8 de ago de 2016

Polônia reforça a recusa em participar nas quotas da União Europeia - pedido de suicídio negado





Euronews, 08 de agosto de 2016. 




A Polónia recusa aceitar as quotas obrigatórias para acolher migrantes estabelecidas pela Europa. 

Este domingo, o ministro da Justiça polaco, Zbigniew Ziobro, culpou o governo anterior e afirmou que se o resultado das eleições na Polónia tivesse sido diferente tinham-se criado alguns bairros islâmicos no país. 




Ziobro acrescentou ainda que o partido liberal do anterior Executivo, Plataforma Cívica, envergonha-se, hoje em dia, de ter colaborado com os líderes europeus no sistema de quotas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário