3 de jun de 2017

Reino Unido – um pai diz: “A maconha fez o meu filho se mutilar”




The Christian Institute, 03 de junho de 2017. 



Um pai falou sobre os perigos da Jaritataca – um potente tipo de maconha – depois que o seu filho foi hospitalizado após um incidente psicótico. 

Em uma entrevista para a Rádio BBC 5, o pai não identificado descreveu como o seu filho se tornou “completamente viciado” na droga ilegal e como a sua vida rapidamente ficou fora de controle. 

Ele descreveu o seu filho como um “rapaz muito brilhante e vibrante”, e disse que a transformação de seu filho induzida por drogas “foi uma viagem trágica para baixo do precipício”. 


Psicótico 

O jovem primeiro tentou experimentar a Jaritataca para “se livrar do tédio” com apenas 16 anos. Ele e os seus amigos tentaram e logo se deram conta de que estavam viciados e experimentando uma poderosa psicose. 

Ele se tornou delirante. Ele costumava dormir com uma raquete de tênis em sua cama porque achava que as pessoas estavam morando dentro das paredes”, disse seu pai. 

Explicando um dos piores momentos, o pai disse: “Ele basicamente teve um momento psicótico em que casou grandes danos a si mesmo e a sua mãe. E, como resultado, foi colocado no instituto mental para avaliação, por cinco ou seis meses.”. 

Automutilação 

O filho do homem, em seu estado psicótico induzido por drogas, esfaqueou sua mãe várias vezes e mutilou seriamente o seu próprio corpo. 

A entrevistadora Emma Barnett disse depois de ouvir os detalhes, “você pode imaginar o estado  de espírito em que alguém precisa estar para fazer algo como isso”. 

Após parar de usar drogas o seu filho entrou no caminho certo para a recuperação.  Ele ainda tem um duro trabalho pela frente, para reparar o dano físico que fez em si mesmo, mas seu estado mental está muito melhor agora. 

Contribuição para a Sociedade

Ele obteve sua sanidade de volta. Ele sempre foi muito rápido para me enrolar, e ele certamente conseguiu isso de novo. Eu sinto que consegui meu filho de volta”, acrescentou o pai. 

Eu acho que, se continuar seguindo em frente, ele vai dar uma contribuição decente para a sociedade e a família”. 

Horrores 

Na semana passada, o psiquiatra do NHS e colunista doutor Max Pemberton fez sérias advertências contra a legalização da maconha. 

Ele disse que “destruirá vidas” e que ele estava observando um número crescente de pessoas se tornando psicóticas como resultado do uso da droga. 

Ele acrescentou: “As pessoas não estão tomando decisões informadas sobre os riscos, porque poucos jamais testemunharam os verdadeiros horrores”. 

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário