7 de jul de 2016

A Rússia critica o que chama de “propaganda” militar sueca

´Parada militar russa no início deste ano. 



The Local Suécia, 07 de julho de 2016. 




A Rússia acusou a Suécia de espalhar propaganda depois que altos funcionários da defesa expressaram preocupações sobre as atividades militares do país.

“Parem de usar os meios de comunicação suecos para criar tensão e assustar as pessoas com conversas sobre 'uma ameaça russa”, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo Maria Zacharova foi citada como dizendo, a Rádio Sueca em uma entrevista coletiva na quinta-feira. 

“Infelizmente nós estamos vendo outra vez como a Suécia evita intencionalmente contatos com a Rússia e, em vez disso se engaja em propaganda”, acrescentou. 

Seus comentários foram feitos apenas alguns dias depois que vários altos oficiais militares suecos acusaram Moscou de tentar colocar uma cunha entre os países, em um esforço para dividir e enfraquecer a frágil União Europeia. 

Como o The Local noticiou no início desta semana, o ministro da Defesa Peter Hultqvist disse depois de um seminário de defesa durante a Semana de Almedalen da Suécia, que Moscou ainda está usando “vários métodos para tentar enfraquecer a Europa”. 

O chefe do serviço de inteligência e de segurança militar da Suécia, Major General Gunnar Karlsson, por sua vez, disse que a Rússia iria “se beneficiar e gostaria de ver a divisão dentro da União Europeia, e também da OTAN”. 

O comandante Supremo das Forças Armadas da Suécia, Micael Bydén, também falou sobre o relacionamento do seu país como a Rússia esta semana, expressando preocupações com uma série de quase-incidentes nos últimos anos entre jatos militares russos e suecos. 

“Pode ser que sejam erros ou acidentes que podem ter sido causados por motivos errados. Ou talvez eu estou sentado aqui com informações que poderiam resolver o problema, mas não chegamos até isso e, em seguida, estamos assumindo que poderiam ser outras coisas”, disse ele, acrescentando que ele gostaria de ver “uma linha telefônica”, criada entre os funcionários de ambos os países. 

Zacharova respondeu em termos fortes na quinta-feira, dizendo que Bydén deveria ter trazido suas preocupações diretamente para a Rússia, em vez de falar sobre elas a imprensa sueca. 

“Por que ele simplesmente não pega o telefone e liga para os seus colegas na Rússia para fazer perguntas”, disse ela. 

A Suécia tem estado desconfortável sobre o comportamento mais assertivo da Rússia na região do Báltico, nos últimos anos, incluindo por aviões russos violarem o espaço aéreo internacional dos países vizinhos. No início deste ano o serviço de segurança sueco, SAPO descreveu a Rússia como a maior ameaça à segurança da Suécia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...