11 de jul de 2016

Cameron demite-se quarta-feira e Theresa May será primeira-ministra

Prólogo

Theresa May agora torna-se primeira-ministra, e pelo meu acompanhamento, diria que não está apta ao cargo, e nem é o que querem os britânicos. May fez campanha para que o país ficasse, e além disso, é conhecida como sendo promotora do Multiculturalismo e apaziguadora do Islã. May certa feita, teve a audácia de declarar que a Xaria, beneficia e muito os britânicos. Infelizmente, já existem idiotas na nossa direita tupiniquim declarando May uma segunda Margaret Thatcher, sem fazer ideia do que ela defende. Assim como estavam endossando e promovendo o esquerdista e gayzista Boris Johnson, e no passado, também o fizeram com o esquerdista e gayzista David Cameron, alguns acéfalos da nossa "direita" passam a endossar May falando de sua sucessão a Cameron como sendo a sucessão duma conservadora por um conservador. Realmente patética nossa direita. O fato de May ser a segunda mulher após Margaret Thatcher no papel de primeira-ministra, não significa que May seja a melhor opção, e muto menos que o rótulo do seu partido de esquerda, o Partido "Conservador" Britânico, a torne uma conservadora de fato. Infelizmente, alguns idiotas não percebem isso; ou simplesmente ignoram. 

David Cameron


DN, 11 de julho de 2016.


Por Susana Salvador

Primeiro-ministro David Cameron anunciou que irá entregar a demissão à rainha depois de uma última sessão de perguntas no Parlamento.
Cameron disse estar "encantado" por Theresa May, a sua ministra do Interior, ser a sua sucessora. Saída do primeiro-ministro foi antecipada depois de adversária de May na corrida à liderança dos Tories, Andrea Leadsom, ter desistido.

O primeiro-ministro indicou que vai presidir ao seu último conselho de ministros amanhã. Na quarta-feira participa numa última sessão de perguntas no Parlamento antes de ir até ao Palácio de Buckingham entregar a demissão à rainha Isabel II.
Em relação a May, Cameron disse: "Ela é forte, é competente, é mais do que capaz de garantir a liderança que o país vai precisar nos próximos anos." Numa declaração frente ao número 10 de Downing Street, Cameron concluiu: "Vamos ter uma nova primeira-ministra naquele edifício atrás de mim à quarta-feira à tarde"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...