30 de nov de 2018

Cimeira do G20 arranca em Buenos Aires




Euronews, 30 de novembro de 2018



Por Nara Madeira 



Os líderes das principais economias mundiais estão reunidos, pela primeira vez, em Buenos Aires, a capital da Argentina, na Cimeira do G20.

Durante a cerimónia de abertura, o chefe de Estado do país anfitrião, Mauricio Macri, falou na importância de fomentar o diálogo respeitando as diferenças entre os diversos protagonistas deste evento.

A expectativa é grande e a incerteza, sobre se sairá algo, de facto, desta cimeira também. A agenda do encontro arrisca-se a perder importância e a tensão deverá ser evidente numa cimeira ofuscada por questões como a contenda comercial entre EUA e China, o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, ou o assassinato do jornalista saudita Jamal Kashoggi.

Província chinesa intensifica perseguição contra crenças e religiões, segundo documento vazado

Nascer do sol no rio Yalu, na cidade fronteiriça de Dandong, província de Liaoning, China, em 24 de maio de 2017 



Epoch Times, 30 de novembro de 2018 



Por Annie Wu 



O regime chinês classificou o Falun Dafa e outras religiões minoritárias como "cultos heréticos" para colocar a opinião pública contra tais práticas

Um documento vazado, supostamente por autoridades chinesas na área nordeste da província de Liaoning, indica que a perseguição contra a prática espiritual do Falun Dafa e outros grupos religiosos está se intensificando.

Bitter Winter, revista online em inglês sobre direitos humanos na China, publicou o documento em 21 de novembro. O site já havia vazado anteriormente diretivas internas semelhantes do Partido Comunista Chinês.

Denunciam que 17 crianças autistas foram enganadas por colégio para “mudar de sexo”




Acidigital, 30 de novembro de 2018 




LONDRES, 30 Nov. 18 / 10:30 am (ACI).- A professora de um colégio no Reino Unido denunciou que o centro educativo enganou 17 estudantes autistas, fazendo-os acreditar que deveriam ter nascido mulheres e que precisavam passar por um processo de mudança de sexo.

O jornal britânico ‘The Mail on Sunday’, que publicou a denúncia em 17 de novembro, decidiu manter em segredo o nome da escola e a identidade da professora, que tinha medo de ser demitida depois de 20 anos de carreira.

A informante assinalou que estes alunos foram convencidos de sofrer de "disforia de gênero" – termo psiquiátrico que descreve a discordância ou desconforto com corporeidade ou o sexo biológico –, e que "são facilmente influenciados e se prendem à crença errada de que eles são do sexo equivocado como uma maneira de enfrentar os problemas causados ​​pelo autismo".

29 de nov de 2018

Experimento genético considerado antiético destaca crise da Aids na China




Epoch Times, 29 de novembro de 2018 




Pesquisadores chineses afirmam ter modificado DNA de meninas gêmeas para serem resistentes ao HIV

Pesquisadores chineses no sul da China afirmam que produziram as primeiras crianças geneticamente modificadas do mundo, um par de meninas gêmeas resistentes à infecção pelo HIV.

Além das questões éticas inerentes ao experimento, bem como das dúvidas sobre os supostos resultados, o desenvolvimento põe em destaque a gravidade da crise da Aids na China.

He Jiankui é pesquisador da Universidade Austral de Ciência e Tecnologia em Shenzhen, província de Guangdong. Em 26 de novembro, um dia antes da conferência internacional sobre engenharia genética em Hong Kong, ele disse que as gêmeas nasceram este mês com genes modificados e que elas estarão livres da Aids por toda a vida.

Parlamento Europeu pede à Hungria que extradite Gruevski




Euronews, 29 de novembro de 2018 






O Parlamento Europeu pediu ao governo da Hungria, na quinta-feira, que extradite o ex-primeiro ministro da Macedônia, Nicola Gruevski.

O ex-líder macedônio foi condenado a dois anos de prisão por corrupção, mas fugiu para a Hungria, há duas semanas, onde lhe foi concedido asilo político.

O governo de Budapeste, cujo líder, Viktor Orbán, é muito próximo de Nicola Gruevski, negou ter ajudado o político a fugir da justiça do seu país.

Filipinas – o presidente socialista Rodrigo Duterte quer criar o seu “esquadrão da morte” para combater guerrilhas maoistas




Arabnews, 28 de novembro de 2018 




MANILA (Reuters) – O presidente filipino Rodrigo Duterte anunciou na terça-feira intenção de formar seu próprio “esquadrão da morte” que caçará os rebeldes maoistas e seus simpatizantes. 

O anúncio foi feito durante sua visita a um acampamento militar na cidade de Cármen, na província de Bohol. 

Duterte disse que as tropas do governo continuam vulneráveis aos ataques do esquadrão de espadas comunista do Novo Exército Popular (NPA), conhecido como Unidade Especial Partisana (SPARU) ou “sparrow”.

