31 de mar de 2019

Colômbia – George Soros investindo pesado em censura na Colômbia




El Nodo, 31 de março de 2019




Quem controla George Soros, quem controla a imprensa através de seus satélites? Ou como a frase em latim diz: Quis Custodiet ipsos custodes? 

Por ocasião dos processos de influência da Open Society Foundation na América Latina, o país vive uma espiral do silêncio sistemático com a imprensa independente amordaçada, com restrição da capacidade de transmitir informações e pontos de vista sem medo de censura por parte de outros atores, nacionais ou internacionais. 

Especificamente, nos últimos meses, em um silêncio incomum alastrado pelo resto dos meios de comunicação, ao menos 3 satélites da Open Society, financiados direta ou indiretamente desde o estrangeiro por George Soros, realizaram esforços para amordaçar as publicações do El Nodo Colômbia, usando sua capacidade financeira (em grande parte da Open Society) e suas associações como o Facebook, outro ator duramente criticado no Congresso dos Estados Unidos

30 de mar de 2019

Governo português avalia regresso de mulheres e filhos de ex-combatentes do Daesh na Síria





Observador, 30 de março de 2019 








Serão três mulheres portuguesas e 20 filhos de ex-combatentes do Daesh, que foram mortos ou estão presos. Foram localizados em três campos de detenção e poderão ser repatriados para Portugal.

O Governo português está a avaliar a retirada da Síria de três mulheres portuguesas e 20 crianças nacionais ou lusodescentes, detidas em três campos de detenção naquele país, criados para as famílias de jihadistas. São familiares de ex-combatentes do Daesh, que foram presos ou morreram em combate.

Colômbia – Trump acredita que a Colômbia “não tem feito nada” para reduzir o fluxo de drogas





NTN24, 29 de março de 2019 




Segundo Trump, “há mais drogas saindo da Colômbia agora do que antes de ele ser presidente”. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira a seu colega colombiano, Iván Duque, que “ele não fez nada” para reduzir a quantidade de drogas que saem do país. 

Deixe-me dizer-lhe algo, a Colômbia tem um novo presidente, é realmente um bom rapaz. Eu o conheci, ele veio à Casa Branca. Ele disse que acabaria com as drogas”, disse Trump a repórteres durante uma visita à obra em uma represa no Lago Okeechobee, na Flórida, no sul do país. 

28 de mar de 2019

Eurodeputados esquerdistas não apoiam moção sobre Venezuela





Euronews, 28 de março de 2019 








A esquerda radical e a esquerda moderada distanciaram-se de uma resolução sobre a crise política na Venezuela, aprovada apenas com 310 votos das alas conservadora e liberal, quinta-feira, no Parlamento Europeu, reunido em plenário, em Estrasburgo.

Em causa esteve a não inclusão no texto da afirmação clara de que a Europa repudia qualquer intervenção militar, como admite fazer o presidente dos EUA, explicou um membro do grupo da Esquerda Unitária Europeia.

Brunei vai instaurar a lei Sharia e punir sexo gay com apedrejamento





ECM, 28 de março de 2019




Ativistas estão divulgando os planos de Brunei para implementar a lei da Sharia, que puniria o sexo gay por lapidação.

A pequena nação asiática tornou-se a primeira na região a pôr em prática a lei religiosa muçulmana, em 2014. O sexo gay já é punido com até dez anos de prisão, mas as novas leis acrescentariam chicotadas e apedrejamentos às punições para aqueles considerados culpados.

Embora a intenção original fosse introduzir a lei da Sharia em três fases, ela nunca passou da primeira fase, devido aos apelos internacionais.

Bolívia – o “Talibã cubano” treina militares bolivianos

O "Taleban cubano", do consentimento de Fidel para o estrategista militar na Bolívia.



Panampost, 28 de março de 2019








Agora Evo Morales pretende inculcar nacionalismo através da interferência estrangeira de Cuba e “relutantemente” o exército boliviano começou a gritar “Pátria ou morte”. 

A Unidade de Segurança Presidencial, um grupo de elite de militares bolivianos, está sendo instruída por Hassan Pérez, conhecido como o “Talibã cubano”. Evo Morales procura gerar um novo sentido de “nacionalismo” orientado para a “Grande Pátria”. 

Para isso, importava que ele tenha sido vice-presidente estudantil, escritor, historiador e agora estrategista militar. De modo que, além da presença militar cubana na Venezuela, Havana agora estende seus tentáculos para a Bolívia. 

26 de mar de 2019

Pentágono disponibiliza verba para a construção do muro: o muro das lamentações dos democratas





Euronews, 26 de março de 2019 




O Pentágono autorizou a transferência de mil milhões de dólares para a construção da primeira parte do muro na fronteira com o México.

Esta é a primeira parcela do financiamento obtido pela Administração Trump, ao abrigo da emergência nacional que o presidente declarou no mês passado, de forma a ultrapassar as objeções do Congresso.


Europeus pedem mais "reciprocidade" à China: Colonização branda





Euronews, 26 de março de 2019 




A França, a Alemanha e a Comissão Europeia pediram à China uma parceria mais equilibrada, com base na "confiança" e uma maior "reciprocidade" nas relações comerciais.

O presidente francês recebeu no Palácio do Eliseu o homólogo chinês, Xi Jinping, numa minicimeira inédita ao lado da chanceler alemã, Angela Merkel e do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Emmanuel Macron afirmou que existem "divergências" e que "o exercício do poder na história da humanidade não acontece sem rivalidades. Ninguém é ingénuo, mas há um respeito pela China e um compromisso com o diálogo e cooperação e [...] os parceiros também respeitam a unidade da União Europeia e os seus valores".

Presidente comunista mexicano quer que rei de Espanha peça desculpa pela 'invasão' há 500 anos

O chefe cara de comuna



DN, 26 de março de 2019 




O presidente mexicano, López Obrador enviou uma carta ao rei de Espanha e ao Papa Francisco no passado dia 1º. Ao perceber que nenhuma das partes respondeu, decidiu tornar o conteúdo público através da sua conta de Twitter.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador enviou uma carta ao rei de Espanha, Felipe VI e ao Papa Francisco, no passado dia 1, a afirmar a necessidade de Espanha "reconhecer e pedir perdão" pelos abusos cometidos durante a conquista do México há quinhentos anos.

Apesar do governo espanhol e o Papa não terem tornado a situação pública, o presidente mexicano utilizou a sua conta de Twitter para falar sobre o conteúdo da carta enviada, numa altura em que se preparavam várias iniciativas para assinalar os 500 anos da chegada da expedição de Hernán Cortés a terras mexicanas. López Obrador partilhou um vídeo, na segunda-feira, onde fala sobre a importância do perdão eaborda os atos cometidos no passado pelos espanhóis, como as "violações das coisas, que hoje em dia são conhecidas como direitos humanos".

Parlamento Europeu aprova o controverso e totalitário artigo. 13: A quase unanimidade no Politburo europeu




Euronews, 26 de março de 2019








O Parlamento Europeu aprovou por uma margem de 74 votos a adaptação à era digital do regulamento dos direitos de autor na União Europeia.

Dos 658 eurodeputados presentes em Estrasburgo, 348 votaram pelo reforço do poder dos criadores para negociar acordos de concessão de licenças com os gigantes da internet.

Do texto aprovado, fazem parte os controversos artigos 17 e 15.

25 de mar de 2019

Nova Zelândia – lançada comissão com poderes alargados: o Politburo de Jacinda Ardern contra-ataca

Camarada Jacinda Ardern




Euronews, 25 de março de 2019




Ao ataque que paralisou a Nova Zelândia, seguiu-se a incredulidade em forma de pergunta: como foi possível isto acontecer em Christchurch, num país usualmente considerado como um dos mais pacatos do mundo?

A questão levou a primeira-ministra neozelandesa a estabelecer uma comissão de inquérito que vai também incidir sobre o trabalho de prevenção feito pelos serviços de segurança.

