5 de jul de 2018

Evangelista pode pegar 2 anos de prisão por entregar panfletos com versículos a homossexuais





Gospel Notícias, 04 de julho de 2018 


Por Tiago Chagas


A simples distribuição de folhetos evangelísticos a homossexuais pode levar um cristão a ser condenado a dois anos de prisão sob acusação de “crime de ódio”, e sua esposa, que luta para arrecadar fundos para sua defesa nos tribunais, sofreu perseguição da plataforma de doações GoFundMe.

Bill Whatcott, 51 anos, é um cristão canadense que trabalhava como motorista de ônibus e decidiu entregar panfletos com versículos bíblicos durante a Parada Gay de Toronto, em 2016. Aproximadamente três mil pessoas alcançadas pela iniciativa do evangelista.


No entanto, em junho passado, ele recebeu um mandado de prisão em sua casa sob acusação de “crime de ódio”. Bill apresentou-se espontaneamente à Polícia e desde então está sob custódia, aguardando julgamento, segundo informações do jornal The Toronto Star.

Essa noção de que eu odeio homossexuais é uma bobagem. Quando a esquerda acusa os cristãos conservadores de ódio, eles estão mentindo, porque são eles que nos odeiam”, afirmou o evangelista, numa entrevista concedida antes de se entregar.

O que eu faço é falar a verdade, e acho que a verdade é uma coisa amorosa para compartilhar, mesmo quando é difícil. Se você tem um filho que está usando drogas e arruinando sua vida, dizer que está tudo bem não ajuda. Você tem que dizer que ele está se destruindo. O estilo de vida homossexual e a agenda homossexual certamente destroem a vida dos gays, e isso é prejudicial para toda a nação”, acrescentou Bill Whatcott.


De acordo com informações do portal The Christian Post, o panfleto distribuído dizia que “a rejeição ao verdadeiro casamento é uma oposição direta à lei de Deus”, acrescentando que “é nosso dever alertar que aqueles que optam por se rebelar contra o Deus que os criou podem correr um risco eterno”.

A seguir, o panfleto aprofundava a reflexão: “Para aqueles que estão lendo este trecho do Evangelho, queremos que você saiba que existe um Deus que ama você, e que é real, e que fez um caminho para você ir a Ele. I Pedro 2: 21-24: ‘Pelas suas feridas fostes sarados'”.

Perseguição

O militante Jeremy Dias, diretor executivo do Centro Canadense de Gênero e Diversidade Sexual, comentou o caso dizendo que a polícia tomou a decisão correta ao prender o evangelista.

No entanto, o advogado de Bill Whatcott questionou o motivo de um mandado de prisão preventiva válido para todo território canadense. “Normalmente, um mandado em todo o Canadá é emitido para alguém que teria cometido um crime muito sério, como assassinato”, disse o advogado Charles Lugosi ao Toronto Star.

Além do prisão e do processo, o evangelista foi demitido de seu emprego. Ele e sua esposa têm dois filhos, de 6 e 8 anos, e têm enfrentado dificuldades até para mobilizar pessoas em seu apoio, já que uma campanha criada para arrecadar fundos para a defesa de Bill foi cancelada pela GoFundMe.

A alternativa encontrada pela família foi criar uma nova campanha na plataforma GoGetFunding, que embora seja menos popular no Canadá, tem características semelhantes.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...