Ele disse que ficaria satisfeito se cada membro de seu grupo de extermínio identificasse um ou dois rebeldes do NPA para liquidação. 

28 de nov de 2018

Chile – O governo do presidente “conservador” Sebastián Piñera permitirá mudança de sexo a partir dos 14 anos de idade

O presidente "conservador" feliz da vida por passar uma lei que destruirá a inocência das crianças



NTN24 28 de novembro de 2018 




A lei estabelece que os maiores de idade podem fazer a mudança de registro de sexo com um procedimento simples no Registro Civil. 

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, promulgou nessa quarta-feira a lei de identidade de gênero, que permitirá a mudança de nome e sexo legal a partir dos 14 anos de idade, e disse que é mais um passo adiante para construir uma sociedade mais “justa, integrada e respeitosa”. 

Estamos dando um passo a adiante no sentido de não só pagar uma dívida de uma sociedade com muitos preconceitos, mas também estamos enfrentando o nosso compromisso com a dignidade humana e a nossa obrigação moral para aqueles que têm sido injustamente discriminados”, disse Piñera. 

Mãe quer mudar sexo de filho de 6 anos e pai corre o risco de perder a guarda do menino por se opor




Gospel Notícias, 28 de novembro de 2018 



Por Cris Beloni



O pai discorda e corre o risco de perder a guarda da criança

Um pai iniciou uma batalha judicial nos Estados Unidos para impedir que sua ex-mulher mude o sexo do filho James, de seis anos. O processo tramita em Dallas, no Texas. A mãe veste o menino com roupas de menina desde quando ele tinha três anos de idade e o matriculou na escola com nome de “Luna”.

No processo de divórcio, a mãe que é pediatra, acusou o pai de abuso infantil por não “admitir que James era transgênero” e luta para que o ex-marido perca a guarda compartilhada. Ela quer que ele seja condenado a pagar as consultas do filho para a mudança de sexo o que inclui, além de um terapeuta, a esterilização hormonal a partir dos oito anos.

Rússia avisa que vai enviar mais mísseis para a Crimeia




Observador, 28 de novembro de 2018 



Rússia acrescentará um sistema de mísseis antiaéreos S-400 aos três já instalados na península, após o incidente no fim de semana com navios ucranianos no Mar Negro, anunciou fonte governamental.

As forças armadas russas estão a reforçar os mecanismos de defesa na península da Crimeia com mais mísseis antiaéreos, após o incidente no fim de semana com navios ucranianos no Mar Negro, anunciou fonte do Ministério da Defesa em Moscovo.

A agência de notícias Interfax noticiou esta quarta-feira que o coronel Vadim Astafyev, alto funcionário do Ministério da Defesa russo, declarou que a Rússia acrescentará um sistema de mísseis antiaéreos S-400 aos três já instalados na península.

China poderá ter os primeiros bebés geneticamente modificados




Euronews, 28 de novembro de 2018 



Os primeiros bebés modificados geneticamente poderão já ter sido criados.

O cientista chinês He Jiankui afirma ter alterado o ADN de duas gémeas, com vista a protegê-las de uma possível infeção com o vírus da SIDA. "Aquelas pessoas precisam de ajuda. Devemos mostrar compaixão para com as famílias portadoras desta doença, uma doença hereditária e infecciosa. E se pudermos disponibilizar antecipadamente a tecnologia que temos, seremos capazes de ajudar muito mais pessoas", declarou durante uma palestra sobre o tema.

A modificação do genoma humano pode permitir a erradicação de doenças hereditárias, mas é altamente controversa. Em causa está a alteração de todo o patrimônio genético e a criação eticamente questionada de pessoas à medida. A polêmica começa dentro da própria comunidade científica.

27 de nov de 2018

Terrorismo islâmico provoca fuga em massa de cristãos em Moçambique




Gospel Notícias, 26 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Ao todo, mais de 100 pessoas foram mortas por extremistas no último ano

Jihadistas muçulmanos continuam deixando um rastro de violência em Moçambique. Na última sexta-feira (23), 12 pessoas, incluindo crianças e mulheres, morreram em uma localidade isolada da região norte do país. A onda de violência provocou a fuga de milhares de moradores para a vizinha Tanzânia. A maioria são cristãos que temem ser as próximas vítimas.

Os habitantes do vilarejo de Chicuaia Velha, a poucos quilômetros da fronteira tanzaniana, relatam que durante a invasão, seus parentes foram assassinados com golpes de machado ou dentro de suas casas incendiadas pelos islâmicos.

Uma questão engraçada sobre o "Alerta Vermelho" da Interpol




Daily Caller, 26 de novembro de 2018 




Em 20 de novembro, o ex-estrategista Steve Bannon e o magnata imobiliário chinês Guo Wengui (também conhecido como Miles Kwok) anunciaram uma rara união no histórico Pierre Hotel em Nova York, onde Nixon permaneceu como presidente eleito antes de se mudar para Washington DC. 