"É importante não deixar nenhuma pista por explorar para perceber como é que foi possível acontecer este ato de terrorismo e se havia alguma hipótese de impedir que isto sucedesse. Como já referi várias vezes, quero propostas para tentar travar este tipo de ataques no futuro. Este tipo de comissões destina-se normalmente aos assuntos da maior importância pública e esse é claramente o caso", declarou Jacinda Ardern.

Itália assina "nova rota da seda": a submissão da esquerda italiana




Euronews, 23 de março de 2019




É a chamada "nova rota da seda" e não reúne consensos na União Europeia mas este sábado a Itália foi o primeiro Estado Membro e país do G7 a assinar o memorando de entendimento com a China.

A cerimônia contou com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, e o presidente chinês, Xi Jinping, e membros dos governos dos dois países. O projeto prevê a aproximação do oriente com o ocidente através de um avultado investimento em comunicações e infraestruturas terrestres e marítimas em diversos países.

Os representantes das duas nações assinaram, ao todo, 29 acordos, sendo 19 deles ministeriais. De fora ficou o controverso sistema de comunicações G5.

Venezuela – Navio venezuelano com gasolina navegou até o México violando as sanções impostas pelos Estados Unidos




NTN24, 25 de março de 2019 




Um petroleiro carregado de gasolina, vindo da Venezuela, teria zarpado em 06 de março de Veracruz, no México. Segundo o jornal Excelsior, o navio Sandino está ancorado no terminal marítimo de Petróleos Mexicanos com 72.700 toneladas de combustível. 

A chegada de Sandino ao México, vem dois meses depois das sanções impostas pelos Estados Unidos ao regime de Nicolás Maduro, que proíbe qualquer transação com o petróleo venezuelano e outros derivados. 

Erdogan quer renomear antiga basílica como "mesquita de Santa Sofia"




MM, 24 de março de 2019 




O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, equacionou hoje a possibilidade de mudar o nome da antiga basílica de Santa Sofia, em Istambul, atualmente um museu, para "mesquita de Santa Sofia" após as eleições locais de 31 de março.

Inquirido, numa entrevista televisiva, a propósito da possível gratuitidade do museu de Santa Sofia, o chefe de Estado turco respondeu: "Não é impossível, mas não o faremos sob o nome de 'museu' e sim como 'mesquita de Santa Sofia'".

O seu comentário provocou um "oh" de surpresa da jornalista que lhe fez a pergunta, na estação de televisão TGRT Haber.

Turquia: Dezenas de Milhares de Pessoas Processadas por "Insultarem" Erdoğan

Gatestone, 24 de março de 2019




Por Uzay Bulut 





  • Desde a vitória de Recep Tayyip Erdoğan nas eleições presidenciais de 2014, a Turquia registrou 66.691 casos de "investigações por insultos", resultando até o momento em 12.305 processos e os "recordes não param de ser batidos." — Yaman Akdeniz, professor de Direito da Istanbul Bilgi University.
  • Ahmet Sever, porta-voz do ex-presidente da Turquia, Abdullah Gül, autor de um livro no qual escreve: "estamos diante de um governo ou, melhor dizendo, de um homem que considera livros mais perigosos que bombas."
  • Enquanto isso Erdoğan faz jogo duplo com o Ocidente, como parte de sua campanha de décadas de se tornar membro da União Europeia. O plano pode muito bem ser a razão do ministro da justiça ter anunciado em dezembro que revelará uma nova estratégia para a reforma judicial. A UE não deveria cair no conto do vigário dessa estratégia que salta aos olhos. Deveria sim ser exigido que o governo turco cesse a prática de processar pessoas inocentes, incluindo aqueles cujo único "crime" é criticar Erdoğan.



A criminalização na Turquia por "insultar o presidente" atingiu novos recordes no início de março em Ancara quando pai e filha acusaram um ao outro de praticar um crime passível de punição, o que na realidade nada mais era do que uma briga em família.

22 de mar de 2019

Ditaduras islâmicas pedem "medidas concretas" contra a "islamofobia"




SIC, 22 de março de 2019 




Organização da Cooperação Islâmica pede "medidas concretas, abrangentes e sistemáticas para remediar para este flagelo".

Os países muçulmanos pediram hoje à comunidade internacional que tome "medidas concretas" contra a islamofobia, após o massacre em duas mesquitas na Nova Zelândia, num comunicado divulgado após uma reunião em Istambul.

A Organização da Cooperação Islâmica (OCI) refere que o massacre em Christchurch foi uma das consequências "brutais, desumanas e horríveis" da islamofobia.

Dinamarca em Colapso Abafado pela Mídia

Gatestone, 21 de março de 2019









  • A definição oficial de estatística sobre "descendentes" compreende apenas a primeira geração subsequente do primeiro imigrante. De modo que os dados oficiais não revelam a realidade de fato.
  • Se as estatísticas populacionais continuarem seguindo esse paradigma, os dinamarqueses autóctones, cuja taxa de natalidade é muito menor do que a dos imigrantes não ocidentais, se tornarão minoria por volta do ano 2.065. Segundo um levantamento realizado em 2017 pela Statistics Denmark, somente cerca da metade dos imigrantes não ocidentais entre 16 e 64 anos de idade estavam empregados (53% dos homens e 45% das mulheres).
  • Em 2017 um terço de todos os beneficiários que dependiam do sistema básico de bem estar social da Dinamarca eram imigrantes, configurando um salto de 82% em meros sete anos. Os dados mostram que as despesas públicas ligadas à imigração acabarão, no longo prazo, esfarelando o estado de bem estar social.

21 de mar de 2019

May pede adiamento da saída do Reino Unido da UE




Euronews, 20 de março de 2019 








A primeira-ministra britânica enviou um pedido formal à União Europeia com vista à extensão do Artigo 50. A ser aceite, o Brexit será adiado até uma data ainda por determinar.

O anúncio despertou um debate intenso na Câmara dos Comuns.

"O governo pretende adiantar propostas com vista a um terceiro voto. Se o voto for aprovado, a extensão dará ao parlamento tempo para considerar o acordo de saída, se não, o Parlamento terá que decidir como proceder. Mas enquanto primeira-ministra não estou preparada para atrasar o Brexit para uma data posterior a 30 de junho", disse a primeira-ministra Theresa May aos parlamentares.

Nova Zelândia – Solidariedade politicamente correta: chamada de oração islâmica e desarmamento

Jacinda Ardern é uma comunista ateísta, mas que usa o Islã muito bem contra os incautos


Nova Zelândia vai divulgar um chamado de oração para os muçulmanos na sexta-feira




TP, 20 de março de 2019. 




A primeira-ministra esquerdista Jacinda Ardern anunciou que a Nova Zelândia vai transmitir o chamado de oração islâmica em todo o país na TV e no rádio sexta-feira. 

E ao mesmo tempo, as mulheres da Nova Zelândia estão sendo encorajadas a usar o véu islâmico na sexta-feira, em solidariedade aos muçulmanos após o ataque terrorista em massa perpetrado pelo ecologista Brenton Tarrant, em duas mesquitas de Christchurch na última sexta-feira, que matou 50 pessoas e feriu outras dezenas. 

Colômbia – estado em alerta pela espionagem cubana de Maduro

Nicolás Maduro e Dias Canel [Cuba]



Panampost, 20 de março de 2019. 








Em menos de uma semana, dois venezuelanos e um cubano foram capturados por espionar bases militares estratégicas. 

A força pública na Colômbia está em alerta, pois em menos de uma semana dois venezuelanos e um cubano foram capturados por realizarem atos de espionagem em bases militares estratégicas localizadas na região de Caldas, Cundinamarca e Vichada. 

A captura mais recente foi a do capitão da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) que conseguiu entrar no país pela fronteira fluvial que circula pelo departamento de Vichada. Dos 100.242 quilômetros quadrados de extensão do rio, 534 quilômetros que fazem fronteira com a Venezuela. 

20 de mar de 2019

Consumo diário de canábis aumenta risco de psicose




TSF, 19 de março de 2019 





A conclusão consta num estudo realizado em vários países europeus e no Brasil, tendo sido publicado na revista científica The Lancet.

O consumo diário de canábis, sobretudo de elevada potência, está fortemente ligado ao risco de desenvolver uma psicose, conclui um estudo realizado em vários países europeus e no Brasil e que é hoje publicado na revista científica The Lancet.

Vários estudos observacionais têm apontado para uma ligação entre o uso de canábis e a psicose, mas até agora não estaria ainda totalmente demonstrado, a um nível populacional, se os padrões de consumo de canábis influenciam as taxas de psicose.

Austrália – Após o atentado na Nova Zelândia o presidente turco diz que “australianos anti-islâmicos serão enviados de volta em caixões”




Mail, 20 de março de 2019








Os australianos poderiam ser impedidos de participar das vigílias do Anzac Day em Gallipoli, depois que o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ter alertado os visitantes não-muçulmanos que eles poderiam ser mandados de volta para casa em caixões. 

O primeiro-ministro Scott Morrison descreveu seus comentários como uma zombaria dos escavadores da Primeira Guerra Mundial como “profundamente ofensivos”, apenas cinco semanas antes do Anzac Day. 

O Departamento de Relações Exteriores e Comércio agora está aconselhando milhares de australianos, planejando viajar para a Turquia, a “exercer um alto grau de cautela”. 

Suécia: Ainda Mais Migração

Gatestone, 19 de março de 2019 









  • A reintrodução do direito à união familiar àqueles que obtiveram asilo na Suécia e que não possuem status de refugiado, dará direito aos assim chamados "menores de idade desacompanhados" de trazerem seus pais à Suécia. Veio à tona posteriormente que muitos desses "menores de idade desacompanhados" não eram menores e sim adultos. (O dentista que ajudou a desvendar esse irrelevante detalhe foi posteriormente demitido).
  • Mehdi Shokr Khoda, iraniano gay de 19 anos que se converteu ao cristianismo na Suécia após ter fugido do Irã para Estocolmo em 2017, provavelmente gostaria que as autoridades suecas empregassem a "abordagem humanitária" a seu caso em particular. As autoridades de migração suecas rejeitaram seu pedido de asilo, alegando que Khoda estava "mentindo" em relação à sua situação. Desde a Revolução Islâmica de 1979, o Irã executou "entre 4 mil e 6 mil gays e lésbicas" de acordo com a edição britânica de 2008 do WikiLeaks.
  • Quanto aos ímpetos humanitários da Suécia ou a falta deles em relação à perseguição dos cristãos, há cerca de 8 mil cristãos escondidos na Suécia com ordens de deportação, de acordo com o advogado Gabriel Donner, que defendeu cerca de mil cristãos candidatos a asilo sujeitos à deportação.



O novo governo da Suécia, enfim constituído em janeiro depois de se arrastar por meses a fio, está instituindo políticas que levarão a mais imigração para a Suécia, muito embora o principal partido do governo, o Social-democrata, ter concorrido à Presidência com a promessa de endurecer as políticas de imigração.

19 de mar de 2019

A medida que a crise na Venezuela se aprofunda, os EUA se concentram na ameaça rebelde comunista na Colômbia




Reuters, 18 de março de 2019 








Washington (Reuters) – Enquanto os Estados Unidos realizaram seu maior esforço diplomático na América Latina [nunca visto] em anos para tentar derrubar o ditador venezuelano Nicolás Maduro, as forças armadas americanas estão se concentrando em um subproduto da crise: um fortalecimento dos rebeldes colombianos em ambos os lados do país, que faz fronteira com a Venezuela. 

O almirante norte-americano Craig Faller, chefe do Comando Sul dos Estados Unidos que supervisiona as forças norte-americanas na América Latina, disse à Reuters que os Estados Unidos concentraram seu foco nos rebeldes e aumentaram o compartilhamento de informações com autoridades colombianas. 

