27 de mai. de 2016

Soldado francês está lutando pela vida após ser ‘apunhalado por dois homens por causa dos ataques aéreos na Síria’







ExpressUK, 27 de maio de 2016. 












Um soldado francês está lutando pela vida num hospital depois que supostamente foi esfaqueado por dois homens que gritavam reivindicando que o ataque era motivado por vingança pela campanha de bombardeio contra o Estado Islâmico (ISIS), na Síria. 

O soldado, do 8º regimento de paraquedistas marinhos, é tido como estando “gravemente ferido” no hospital depois de ser atacado, enquanto se movimentava sozinho perto de sua base militar. 

O suposto ataque ocorreu por volta das 20:40 de ontem à noite, na cidade do Sul de Saint Julien du Puy, que fica a cerca de 70 milhas a leste de Toulouse. 

Relatos na imprensa francesa afirmam que o sargento de 30 anos de idade disse que levou um soco e vários cortes com faca, e que sofreu ferimentos graves na coxa. 

O soldado disse à polícia que os homens gritaram para ele que o ataque foi uma vingança por causa dos ataques aéreos da França contra o Estado Islâmico, na Síria. 

Civis descobriram o sargento ferido, e em seguida, chamaram os serviços de emergência, que o levou para o hospital em “graves condições”. 




Acredita-se que ele não estava em serviço no momento, mas ainda estava usando um pouco do seu uniforme militar. 

A polícia está hoje caçando os dois supostos esfaqueadores, que ainda estão foragidos. 

A França é parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos, incluindo a Grã-Bretanha, que está realizando ataques aéreos contra o grupo terrorista Estado Islâmico – também conhecido como Deash – na Síria e no Iraque. 

O país está em estado de alerta desde que os maníacos jihadistas abateram 130 pessoas inocentes nas ruas de Paris em novembro passado em uma série de ataques armados e a bomba. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...