Na grande sala do Cotillion, que foi destaque no filme vencedor do Oscar “Scent of a Woman”, os dois homens disseram à mídia internacional que estavam montando uma fundação de “Estado de Direito” para investigar corrupção e abuso de poder pelas autoridades chinesas, para ajudar as vítimas do Comunismo chinês. Guo Wengui colocaria US $ 100 de seu próprio dinheiro para dar o pontapé inicial. 

26 de nov de 2018

Rússia intercepta navios ucranianos




Euronews, 26 de novembro de 2018 



A tensão na Crimeia sobe de tom.

A Rússia abriu fogo sobre a marinha, feriu tripulantes e apreendeu três navios.

Após uma reunião de emergência com o gabinete de guerra, o presidente ucraniano Petro Poroshenko anunciou que vai propor ao parlamento o reforço do poder militar, através da implementação da lei marcia. "A lei marcial é introduzida para fortalecer as capacidades de defesa da Ucrânia no âmbito de uma crescente agressão e, de acordo com a lei internacional, de um ato de agressão perpetrado pela Federação Russa", afirmou.

Povo de Taiwan rechaça decisão de tribunal e diz não ao casamento gay em referendo





Sempre Família, 25 de novembro de 2018 






Atual governo, que apoiou a decisão dos juízes sobre o tema, foi derrotado nas urnas e a presidente demitiu-se da liderança de seu partido

Temas morais têm peso muito mais significativo na opinião pública do que a grande mídia, alguns políticos e muitos juízes gostam de admitir, mas o mundo real está atropelando com frequência cada vez maior as narrativas que tentam negar esse fato. E não é só no Brasil.

Taiwan passou por eleições regionais neste sábado e o governo atual – que defende a independência de Taiwan da China – sofreu derrotas tão importantes que a presidente Tsai Ing-wen imediatamente demitiu-se da liderança de seu partido. Como o lado favorecido foi pró-China é natural que isso pareça ruim a qualquer conservador que saiba da notícia. Convém, no entanto, entender o contexto desse resultado e dar uma olhada no referendo que ocorreu junto da votação. Trata-se de casamento gay.

22 de nov de 2018

Theresa May criticada em Westminster pelo esboço do "Brexit"




Euronews, 22 de novembro de 2018 






Uma sorridente Theresa May apresentou esta quinta-feira à tarde o novo esboço da declaração política acordada esta semana com a União Europeia como base para o texto final do "Brexit". A resposta da oposição dá, contudo, espaço a poucos sorrisos.

O líder do Partido Trabalhista considera que este novo esboço de acordo para a saída do Reino Unido da união Europeia a 29 de março como "26 páginas cheias de nada".

"Há pouco mais de um ano foi-nos dito que iríamos ter um acordo comercial no final deste processo. Liam Fox disse mesmo que seria o mais fácil da história da humanidade. Afinal, temos 26 páginas cheias de nada", afirmou Jeremy Corbyn, pouco depois da primeira-ministra ter apresentado de viva voz na Casa dos Comuns, o esboço do acordo.

Vítima de estupro vira alvo de ativistas do aborto por ter escolhido a vida do seu bebê

Jennifer Brierly



Instituto Cristão, 22 de novembro de 2018 



Uma mulher que compartilhou o seu poderoso testemunho sobre ser estuprada e escolher a vida para o feto foi alvo de ataques online de ativistas do aborto. 

Jennifer Brierly foi estuprada durante uma viagem de negócios. Ela engravidou em 2014 e deu á luz a um filho. Apesar de sua experiência traumática, ela apareceu em um vídeo pró-vida, falando em favor das vítimas de estupro que conceberam ou escolheram manter os seus bebês. 

Ativistas do aborto que a têm como alvo compartilham vídeos que descrevem estroboscopia e mutilação de mulheres. Um vídeo de iluminação estroboscópica também foi enviado a ela em uma tentativa de desencadear sua epilepsia fotossensível. 

21 de nov de 2018

Mais de 500 criminosos estão entre migrantes na fronteira dos EUA, diz Segurança Interna

Polícia federal a postos do lado de fora do acampamento de migrantes em um complexo esportivo municipal em Tijuana



Epoch Times, 21 de novembro de 2018 



Por Zachary Stieber 



Os antecedentes dos migrantes foram questionados pelos moradores de Tijuana, alguns dos quais se referiram ao que está acontecendo com o termo "invasão"

Mais de 500 criminosos estão entre os migrantes que se encontram agora na fronteira com os Estados Unidos vindos da América Central, disseram autoridades do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos.

Milhares de migrantes inundaram Tijuana nos últimos dias e outros milhares devem chegar em breve, o que pode provocar confrontos com a população local da cidade fronteiriça.

