3 de jan de 2017

Marine Le Pen diz que a “reunificação” [anexação] da Criméia com a Rússia era legítima

Le Pen e o patrãozinho!


Inserbia, 03 de janeiro de 2017. 



Belgrado – A anexação da Criméia pela Rússia foi legitima, afirmou a líder do partido Frente Nacional da França, Marine Le Pen. 

Eu não acho que a reunificação (da Criméia) seja ilegítima”, disse ela à rede de televisão BFM nessa terça-feira. “Um referendo foi organizado, e os residentes da Criméia votaram para se juntar a Rússia. Não vejo motivos para questionar este referendo”. 

A República da Criméia e Sevastopol, uma cidade com um estatuto especial na Península da Criméia, onde a maioria dos residentes são russos étnicos, recusou-se a reconhecer a legitimidade das autoridades levadas ao poder em meio aos tumultos durante a queda do presidente corrupto Yanukóvyrch na Ucrânia em fevereiro de 2014. 


A Crimeia e Sevastopol adotaram declarações de independência em 11 de março de 2014. Eles realizaram referendos sem a supervisão internacional e sua aprovação, em 16 de março de 2014, no qual 96,77% dos crimeanos e 95,6% dos eleitores de Sevastopol escolheram se separar da Ucrânia e se juntar à Federação Russa. O presidente russo, Vladimir Putin, assinou os acordos de reunificação em 18 de março de 2014. 

A Ucrânia, os Estados Unidos e a União Europeia recusaram-se a reconhecer a independência da Criméia e a sua incorporação na Rússia. 

Notas finais do autor do blog: O The Moscow Times [e não eu] afirmou que Marine Le Pen fez tal afirmação, enquanto ao mesmo tempo procurava por empréstimos de um banco russo para a sua campanha à presidência da república. Essa não é a primeira vez que ela é exposta, como tendo falado favoravelmente a federação, em troca de favores monetários. Que isso fique na memória daqueles que imbecilmente pretendem apoiar sua eleição, principalmente aqui no Brasil, onde as pessoas se deixam levar pela emoção, e não pela razão e a ética, o que muito nos faz falta. 

Artigos recomendados: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário