11 de mar. de 2016

Rússia enviará o primeiro sistema de mísseis S-300 ao Irã, em Agosto-Setembro: cita o site oficial de notícias RIA.

Prólogo.

O Irã, muito antes de iniciar as negociações com o Ocidente, a respeito de seu programa nuclear já tinha adquirido os meios para tal. A Rússia tem uma espécie de mercado cativo no Oriente Médio, e é lá que o país tem feito algum dinheiro. Não é à toa que a arma favorita dos traficantes africanos, e dos terroristas islâmicos seja a AK-47.


O que claro, não seria diferente com armas nucleares, que assim como armas convencionais – pistolas, metralhadoras e granadas – também viriam no pacote. A Rússia é sem sombra de duvida o mercado cativo das ditaduras islâmicas naquele continente, e pode-se dizer sem nenhuma cerimônia, que boa parte do que os terroristas são hoje é graças ao regime de Moscou. 

As negociações do Irã com os Estados Unidos não passaram de teatro no final, pois o Irã já possuía os meios bem antes dessas negociações. Putin atualmente está sendo pintado por algumas personalidades políticas ocidentais, e grupos conservadores como uma espécie de salvador, ou de injustiçado, ao mesmo tempo em que o Kremlin arma até os dentes o Hezbollah do Líbano, o Irã e o Paquistão. Eu acredito que o intento da Rússia é ocupar os territórios que outrora estavam sob o domínio ocidental, e assim, ou manobram a crise, ou a tornam fonte de lucro de alguma forma. 

Isso deveria ser de grande preocupação para os países europeus, pois como se sabe, há poucos dias o Irã testou seus mísseis. Apesar de não ser um teste nuclear, levantou sérias preocupações dos países vizinhos, por alegações que a IRGC acrescentou alguns escritos em um de seus mísseis, com os dizeres do tipo “morte a Israel”. 




Foguetes antimísseis russos S-300 carregados em uma rua do centro durante um ensaio para um desfile militar de Moscou em 4 de maio de 2009



Reuters,01 de março de 2016.
(Reportagem Alexander Winning; escrito por Dmitry Solovyov)
A primeira entrega do sistema de defesa de mísseis da Rússia S-300 ao Irã será feita em Agosto ou Setembro deste ano, disse a agência de notícias RIA citando nessa sexta-feira Sergei Chemezov, o chefe do conglomerado industrial da Rússia Rostec.
RIA citou anteriormente uma fonte não identificada como dizendo que os primeiros mísseis S-300 teriam sido enviados ao Irã já em Fevereiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...