Campanha alerta sobre extinção de crianças com Síndrome de Down




Epoch Times, 21 de novembro de 2018



Por Jarbas Aragão / Gospel Prime



Sociedade tenta mostrar o impacto dos abortos eugênicos

Pessoas nascidas com Síndrome de Down têm necessidades especiais. Mas a trissomia no cromossomo 21 não faz delas incapazes de ter uma vida normal. Ainda assim, existem movimentos nas Nações Unidas defendendo que o aborto de fetos nessas condições é um “meio viável” para prevenir que crianças vivam com “desvantagem” ao longo de toda uma vida.

Em alguns países onde o aborto é legalizado, cresce o número de pais que optam pela interrupção da gestação ao saberem que a criança terá síndrome de Down.

China e Filipinas assinam memorando para exploração conjunta de águas disputadas




Observador, 21 de novembro de 2018 



Na primeira visita de Xi Jinping a Manila o memorando, que tem vindo a ser negociado nos últimos meses, foi assinado, apesar dos protestos da oposição.

China e Filipinas anunciaram esta quarta-feira um memorando de entendimento para exploração conjunta de petróleo e gás no mar do Sul da China, demonstrando uma aproximação entre Pequim e Manila após anos de disputa pela soberania daquele território. Na primeira visita de Xi Jinping a Manila, tradicional aliado estratégico de Washington, o memorando, que tem vindo a ser negociado nos últimos meses, foi assinado, apesar dos protestos da oposição.

Sul-coreano derrota general russo e assume presidência da Interpol

Kim Jong-Yang



DN, 21 de novembro de 2018 



A eleição acontece depois da detenção do atual presidente da organização, o chinês Meng Hongwei, por suspeita de corrupção.

O sul-coreano Kim Jong-Yang foi eleito, esta quarta-feira, como o novo presidente da Interpol durante uma assembleia geral no Dubai onde estiveram presentes 194 delegados da Organização Internacional de Polícia Criminal. Kim derrotou o atual vice-presidente, o russo Alexander Prokopchuk, que era apontado como o sucessor provável do chinês Meng Hongwei.

A hipótese do general russo ser eleito estava a preocupar alguns sectores que suspeitavam que ele pudesse usar o seu novo cargo para perseguir os críticos do presidente russo, Vladimir Putin. Muitos receavam que Alexander Prokopchulk pudesse transformar a organização numa ferramenta ao serviço do Kremlin. A Rússia tem sido suspeita de ingerência em várias eleições, inclusive as presidenciais americanas de 2016, onde a sua potencial influência nos resultados para favorecer o republicanos Donald Trump está a ser investigada.

20 de nov de 2018

Candidato russo à presidência da Interpol assusta Ocidente – apesar de gente do regime chinês e da Palestina fazer parte





Euronews, 20 de novembro de 2018   




Nas vésperas de se conhecer o futuro presidente da Interpol, a agitação no Ocidente. Com a perspetiva do atual vice-presidente russo Alexander Prokopchuk ser eleito para o cargo, Estónia e Lituânia admitem sair da organização internacional.

Uma oposição que se estende até aos Estados Unidos. Por carta, quatro senadores, democratas e republicanos, alertaram para o alegado uso indevido do sistema da Interpol para a captura de opositores ao Kremlin. Uma atuação que, para os subscritores, se acentuou pela mão do atual candidato russo e que visa tanto os cidadãos do próprio país, como americanos.

Venezuela entrará para lista de “patrocinadores do terrorismo”




Gospel Notícias, 20 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Governo dos EUA colocará regime de Maduro ao lado de Irã, Coreia do Norte, Sudão e Síria

O jornal Washington Post divulgou que a administração Trump deverá adicionar a Venezuela à sua lista de Estados patrocinadores do terrorismo. Esta pode ser a maior investida do governo dos Estados Unidos contra o regime ditatorial de Nicolás Maduro.

A lista é reservada aos governos acusados de oferecer repetidamente “apoio a atos de terrorismo internacional”. Atualmente fazem parte dela Irã, Coreia do Norte, Sudão e Síria.

Parlamentares republicanos vêm pressionando pela designação, citando vínculos da Venezuela com o grupo terrorista libanês Hezbollah, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e outros grupos.

Paquistão avisa aos cristãos que terroristas estão prontos para atacar

Imagem meramente ilustrativa



Gospel Notícias, 20 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Autoridades não conseguem controlar manifestações de ódio contra fiéis e igrejas

A polícia paquistanesa alertou as lideranças cristãos do país que grupos terroristas estão planejando ataques contra os fiéis. As manifestações de ódio seriam consequências do caso Asia Bibi, cristã que foi inocentada das acusações de blasfêmia.

