16 de dez de 2016

União Europeia prolonga sanções contra a Rússia, com Síria em pano de fundo




Euronews, 15 de dezembro de 2016. 



Por Isabel Marques da Silva



Os líderes da União Europeia decidiram prolongar, por seis meses, as sanções económicas contra a Rússia, por causa da anexação da Crimeia, em 2014, e pelo apoio que dá aos independentistas do leste da Ucrânia.

Na última cimeira do ano, esta quinta-feira, em Bruxelas, a criação de uma política de defesa comum e a situação na Síria também dominaram a agenda, tendo sido convidado para a reunião o secretário-geral da NATO.



Jeans Stoltenberg disse que “os aliados da NATO apoiam totalmente todos os esforços das Nações Unidas para que se concretize tanto o cessar-fogo, como a entrega de ajuda humanitária e a retirada dos civis. Este será o primeiro passo para obter uma solução política sustentável para o conflito na Síria”.

Para completar a ratificação do acordo de associação com a Ucrânia, os líderes também aceitaram o pedido da Holanda para garantir, por escrito, que tal não implica a futura adesão da Ucrânia à União Europeia.

Artigos recomendados: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...