30 de nov de 2017

Reino Unido – governo considera ter mais poderes para acabar com protestos pró-vida do lado de fora das clínicas de aborto

Amber Rudd



Instituto Cristão, 30 de novembro de 2017. 



A polícia poderia receber novos poderes para silenciar a oposição pró-vida do lado de fora das clínicas de aborto, de acordo com o Ministério do Interior. 

O governo disse que irá rever a “escala e a natureza” dos protestos contra o aborto que ocorreram recentemente. 

Mais de uma centena de deputados assinaram uma carta afirmando que expor a visão pró-vida do aborto equivale a abuso “misógino”. 

Suécia – ex-primeiro-ministro diz que a imigração em massa foi a melhor coisa que aconteceu ao país

Fredrik Reinfeldt



Speisa, 30 de novembro de 2017. 



O ex-primeiro-ministro sueco Fredrik Reinfeldt afirma que a imigração em curso (invasão) para a Suécia está entre as melhores coisas que já aconteceu com o país. Ele acredita que pode ser comparado com como ter filhos: um longo investimento de longo prazo. Outros, no entanto, criticam fortemente a sua política, mas Reinfeldt se recusa a responder às críticas. 

Em entrevista ao Expressen, Reinfeldt elogia a imigração e a compara com a prática de ter filhos. 

Suécia – granada de mão jogada contra a polícia




Speisa, 29 de novembro de 2017. 



Um grande número de explosões tem abalado a Suécia ultimamente, e agora uma granada de mão detonou na delegacia de polícia em Uppsala – com a intenção de matar a polícia. 

Foi uma granada de mão que foi jogada e detonada na delegacia de polícia em Uppsala, logo após as 23h00min da segunda-feira, a polícia agora confirma em seu site

De acordo com fontes, a granada foi jogada para matar policiais, mas resvalou em um poste e acabou errando. 

28 de nov de 2017

Grávida de gêmeos? Agora Noruega permite escolher qual vive e qual morre




Acidigital, 28 de novembro de 2017 



Por Beatriz de la Rosa


MADRI, 20 Out. 16 / 06:00 pm (ACI/Actuall).- As mulheres grávidas de gêmeos que vivam em algum país da Europa onde o aborto seja ilegal ou onde as leis de aborto seletivo sejam muito restritivas, poderão viajar para a Noruega para abortar livremente.

Esta é a nova medida tomada pelo representante da junta diretiva de saúde norueguesa, Torunn Janbu, que está promovendo o “turismo abortivo” para todas as mulheres europeias.

Reino Unido – organização de escoteiras britânicas permitirá que homens adultos usem o banheiro e o vestiário feminino




Daily Wire, 28 de novembro de 2017 





Todos os membros, de 5 a 25 anos, "podem usar as comodidades do gênero com qual se auto-identificam". 

Um “espaço seguro” privilegiado para as meninas serem meninas no Reino Unido agora permite que os membros masculinos que “se identificam” como mulheres usem os mesmos banheiros que o das meninas – em nome da tolerância, é claro. 

O centro das Girls Guides (escoteiras do Reino Unido) instruiu oficialmente a sua liderança para permitir que membros que sejam biologicamente masculinos, mas se identificam como mulheres passem a ter a cesso a vestiários para meninas, e instalações de banheiro (incluindo chuveiros) e quartos. Além disso, esta regra aplica-se a todos os membros, de cinco a 25 anos. 

25 de nov de 2017

Doutrinadores comunistas cubanos na Colômbia




Martín Notícias, 24 de novembro de 2017. 






Na Colômbia, há relatos crescentes sobre a presença de cubanos que se misturam a população. Eles seriam implantados em zonas de concentração das FARC, onde não há presença das forças do estado. 

A eventual influência de Cuba nas zonas de desmobilização das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) de esquerda tem líderes políticos e cidadãos comuns envolvidos no acordo de paz acordado em Havana

24 de nov de 2017

Suécia – ele ou ela? Igreja pede ao clero para se referir a "Deus" com linguagem neutra

Antje Jackelén



DN, 24 de novembro de 2017



Esta medida entrará em vigor no feriado religioso de Pentecostes, dia 20 de maio

A Igreja da Suécia quer que o clero utilize uma linguagem mais neutra para se referir a "Deus", medida que faz parte da versão atualizada de um manual de 31 anos que dita o funcionamento dos serviços religiosos no que toca à linguagem, liturgia, hinos e outros aspetos. Utilizar a expressão "o senhor", por exemplo, é desaconselhado.

Um homem estuprou uma adolescente e agora poderá ser enviado para uma prisão feminina




Daily Wire, 24 de novembro de 2017. 






Mudou o seu nome para “Davina” e exige ser transferido para uma prisão de mulheres – e pode acabar conseguindo. 