A Inspetoria de Polícia admitiu, segundo a Agência Fides, que é incapaz de controlar a situação. As autoridades estão cientes que grupos terroristas como “Tehriki Taliban” e “Jamaat-ul-Ahrar” estão planejando uma série de ações contra igrejas. Por isso, os pastores deveriam reforçar a segurança dos lugares de culto.

19 de nov de 2018

Diplomatas europeus consideram sanções contra cidadãos iranianos




Euronews, 19 de novembro de 2018 






A União Europeia está a considerar a imposição de sanções sobre cidadãos iranianos alegadamente envolvidos em duas tentativas de assassinato ocorridas na Dinamarca e em França.

De acordo com dois diplomatas presentes no encontro, os ministros europeus concordaram em elaborar uma lista de possíveis nomes.

Os responsáveis europeus reunidos em Bruxelas discutiram ainda a criação de um mecanismo especial para trocas comerciais com o Irão, evitando assim a imposição de sanções norte-americanas sobre países europeus a título individual.

Cristãos são forçados a fechar revista por não retratarem casais gays




Gospel Notícias, 19 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Revista sofreu boicote de ativistas LGBT e perdeu anunciantes

Uma revista de casamento publicada há anos na Austrália viu-se obrigada a fechar após ter anunciado que não iria retratar uniões de pessoas do mesmo sexo. Os donos da “White Magazine”, Lucas e Carla Burrell, comunicaram em uma publicação em sua página oficial que tratava-se de uma publicação secular, mas que eles eram cristãos e não iriam violar suas consciências.

Não temos outra agenda a não ser amar. Não temos o desejo de criar uma guerra social, política ou legal, que só separa mais as pessoas e causa mais danos do que benefícios”, escreveu o casal.

Estados Membros da ONU: Migração é um Direito Humano

Gatestone, 17 de novembro de 2018 







  • Não é possível enfatizar com maior veemência que este acordo não se refere aos refugiados que fogem da perseguição ou aos seus direitos à proteção de acordo com o direito internacional. O acordo opta em priorizar a propagação da radical concepção, segundo a qual a migração, qualquer que seja o seu motivo, é algo que precisa ser promovido, viabilizado e protegido.
  • A ONU não tem interesse em admitir que o acordo promove a migração como um direito humano, até recentemente tem havido pouco debate sobre esse tema. Mais debates poderão comprometer todo o empreendimento.
  • Os Estados Membros, em outras palavras, não deverão apenas e tão somente escancarar suas fronteiras para os migrantes dos quatro cantos do planeta, mas também ajudá-los a escolher seu futuro país, fornecendo-lhes informações minuciosas sobre cada país onde eles desejarem se estabelecer.


Em um acordo não compulsório, as Nações Unidas, no qual praticamente todos os Estados Membros da ONU irão assinar em uma cerimônia no Marrocos, no início de dezembro, está transformando a migração em um direito humano.

O texto do acordo, que já recebeu os retoques finais, chamado de Acordo Global para uma Migração Segura, Ordeira e Corriqueira, embora oficialmente não compulsório, "coloca a migração inexoravelmente na agenda global. O acordo será um ponto de referência por anos a fio e induzirá a mudanças genuínas no palco dos acontecimentos... "de acordo com Jürg Lauber, representante da Suíça na ONU, que liderou a elaboração do acordo juntamente com o representante do México.

16 de nov de 2018

Comercial da cantora canadense Céline Dion com bebês “sem gênero” é perturbador





Gospel Notícias, 15 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Céline Dion defende que "Nossos filhos não são realmente nossos"

A cantora pop Céline Dion emprestou seu nome para uma nova linha de roupas infantis, da marca Nununu. O comercial perturbador estrelado por ela está chamando atenção por ecoar o discurso comum dos defensores da ideologia de gênero. Ela aparece invadindo uma unidade neonatal onde as crianças estão separadas pelo sexo de nascimento para acabar com a divisão.

Nossos filhos não são realmente nossos filhos, como todos nós somos apenas elos na cadeia interminável que é a vida”, insiste. “Para nós”, a artista continua, “eles são tudo. Mas, na realidade, somos apenas uma fração do universo deles. Nós sentimos falta do passado; eles sonham com o amanhã”.

15 de nov de 2018

Indonésia usa acordo comercial como chantagem para impedir que a Austrália mude sua embaixada em Israel, de Tel Aviv para Jerusalém

Geller Report, 15 de novembro de 2018 




A Austrália vai se submeter? Este será o teste-chave que revelará se Scott Morrison é um verdadeiro líder ou outro bajulador submisso capaz de ser intimidado à obediência por seus senhores muçulmanos. O presidente Trump mostrou qual é o caminho quando ele mudou a embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém e enfrentou ameaças de violência “palestinas”. Por que uma nação livre deveria permitir que terroristas ditassem a sua política externa? A Austrália deve permanecer firme. 

