2 de jul de 2016

Presidente checo quer referendo à permanência na UE e na OTAN - a mão oculta do Kremlin




DN, 01 de julho de 2016. 


A favor da permanência, Milos Zeman diz que população tem direito a dar a sua opinião

O presidente checo quer a realização de um referendo à permanência da República checa na União Europeia e na NATO. Milos Zeman não tem poderes para convocar um referendo, mas considera que a população checa deve dar a sua opinião sobre o assunto, como fizeram os britânicos.

"Não concordo com aqueles que estão pela saída da União Europeia. Mas farei tudo para que tenham um referendo e possam expressar-se. E o mesmo se aplica para a Nato", disse o presidente num encontro com cidadãos realizado na quinta-feira à tarde, avança a Reuters.


O primeiro-ministro Bohuslav Sobotka já reagiu e em comunicado diz não ter intenções de convocar qualquer referendo.

Na República Checa, segundo uma sondagem de abril, a satisfação com a adesão à União Europeia, que aconteceu em 2004, diminuiu para 25%, abaixo dos 32% registados no ano passado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...