17 de mar de 2017

Muçulmano “corta as gargantas de seu pai e de seu irmão na rua de Paris enquanto gritava Alá Akbar”




Daily Mail, 17 de março de 2017. 






Um homem vestindo uma túnica [um muçulmano] foi preso sob suspeita de cortar as gargantas de seu pai e irmão em uma rua de Paris esta manhã. 

O suposto atacante gritou Alá Akbar enquanto esfaqueava os dois homens na rua de Montreuil, no leste da capital francesa, de manhã, de acordo com uma fonte policial. 

Testemunhas horrorizadas viram uma vítima deitada em uma poça de sangue do lado de fora de um edifício. 


As circunstâncias do ataque não foram claras, mas algumas testemunhas disseram que o suspeito fez observações “ligadas ao Islã radical”. 

A polícia pediu cautela, dizendo que os motivos do assassino eram desconhecidos. [Sei]. 


Um residente do prédio no 11º distrito da cidade disse que ouviu um homem “chorando por ajuda” por volta das 10 da manhã. 

Olhei pela janela e vi um homem deitado no chão. Havia muito sangue. Havia outro homem ao lado dele, vestido com uma djellaba branca (túnica usada por alguns muçulmanos). 

Ele caiu de joelhos e rezou até que a polícia veio para levá-lo embora”, disse Thomas, de 21 anos, à AFP. 




Outro residente, François Petitjean, de 64 anos, descreveu uma cena angustiante. 

Quando cheguei ao vestíbulo do prédio, vi um corpo deitado em uma poça de sangue, na frente das  caixas de correio. 

Foi uma carnificina. Eu sai e então vi outra pessoa coberta de sangue”, disse ele, expressando choque. 

A polícia fechou um trecho da rua ao redor do prédio. Nenhum outro detalhe sobre o suspeito ou as vítimas estava imediatamente disponível. 

A França continua em estado de alerta depois de uma onda de ataques terroristas islâmicos nos últimos dois anos. 

Em 2015, os fanáticos do Estado Islâmico causaram caos na capital francesa matando 130 em uma onda de metralhadoras e ataques suicidas. 

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário