7 de fev de 2017

Tropas da NATO estacionadas na Lituânia




Euronews, 07 de fevereiro de 2017. 



Por Nara Madeira



O primeiro de quatro novos batalhões, com a bandeira da NATO, que vão reforçar a defesa da fronteira da Europa de Leste com a Rússia já está na Lituânia. Parte tinha já chegado na semana passada. Este contingente, que incluí efetivos de outros países, será liderado pela Alemanha.

Para a presidente do país o batalhão está “no lugar certo e à hora certa”, mas enquanto força de manutenção da paz:

A Lituânia nunca recebeu uma força militar amiga íntegra e desta envergadura. Isso envia uma mensagem clara e importante a todos: de que a NATO continua forte e unida”, frisou Dalis Grybauskaite.



Opinião partilhada pela ministra da Defesa alemã:

Hoje estamos aqui, juntos, enquanto parceiros da NATO, para garantir o nosso compromisso para com o futuro da Lituânia. O país nunca mais estará sozinho”, afirmou Ursula von der Leyen.

Os outros três contingentes ficarão estacionados na Polónia, Estónia e Letónia, uma decisão tomada ainda durante a administração Obama e impulsionada pela anexação da Crimeia pela Rússia e pelo apoio, negado pelos russos, de Moscovo aos separatistas no leste Ucrânia.

Não há previsão para a partida dos batalhões das posições que vão ocupar no Leste da Europa. Sabe-se apenas que irão rodar, a cada seis meses, cumprindo a promessa feita pela NATO à Rússia, em 1997, de evitar o “estacionamento permanente de forças substanciais de combate” na Europa Central e de Leste.

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário