28 de out de 2016

Caça russo passou "perigosamente perto" de avião norte-americano





DN, 28 de outubro de 2016. 



Responsáveis russos explicaram aos norte-americanos que o piloto russo "não viu" o avião dos Estados Unidos

Um avião de combate russo passou "perigosamente perto" de um aparelho militar norte-americano nos céus do leste da Síria, disseram esta sexta-feira responsáveis da Defesa dos Estados Unidos.

O incidente ocorreu ao final do dia 17 de outubro, quando um avião russo que escoltava um avião de vigilância efetuou manobras perto de um aparelho norte-americano, relatou Jeff Harrigian, tenente-general da Força Aérea dos Estados Unidos.

O jato russo esteve a 800 metros do avião norte-americano, precisou.

Outro responsável norte-americano disse, pedindo anonimato, que o piloto do avião norte-americano sentiu a turbulência produzida pelo motor do jato russo.

A coligação internacional e a Rússia estabeleceram um canal de comunicação para coordenar a localização e trajeto dos respetivos aparelhos no espaço aéreo da Síria.

No incidente relatado, o piloto norte-americano tentou, sem êxito, contactar o avião russo através de uma frequência rádio de emergência, segundo o responsável norte-americano, mas no dia seguinte responsáveis russos explicaram aos norte-americanos que o piloto russo "não viu" o avião dos Estados Unidos.

Segundo Jeff Harrigian, os incidentes deste tipo aumentaram nas últimas semanas e ocorrem atualmente "quase uma vez a cada 10 dias".

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...