Radicais islâmicos espancam cristãos nas ruas para vingar soltura de Asia Bibi





Gospel Notícias, 15 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



Ruas bloqueadas, carros incendiados e pessoas feridas em várias cidades do Paquistão.

O Paquistão testemunha nos últimos dias uma verdadeira “caçada” à cristã Asia Bibi, que foi absolvida das acusações de blasfêmia e se livrou da pena de morte. Seu paradeiro não foi revelado pelo governo, que garante que ela não saiu do país.

Há relatos de cristãos sendo arrastados para fora de seus carros e espancados nas ruas por extremistas islâmicos, inconformados com a situação.

Romana Bashir, uma ativista de defesa dos direitos cristãos que vive na capital Islamabad, disse à rede CNN que as leis de blasfêmia vêm sendo usadas contra os seguidores de Cristo no país muçulmano há anos. Porém, as consequências da absolvição de Bibi foram realmente severas para a comunidade cristã como um todo.

Austrália – um ano depois da redefinição do casamento por meio de referendo as liberdades religiosa e de pensamento não estão sendo protegidas




Conservatives, 14 de novembro de 2018 




Um ano depois da votação histórica da Austrália para mudar a definição de casamento, o governo de coalizão não conseguiu proteger os dissidentes australianos das consequências à liberdade de expressão religião e direitos dos pais de rejeitar a doutrinação de gênero fluido LGBTIQA nas escolas. 

Um proeminente defensor do "Não" do Partido Conservador, o candidato do Senado de Queensland, Lyle Shelton, disse que 4.9 milhões de australianos que votaram “Não” junto com outros australianos que acreditavam que a retórica de “sem consequências” da campanha do “Sim” foram deixados no limbo. 

14 de nov de 2018

Governo britânico aprova rascunho do acordo final




TSF, 14 de novembro de 2018 




Anúncio foi feito pela primeira-ministra britânica, Theresa May, após horas de impasse.

Está aprovado o rascunho de acordo do Brexit. O anúncio foi feito ao início da noite desta quarta-feira, por Theresa May, numa breve declaração em frente ao número 10 de Downing Street.

"Os membros do gabinete discutiram de forma alongada e apaixonada o acordo que vai definir a relação do Reino Unido com a União Europeia", começou por dizer May, antes de revelar que acredita "firmemente" que este rascunho de acordo é "o melhor que pôde ser construído."

Sublinhando a dificuldade das decisões em relação à fronteira com a Irlanda do Norte, a primeira-ministra britânica acredita agora que o acordo final será alcançado nos próximos dias.

No Canadá, mulheres indígenas denunciam esterilizações forçadas




Gospel Notícias, 14 de novembro de 2018 



Por Elisa Robson 



O país é considerado um dos que mais promovem a chamada “liberdade de escolha” para mulheres

Pelo menos 60 mulheres indígenas estão buscando um processo coletivo contra o governo canadense alegando que foram submetidas a esterilizações forçadas nos últimos 20 a 25 anos. Cada mulher está reivindicando US$ 7 milhões em danos.

As mulheres indígenas dizem que, além das esterilizações sem seu consentimento, algumas foram obrigadas a aceitar o procedimento ou não receberiam seu filho recém-nascido. Outras foram enganadas e acreditaram que o procedimento era reversível.

Antigo primeiro-ministro da Macedônia pede asilo político à Hungria




Euronews, 14 de novembro de 2018



Procurado no seu país, o ex-primeiro-ministro da Macedónia, Nikola Gruevski, refugiou-se na Hungria, onde solicitou "asilo político". O anúncio foi feito pelo próprio no Facebook, onde disse ter recebido ameaças de morte nos últimos dias.

O antigo governante deveria ter começado a cumprir a pena de dois anos de prisão por abuso de poder no passado dia 8, mas não apareceu na cadeia. Na segunda-feira, a Justiça macedónia emitiu um mandado de captura.

Parlamento da Nicarágua autoriza a entrada de militares de Cuba e Venezuela no país



NTN24, 13 de novembro de 2018 



A entrada dos militares na Nicarágua visa “treinar e trocar experiências”.

A Assembleia Nacional (parlamento) da Nicarágua autorizou na terça-feira a entrada dos militares de Cuba, Venezuela, Bolívia e outros países “para fins de exercícios humanitários, treinamento e intercâmbio de experiências”. 

A admissão foi autorizada por 74 votos da maioria governista na Assembleia Nacional e seus aliados, um total de 92, a um pedido de urgência pelo presidente Daniel Ortega, cujo governo enfrenta a pior crise desde que voltou ao poder em 2007. 

"Capitulamos diante do terror". Ministro da Defesa israelita demite-se




DN, 14 de novembro de 2018 




Avigdor Lieberman anunciou a demissão do governo de Benjamin Netanyahu em protesto contra uma trégua na Faixa de Gaza

"Estou aqui para anunciar a minha demissão do cargo de ministro da Defesa", anunciou Avigdor Lieberman esta manhã, confirmando os boatos dos últimos dias.

