações de graça, falando em uníssono antes de uma refeição. Agora, as crianças pequenas não vão mais ouvir “Amem” como parte de sua educação infantil, de acordo com o novo currículo do Instituto Nacional Finlandês de Educação (NIE) que entrou em vigor em agosto. 


Foi dito que ações de graça é considerada uma prática religiosa pelo instituto, e por isso não tem mais lugar na educação da primeira infância (CEE).  

Este é o primeiro mandato nacional sobre educação infantil na Finlândia; antes da equipe de diretrizes obrigatórias as creches escolheriam por si mesmas se quereriam dar graças – e há registro de práticas que foram mantidas. 

Na creche de Veteli em Ostrobotnia, a os funcionários decidiram deixar a ação de dar graças imediatamente, optando por uma canção de ninar relacionada com alimentos que eles mesmos escreveram. 

O gerente da creche Auli Honkaniemi diz que as crianças aderiram rapidamente a mudança, enquanto alguns funcionários estavam menos entusiasmados. 

É uma grande mudança e um pouco triste também, mas é assim que fazemos as coisas agora”, diz Honkaniemi. 

Ética, e diferentes religiões a serem ensinadas em vez disso. 

Em vez do ensino religioso, a CEE na Finlândia oferece agora informações sobre ética e religiões globais, bem como agnosticismo e ateísmo

O objetivo é que cada criança receba apoio em seu crescimento pessoal e formação de identidade”, diz o especialista Kirsi Tarkka do NIE. “O ensino da ética também tem como objetivo ajudar as crianças a se identificarem com pessoas de diferentes culturas e origens religiosas. Diferentes crenças são discutidas”. 

O instituto não produziu literatura oficial sobre ética na educação infantil, mas anuncia que estará distribuindo orientações verbais ainda este ano. 

O guia será feito da forma mais clara e concreta possível, de modo que a visão permaneça a mesma em todo o setor”, diz Tarkka. 

Colaboração da igreja, hinos ainda são permitidos. 

Muitas creches na Finlândia têm uma longa tradição de trabalhar com as igrejas cristãs luteranas locais. Os membros do clero são conhecidos por realizar matins [orações] e outras cerimônias devocionais para crianças pequenas. 

O Instituto Nacional de Educação não planeja acabar com a cooperação com as igrejas apesar dos novos ventos soprando na educação infantil; as igrejas são de fato, nomeadas como colaboradoras oficiais. 

Precisamos começar a pensar nessa colaboração em uma nova roupagem, e as paróquias também precisam pensar sobre como trabalhar melhor juntas”, diz Tarkka. 

Muitas canções religiosas e hinos fazem parte de uma cultura e história finlandesa mais ampla, e cantá-las não é suficiente para fazer um evento ou situação de natureza religiosa. 

Cerca de 72% da população da Finlândia identifica-se como luterana, abaixo de quase 90% em 1990. 

Tarkka diz que o serviço de Natal da Igreja pode ser organizado para crianças na creche – mas os pais das crianças precisam dar sua permissão expressa para que os seus filhos participem, e outras alternativas precisam ser consideradas

A cerimônia de despedida da creche é muitas vezes organizada em uma igreja, onde as crianças são abençoadas antes de entrar na escola primária. Mas nem todas as crianças poderão participar, e pode ser triste que uma criança seja deixada de fora. Outras devem ser organizada para elas”. 

Honkaniemi em Veteli diz que sua creche faz exatamente isso, juntando festividades alternativas para os não-religiosos

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...