30 de nov de 2016

A Rússia posiciona 55 mil soldados até a sua fronteira com a Ucrânia





DailyMail, 30 de novembro de 2016. 







Vladimir Putin enviou 55.000 tropas na fronteira com a Ucrânia na última amostra de força da Rússia, provocando temores de uma invasão. 

O súbito afluxo de pés no terreno acrescenta até 7.500 soldados russos já estacionados na Ucrânia. 

O vice-ministro da Defesa de Putin Ihor Dolhov fez o anúncio em Kiev, onde se diz que as autoridades estão convencidas de que a Rússia está tentando derrubar o governo. 


Dolhov disse à agência de notícias russa, Liga.net em uma conferência de imprensa: “Atualmente, a Rússia tem acumulado cerca de 55.000 militares perto da fronteira ucraniana”. 

A presença do exército regular da Rússia sobre o território da Ucrânia varia de 5.000 a 7.500 soldados. 

Na Crimeia, este número é de 23.000 soldados, dos quais 9.000 estão na fronteira administrativa. 

Há também relatos de outro acúmulo de soldados na Bielorrúsia, perto da fronteira com a Ucrânia, de acordo com a Unian

O Ministério da Defesa russa anunciou anteriormente planos para enviar 80 vezes mais soldados e equipamento militar para a Bielorrúsia em 2017 do que em 2016. 

A Rússia ocupou a República autônoma da Crimeia em 2014, e no mesmo ano lançou uma série de ataques à Ucrânia. 

Há combatentes em curso na região de Donbass como os separatistas russos apoiados pelo Kremlin que permanecem em conflitos com o exército ucraniano na chamada República Popular de Donetsk. 

O temor é de que a Rússia invada para que possa tomar o poder da terra que liga o continente com a Crimeia, onde a Ucrânia acredita que Putin criaria uma administração para ajudar Moscou a evitar o Ocidente. 

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...