Numa conferência de imprensa no Knesset (o Parlamento israelita) após um encontro do grupo parlamentar do Yisrael Beytenu, Lieberman garantiu: "Tentei manter-me fiel como membro do gabinete e fazer ouvir outra voz, pagando um alto preço político e eleitoral".

13 de nov de 2018

Merkel defende que União Europeia deve trabalhar para “criar um verdadeiro exército europeu”




Expresso, 13 de novembro de 2018 




“Só podemos defender os nossos interesses quando agimos juntos. O tempo em que podíamos contar com outros ficou para trás”, afirmou a chanceler alemã no Parlamento Europeu

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu esta terça-feira no Parlamento Europeu que a Europa precisa de se defender e deve trabalhar para vir a criar "um verdadeiro exército europeu".

"Temos cooperação ao nível ao militar, e isso é muito bom, mas o que devemos fazer, e isto é muito importante, é trabalhar na visão de um dia criarmos um verdadeiro exército europeu", disse a chanceler alemã no seu discurso sobre o Futuro da Europa.

Aumenta a pressão sobre o Brexit




Euronews, 13 de novembro de 2018 






Theresa May continua decidida em concluir o processo de negociação do Brexit e garante que não vai recuar. Os líderes da UE concordaram que não se registaram progressos suficientes nas negociações para agendar uma nova cimeira para este mês de novembro. Ainda assim, no jantar anual do Lord Mayor na Guild Hall, o centro administrativo da City de Londres, a primeira-ministra britânica disse que as negociações estão na "fase final": "ambos os lados querem chegar a um acordo, mas estamos a negociar algo muito difícil, devo admitir .

As negociações do Brexit não têm a ver comigo nem com as minhas conquistas pessoais. Estão relacionadas com interesses nacionais e isso significa fazer as escolhas corretas e não as mais fáceis. Não vou comprometer o voto das pessoas no referendo. Está fora de questão".

OTAN apela à China para aderir a tratado de controlo de armas nucleares




Observador, 13 de novembro de 2018 



Secretário-geral da NATO alertou China para tratado sobre as armas nucleares, dado o investimento recente do país em "armas novas, incluindo mísseis" que violam o acordo assinado em 1987.

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, criticou esta terça-feira o programa de desenvolvimento de mísseis de médio alcance da China, apelando ao país para aderir ao tratado internacional de controlo deste armamento.

Vimos que a China investiu fortemente em armas novas e modernas, incluindo mísseis, e a metade dos seus mísseis violaria o tratado INF (Intermediate Nuclear Forces) se a China fosse signatária”, disse Jens Stoltenberg numa entrevista à cadeia de televisão pública alemã ZDF.

12 de nov de 2018

França relança negociações internacionais para [censura] regulação da Internet




Observador, 12 de novembro de 2018 



Macron apresentou o manifesto "Apelo de Paris" para responder a apelos para uma melhor regulação do ciberespaço, considerando-o um ponto de viragem para lidar com problemas de segurança na internet.

O governo francês tentou esta segunda-feira relançar as negociações globais para um código internacional de conduta na Internet, com um manifesto intitulado Apelo de Paris, respondendo a apelos para uma melhor regulação do ciberespaço.

O Apelo de Paris, esta segunda-feira apresentado pelo Presidente francês, Emmanuel Macron, numa sede da Unesco e perante o secretário-geral da ONU, António Guterres, surge na senda de uma série de pedidos internacionais para um mais eficaz controlo das plataformas digitais de comunicação.

Conferência sobre a Líbia em Palermo




Euronews, 12 de novembro de 2018 



É uma nova tentativa de acabar com o conflito na Líbia, entre o Governo apoiado pelas Nações Unidas e a administração rival no leste do país. Líderes das fações líbias e delegações internacionais estão a chegar para a conferência de Palermo, em Itália, onde se encontra a nossa correspondente Giorgia Orlandi.

"As hipóteses de sucesso da conferência são escassas, depois de muitos atores-chave internacionais terem dito que não participariam na cimeira. Nem o presidente dos Estados Unidos, nem o presidente russo vão estar presentes. Os líderes da União Europeia também não vão participar. O nível de representação dos líderes da Líbia também é fraco. A participação do comandante Haftar - o homem que controla a parte leste do país - também é incerta", refere a correspondente da Euronews em Itália.

122 foguetes são disparados contra Israel em menos de uma hora




Gospel Notícias, 12 de novembro de 2018 



Por Jarbas Aragão 



"As Forças de Defesa de Israel estão preparadas para usar grande quantidade de força se necessário", disse o porta-voz.

O Exército israelense enviou baterias de defesa aérea do sistema Domo de Ferro, além de reforços de infantaria, para a fronteira com a Faixa de Gaza nesta segunda-feira (12). Os confrontos com o grupo terrorista Hamas na noite de domingo resultaram na morte de sete militares palestinos e um de Israel.