18 de mar de 2019

Nova Zelândia – “Guerra ao Terror” e o desarmamento politicamente correto

Prólogo 


Antigamente, diziam que a Guerra ao Terror tomaria o lugar da emblemática Guerra Fria, e que ela tomaria todas as forças dos países ocidentais. Isso após o 11 de Setembro. Embora isso fosse verdade, o termo em si e sua lógica não tem muito sentido, se nós observarmos como se dá sua imprecisão. O Marxismo Cultural, que transporta a culpa do algoz para a vítima, fez com que os proponentes do Terror ficassem isentos dentro dessa guerra, e que suas reais motivações fossem vistas de uma maneira diferente. A Teoria Crítica transformou o terrorismo islâmico na resposta a opressão Ocidental, e os ocidentais em eternos culpados, que deveriam não reconhecer o terror islâmico como injusto e baseado em mentiras e hipocrisia, mas como sendo “oprimido vs opressor”, como a “resposta social” de uma nação uma vez oprimida pelos privilegiados. Com base nessa visão, pessoas na mídia, na academia, e no entretenimento disseminaram a visão de que o Ocidente sempre foi imperialista, escravagista e supremacista, e que tem uma dívida com os povos islâmicos. Mas somente o Ocidente.

Mais de 100 detidos em protestos na Nicarágua





Euronews, 17 de março de 2019 




Os protestos pela libertação de presos políticos na Nicarágua resultaram, de acordo com a polícia local, em 107 detidos.

Os manifestantes saíram às ruas este sábado, já depois de o presidente Daniel Ortega ter acedido às exigências da oposição e libertado 50 pessoas, no dia anterior, e outras 100 em fevereiro. Estima-se que 600 permaneçam detidas.

15 de mar de 2019

Estudante é suspensa por citar a Bíblia contra cartazes LGBTs colados em sua escola





Gospel Notícias, 14 de março de 2019. 




A liberdade de expressão de uma aluna do ensino médio, em uma escola de Ohio, nos Estados Unidos, foi duramente reprimida, após ela resolver se manifestar contra o ativismo LGBT que invadiu o colégio na forma de cartazes espalhados pelo estabelecimento.

Gabby resolveu colar textos com versículos bíblicos em armários e algumas paredes, após ver que um grupo LGBT havia espalhado bandeiras e cartazes por todo o estabelecimento, fazendo apologia ao movimento homossexual.

Então, na quinta-feira, quando cheguei à escola, vi que havia bandeiras de orgulho LGBT, cartazes em volta da minha escola”, explicou Gabby em um vídeo gravado por ela e publicado em sua rede social. Essa foi a maneira que encontrou de se defender das acusações infundadas pela direção da escola ‘Lebanon High School’.

China – cristãos presos e entre eles crianças





Barnabas, 12 de março de 2019




Outras 44 prisões de membros da Igreja da Aliança da Primeira Infância foram feitas, incluindo crianças, e um jornalista cristão chinês preso depois de escrever sobre a detenção de uma mãe idosa do pastor Wang Yi foi brutalmente espancada por um policial. 

O jornalista e diácono da igreja Zhang Guoqing estava desaparecido há vários dias antes de ser descoberto que estava sob custódia policial por “agitação pública”, segundo um comunicado divulgado pela igreja em Chengdu, na província de Sichuan, em 02 de março. 

Zhang publicou uma reportagem sobre como a mãe do pastor, Chen Yaxue, foi espancada por um policial em 24 de fevereiro. Ele descreveu no artigo como um policial a agarrou pelo cabelo e a chutou enquanto outro a segurava, depois que ela se recusou a revelar o número PIN para ele em um caixa eletrônico. 

12 de mar de 2019

Guaidó decreta estado de emergência na Venezuela: o apagão do ditador Maduro





Euronews, 12 de março de 2019 








O líder do parlamento e autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, convenceu a Assembleia Nacional a aprovar por unanimidade a declaração de estado de emergência devido ao apagão.

Com o país parcialmente sem energia há quase uma semana, Guaidó apelou ainda aos venezuelanos a juntarem-se para uma manifestação nacional nesta terça-feira contra a crise energética.


"Compreendo perfeitamente o desespero que todos temos hoje, e é por isso que hoje estamos a pedir à Assembleia para aprovar este estado de alarme nacional para a Venezuela... um estado de emergência, de tragédia, de catástrofe em que a Venezuela vive", afirmou.

