20 de jan. de 2018

Índia testa míssil balístico nuclear Agni-V




Epoch Times, 20 de janeiro de 2018. 






A Índia anunciou que testou com sucesso seu míssil balístico intercontinental (ICBM) capaz de carregar uma ogiva nuclear, conhecido como Agni-V.

Numa mensagem de Twitter, o ministro da defesa da Índia, Nirmala Sitharaman, disse que o lançamento do míssil é um “grande impulso para a capacidade de defesa do nosso país”.

O míssil foi testado pelo Dr. Abdul Kalam Island, no estado de Odisha, de acordo com o Economic Times. O ICBM Agni-V tem um alcance de ataque de cerca de 5 mil quilômetros, o que pode cobrir a maior parte da China.


O míssil voou por 19 minutos e percorreu cerca de 4800 quilômetros, disse a reportagem.

Apenas os Estados Unidos, a França, a Rússia e a China são conhecidos por possuírem ICBMs.

“Todos os objetivos da missão foram cumpridos. Este teste bem sucedido do Agni-5 reafirma as capacidades próprias de míssil do país e fortalece nossa dissuasão credível”, disse o Ministério da Defesa da Índia.

A emissora indiana NDTV observou que, quando o Agni-V estiver totalmente operacional, a Índia se juntará a um “clube superexclusivo de países com ICBMs ou mísseis balísticos intercontinentais… os outros são os EUA, Grã-Bretanha, Rússia, China e França”.

“O desempenho do voo do míssil foi rastreado e monitorado por radares, estações de alcance e sistemas de rastreamento durante toda a missão. Todos os objetivos da missão foram atendidos com sucesso. Este teste bem-sucedido do Agni-V reafirma as capacidades próprias de mísseis do país e reforça ainda mais nossa dissuasão credível”, disse um funcionário do Ministério da Defesa, de acordo com o Times of India.

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...