As Forças de Defesa de Israel reforçaram suas tropas e estão preparadas para usar grande quantidade de força se necessário”, disse o porta-voz da IDF em comunicado. Batalhões de infantaria da Brigada Givati ​​foram enviados para a fronteira como reforços e teme-se que uma escalada da violência para uma nova guerra.

Ameaças Palestinas à Normalização de Relações dos Árabes com Israel

Gatestone, 11 de novembro de 2018 







  • "Não há lugar para o inimigo (israelense) no mapa." — Ismail Haniyeh, líder do Hamas, 29 de outubro de 2018.
  • Altas autoridades da Fatah, como Munir al-Jaghoob e Mohammed Shtayyeh, condenaram Omã por receber Netanyahu. Eles também condenaram os EAU por terem permitido que israelenses participassem do campeonato de judô.
  • De modo que a Fatah e o Hamas não conseguem se acertar quanto ao pagamento de seus trabalhadores, não conseguem se acertar quanto ao fornecimento de energia elétrica para a Faixa de Gaza e não conseguem se acertar quanto ao fornecimento de suprimentos médicos para os hospitais que se encontram nas regiões por eles governadas. No entanto eles concordam em infligir mais sofrimento e prejuízos aos seus próprios povos. Se eles continuarem agindo dessa maneira, chegará o dia em que os palestinos descobrirão que seus amigos e irmãos se tornaram seus piores inimigos.


Por mais de 10 anos o Hamas e a facção Fatah, sob o comando do presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas, estão em guerra. Tentativas de seus irmãos árabes, como o Egito, Arábia Saudita e Catar, de jogar uma pá de cal na luta pelo poder entre os dois grupos rivais palestinos até agora deram com os burros n'água, sendo improvável que produzirá resultados positivos em um futuro próximo. O abismo que separa o Hamas da Fatah continua extenso como sempre: os dois partidos se achincalham o tempo todo. A Fatah quer voltar a dominar a Faixa de Gaza, o Hamas esbraveja em alto e bom som: não. A Fatah quer que o Hamas se desarme e lhe ceda o controle da Faixa de Gaza, o Hamas diz não.

11 de nov de 2018

Angela Merkel diz que "projeto de paz" europeia está em risco – Risco de ser desmascarado




Euronews, 11 de novembro de 2018 






A primeira edição do Fórum para a Paz, organizado em Paris pelo presidente francês Emmanuel Macron, ficou marcado pelo alerta de Angela Merkel para as ameaças à paz europeia.

Sob o olhar atento de António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, a chanceler da Alemanha declarou o nacionalismo e o populismo como principais riscos.

Num dia marcado pelas comemorações do centenário do armistício que acabou com a I Guerra Mundial, Angela Merkel realçou a importância de uma resposta global aos desafios.

Cuidado com o Novo e Perigoso Papel da Turquia em Relação aos Refugiados

Gatestone, 10 de novembro de 2018 





  • "A polícia turca" já está patrulhando abertamente as "áreas turcas" de Berlim... Carros com a logomarca de uma unidade de elite da polícia turca foram vistos nas ruas de Berlim, mas as autoridades alemãs dizem que não têm condições de detê-los. — The Sun.
  • Apesar da fantasia ainda abraçada por alguns europeus segundo a qual os imigrantes acabarão se integrando às sociedades dos países que os acolheram, o que tem acontecido é justamente o contrário.
  • Aqueles europeus que defendem a imigração em massa, irrestrita, em nome do "multiculturalismo" e da "diversidade" não estão dando a devida atenção à natureza dos países de maioria muçulmana de onde esses imigrantes vêm. O desrespeito aos direitos humanos e à liberdade de expressão, o abuso às mulheres e gays, assassinatos em nome da honra, antissemitismo e violência contra os não muçulmanos e muçulmanos "apóstatas" são típicos desses países. Em vez de se livrarem dos grilhões desses países, muitos imigrantes estão simplesmente levando-os para a Europa.
  • "A lei da Sharia foi reconhecida por um tribunal britânico pela primeira vez quando um juiz emitiu uma sentença de divórcio histórica... segundo a qual o casamento islâmico de um casal que já está vivendo separado, conduzido em uma cerimônia chamada nikah, se enquadra na lei matrimonial britânica apesar de não ser legalmente reconhecida como tal". — The Telegraph.



A Turquia, graças às Nações Unidas, será a partir de agora oficialmente responsável por decidir não só quem será considerado refugiado, mas também para onde o refugiado ou a refugiada será recolocado(a) ou transferido(a). Autoridades do estado turco têm recorrentemente ameaçado inundar a Europa com refugiados, conforme a mensagem transmitida à Europa pelo Presidente Recep em 2016:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...