5 de abr de 2018

‘É puro mal’: homem se expõem a menina no banheiro da Target, empresa conhecida por tolerar homens em banheiros femininos




CBN, 04 de abril de 2018. 



Por Emily Jones



A polícia de Chicago está em busca de um homem que se expôs a uma criança no banheiro da Target no domingo. 

De acordo com a NBC Chicago 5, uma mãe entrou no banheiro feminino da Target com sua filha naquela tarde. Logo depois, um homem entrou no banheiro e insistiu que ele tinha que ir ao banheiro. 

A polícia diz que ele forçou a entrada onde a criança estava e se expôs, e em seguida, saiu da loja. 

É muito triste. As crianças são inocentes”, disse Stanley Hughley, um cliente da loja Target, à NBC Chicago 5. “Não importa o quanto o pedófilo seja velho, é errado. É puro mal, não importa como você o veja”. 

A porta-voz da Target, Danielle Shcumann, disse que o homem estava bêbado quando entrou no banheiro e garantiu aos clientes que sua segurança é importante para a empresa. 

Na Target, a segurança de nossos hóspedes é extremamente importante para nós”, disse ela. “Imediatamente após um convidado nos informar sobre este incidente, nós chamamos a polícia e fornecemos a eles vídeos da entrada de nossa loja para ajudar na investigação deles”. 

A Target promulgou uma nova política em 2016 permitindo que homens biológicos que se identificarem como mulher e vice-versa pudessem entrar no banheiro feminino. 

A política provocou fúria entre muitos que acreditavam que isso ameaçava a segurança de mulheres e crianças. 

Um desses críticos é o reverendo Franklin Graham, que disse não se surpreender com esse último incidente. 

Por que alguém estaria chocado? A Target se orgulha de sua política que permite que homens biológicos usem banheiros femininos”, escreveu ele em um post no Facebook. “Os clientes entrevistados estavam certos – é muito triste. E é tão evitável”.

 

Um incidente semelhante aconteceu em 2016, quando uma mulher alegou ter sido sexualmente abusada por um homem no vestiário feminino em uma loja da Target no Texas. O homem supostamente estava tirando fotos dela com o celular enquanto ela estava experimentando roupas. 

A American Family Association respondeu à polêmica política pedindo um boicote às lojas Target. 

Até agora, a petição recebeu mais de 1,5 milhão de assinaturas. 

O valor da Target sofreu uma perda de US $ 10 bilhões, uma perda de 20%, após a promulgação da política. No entanto, os defensores da Target afirmam que a queda foi causada por outros fatores. 

Apesar do clamor público, o CEO da Target, Brian Cornell, disse à CNBC em 2016 que sua empresa fez a coisa certa. 

Nós tomamos uma posição”, disse ele. “Nós vamos continuar a abraçar nossa crença na diversidade e inclusão, pelo quão importante isso é para a nossa empresa. Mas também vamos garantir que nosso foco na segurança seja inabalável”. 

Cornell também disse que sua política era semelhante aos dias de desagregação. 

Algumas semanas atrás, um dos membros de nossa equipe me enviou uma nota lembrando-me que, se voltássemos para meados dos anos 60, nossa empresa seria uma das primeiras a usar modelos afro-americanos em suas propagandas, que naquela época, não foi bem recebido”, disse ele. 

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...