Um Projeto para Transformar a França

Gatestone, 11 de março de 2019









Após a 16ª manifestação que ocorre aos sábados patrocinada pelos "coletes amarelos", que começou em novembro último contra o aumento no preço dos combustíveis decretada pelo presidente francês Emmanuel Macron, a situação, ao que tudo indica, se agravou ainda mais.

Isso ficou claro em 13 de fevereiro, quando um pequeno grupo de manifestantes começou a insultar o filósofo judeu francês Alain Finkielkraut, que nasceu e mora em Paris, ao ser visto em uma calçada. Um homem gritou: "cale a boca, sionista de m*", "vá para casa em Tel Aviv", "a França é nossa", "Deus irá te punir." Um cinegrafista filmou o incidente e depois compartilhou o vídeo nas redes sociais. Isso provocou um escândalo. O movimento "coletes amarelos" como um todo foi imediatamente acusado pelo governo francês de antissemitismo e "fascismo".

11 de mar de 2019

Depois de silenciar a imprensa nacional, Turquia vira-se para a internacional





Expresso, 10 de março de 2019 








Três jornalistas alemães, um dos quais correspondente na Turquia há mais de 20 anos, foram expulsos do país liderado por Recep Tayyip Erdogan. Um dos visados acredita tratar-se de “uma estratégia para aumentar a pressão sobre os órgãos de informação estrangeiros

O Governo alemão alterou as recomendações de viagem para a Turquia. Berlim alerta agora para riscos que os cidadãos alemães enfrentam por expressarem opiniões toleradas na Alemanha, ao abrigo da liberdade de expressão, mas que na Turquia podem ser punidas criminalmente.

Este domingo, em entrevista à televisão alemã ARD, o ministro germânico dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, justificou o alerta com “observações irritantes” feitas por um ministro turco segundo o qual turistas alemães podem ser detidos na Turquia se forem autores de comentários críticos para com as autoridades turcas nas redes sociais, por exemplo.

Novo grupo de hackers ligados à China visa tecnologias navais e estratégia “Um Cinturão, Uma Rota”




Epoch Times, 10 de março de 2019 




Por Frank Fang 





Grupo APT40 tem como alvo os países "estrategicamente importantes" relacionados ao projeto OBOR, incluindo EUA, Reino Unido, Camboja, Filipinas, Malásia, Noruega e Arábia Saudita


Outro grupo de hackers apoiados pela China foi identificado por uma empresa de cibersegurança sediada na Califórnia.

A empresa FireEye mencionou o grupo de hackers APT40 em um artigo publicado em 4 de março. Depois de analisar as técnicas de hacking do grupo, os locais de onde lançaram os ataques e seus objetivos, a empresa concluiu com moderada confiança que o grupo APT40 é uma “operação chinesa de ciberespionagem patrocinada pelo Estado”. No entanto, a FireEye não vinculou o grupo hacker a uma entidade militar ou de segurança específica dentro da estrutura do regime chinês.

8 de mar de 2019

Venezuela, ONU – Comissária dos direitos humanos [comunista] Michelle Bachelet diz que crise na Venezuela foi “exacerbada pelas sanções”

Bachelet e Lula, ambos do Foro de São Paulo. Imagem meramente ilustrativa



NTN24 08 de março de 2019 




O regime de Nicolás Maduro convidou Michelle Bachelet a visitar a Venezuela para verificar a situação do país. 

A Alta Comissária das Nações Unidas para os direitos Humanos, Michelle Bachelet, disse na quarta-feira que a crise política, econômica e social na Venezuela tem sido “exacerbada por sanções internacionais”, informou a agência AFP. 

Theresa May endurece discurso sobre o Brexit




Euronews, 08 de março de 2019 




A poucos dias de mais uma votação no parlamento britânico sobre o Brexit, Theresa May endurece o discurso e diz que se o acordo de saída for novamente chumbado o Reino Unido pode “nunca sair da União Europeia”.

Durante o discurso para trabalhadores na cidade de Grimsby, onde o “Sim” ao Brexit venceu com cerca de 70% dos votos, a primeira-ministra pediu mais um esforço a Bruxelas

Os líderes europeus dizem-me que estão preocupados porque o tempo está a acabar e porque só temos uma oportunidade. A minha resposta é: agora é o momento de agirmos. Foi um trabalho duro durante dois anos. Trabalhámos juntos neste acordo. É um acordo abrangente que prevê uma saída ordenada da União Europeia e que estabelece uma plataforma para um relacionamento futuro ambicioso. Precisa apenas de mais um esforço, para abordar as preocupações específicas finais do nosso Parlamento".

7 de mar de 2019

Os Estados Unidos sancionarão entidades estrangeiras que financiem ao ditador Maduro



NTN24, 07 de março de 2019 




Os Estados Unidos anunciaram que revogará os vistos de 77 venezuelanos próximos a Maduro, elevando para mais de 250 as proibições de vistos nos últimos anos. 

Os Estados Unidos tomarão medidas punitivas contra organizações estrangeiras que ajudem a financiar o regime de Nicolás Maduro, segundo a agência de notícias AFP. 

A decisão, anunciada pelo conselheiro de segurança nacional do presidente Donald Trump, John Bolton, é parte da tática de Washington para forçar Maduro a deixar o poder. 

6 de mar de 2019

Canadenses detidos na China são acusados de roubar segredos de Estado





Epoch Times, 05 de março de 2019 




Por Margaret Wollensak




Eles alegam que o Spavor era o principal contato de Kovrig e lhe fornecia inteligência, ligando seus casos pela primeira vez

TORONTO – A China acusou os cidadãos canadenses detidos, Michael Kovrig e Michael Spavor, de agirem juntos para roubar segredos de Estado, um anúncio que ocorre poucos dias depois que o Canadá anunciou que vai prosseguir com um pedido de extradição dos Estados Unidos contra a executiva da Huawei.

Em um comunicado online, a Comissão Central de Assuntos Políticos e Jurídicos do Partido Comunista Chinês (PLAC) acusou Spavor de transmitir informações a Kovrig. Eles alegam que Kovrig usou um passaporte regular e vistos de negócios para entrar na China para “roubar e espionar informações e dados confidenciais chineses por meio de um contato na China”.

5 de mar de 2019

Guardas detidos por não terem executado ordem de detenção de Guaidó




Observador, 05 de março de 2019 



Por Raul Martinez 



Funcionários da Guarda Nacional Bolivariana, que estavam de serviço no Aeroporto de Maiquetía, foram detidos por não terem executado a ordem de detenção do autoproclamado presidente interino.

As detenções forma denunciadas esta terça-feira pela oposição venezuelana, precisando que os oficiais da GNB foram levados para o Forte de Tiúna, a principal base militar de Caracas e alertando que vigora uma ordem de detenção contra Juan Guaidó.

A GNB no aeroporto não executou a ordem de deter Juan Guaidó. Os funcionários foram levados ao Forte de Tiúna. A ordem de captura está em vigor. Alerta Venezuela, alerta governantes do mundo”, anunciou o deputado opositor José Luís Pirela na sua conta do Twitter.

Huawei abre centro de cibersegurança em Bruxelas




Euronews, 05 de março de 2019 






A chinesa Huawei abriu um laboratório de cibersegurança em Bruxelas.

A gigante tecnológica procura assim acalmar os receios dos líderes europeus e responder às alegações norte-americanas de que os seus telemóveis representam um risco porque podem, alegadamente, facilitar a espionagem digital por parte do governo chinês.


2 de mar de 2019

Vinte e três milhões de pessoas foram proibidas de comprar viagens na China






DN, 02 de março de 2019




O polémico sistema de "crédito social", que o país quer ver implementado em 2020, é criticado pelos que alegam controlo e vigilância mas, segundo as autoridades, já fez com que milhões de pessoas pagassem dívidas e impostos em atraso

Vinte e três milhões de pessoas viram o acesso a bilhetes de avião ou de comboio ser-lhes negado, na China, devido ao polémico sistema de "crédito social", ainda em teste em algumas regiões e que tem como objetivo de melhorar o comportamento dos indivíduos. Segundo estas normas, as violações da lei, e o número e gravidade das mesmas, atribuem sanções aos cidadãos e irão alterar a sua nota ou classificação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...