Em 2004, David Ayrton, então com 25 anos, sequestrou uma menina de 15 anos e a estuprou. David já afirmou ser “mulher” transgenera e mudou o nome para “Davina”. Ele ainda tem intacto os seus órgãos genitais masculinos, mas exige que seja colocado na prisão feminina por causa de sua auto-identidade. E pode acabar conseguindo. 

Davina poderia mudar o jeito como funciona a prisão feminina no Reino Unido caso deem aprovação. “Os condenados atualmente precisam de um certificado de reconhecimento de gênero aprovado por um comitê de especialistas e um médico, caso desejem mudar”, informa o The Sun, fazendo referência a uma nova lei de gênero. “Eles podem ser barrados caso pensem que por mudar de gênero isso lhes facilita na prática de cometer crime sexual”. 

23 de nov de 2017

Saad Hariri suspende demissão como primeiro-ministro do Líbano




Euronews, 22 de novembro de 2017 



Pela primeira vez desde o anúncio de demissão a 4 de novembro a partir da Arábia Saudita, Hariri regressou a Beirute e foi convencido pelo Presidente a recuar

O primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, prometeu ficar no Líbano, num discurso perante milhares de apoiantes, após o anúncio de que suspendia o seu pedido de demissão a pedido do presidente Michel Aoun.

Não há nada mais precioso que o nosso país”, declarou Hariri perante os apoiantes que se concentraram frente à sua casa no centro de Beirute, respondendo a um apelo do seu partido, Movimento Futuro.

Austrália pede a EUA para reforçarem presença na Ásia




Euronews, 23 de novembro de 2017 



Austrália apela a EUA para combaterem crescente influência chinesa na região

A Austrália convidou os Estados Unidos a reforçar a presença na Ásia e a estreitar laços com as outras democracias da região para travar a crescente influência da China. Um convite que acaba por ser um pedido a Donald Trump para abandonar as suas políticas isolacionistas em prol do bem global.

O livro branco, guia para a diplomacia australiana, foi publicado esta quinta-feira e apesar do apelo a Washington, não deixa de existir uma preocupação para não antagonizar o seu principal parceiro económico.

Cuba e Coreia do Norte juntos contra os EUA




Euronews, 23 de novembro de 2017 



Chefe da diplomacia norte-coreano, Ri Yong Ho, inicia visita oficial a Havana

O ministro de Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, recebeu esta quarta-feira o seu homólogo norte-coreano, Ri Yong Ho, com a crescente tensão na península coreana como pano de fundo.

A pressão internacional, sobretudo dos Estados Unidos, para o país asiático colocar um ponto final ao seu programa de mísseis levou Pyongyang a procurar apoio além-fronteiras e nesse sentido, pode dizer-se que a visita a Havana, um aliado político desde mil novecentos e sessenta, foi um sucesso.

Mulheres são brutalmente torturadas em campos de trabalho forçado na China

Encenação da tortura "espancar com tubos de papel"




Epoch Times, 23 de novembro de 2017 



Na perseguição à disciplina espiritual Falun Dafa na China, longe de serem protegidas por seu sexo, as mulheres são tratadas com muito mais brutalidade do que os homens.

Das mais de 4.000 mortes confirmadas de praticantes desta disciplina da Escola Buda — também conhecida como Falun Gong — mais da metade corresponde ao sexo feminino.

As mulheres são rotineiramente espancadas, eletrocutadas e submetidas a outros tipos de tortura física extrema da mesma forma que os homens, mas além disso tudo elas também são abusadas sexualmente nas prisões por grupos de homens ou pela própria polícia.

Rússia, Irão e Turquia juntos em Sochi pela paz na Síria




Euronews, 22 de novembro de 2017 






Vladimir Putin, Hasan Rouhani e Recep Tayyp Erdogan querem ajudar Bashar al-Assad numa solução política

Rússia, Irão e Turquia adotaram uma declaração conjunta de cooperação para resolverem a crise na Síria e restabeleceram a paz no país de Bashar al-Assad.

Os respetivos presidentes — Vladimir Putin, Hassan Rouhani e Recep Tayyp Erdogan — reuniram-se esta quarta-feira em Sochi, na Rússia, para uma cimeira trilateral onde a crise síria dominou a conversa.

Na China, empresas estrangeiras e pontos turísticos promovem propaganda comunista




Epoch Times, 22 de novembro de 2017 



Por Frank Fang



O Partido Comunista Chinês (PCC) penetra todos os aspectos da sociedade e tem renovado seus esforços para mostrar-se ainda mais presente na vida cotidiana, desde o local de trabalho até as atrações turísticas famosas.

Como um dos maiores mercados do mundo, a China pode ser um lugar lucrativo para as empresas estrangeiras fazerem negócios. Mas mesmo as empresas estrangeiras estão sob crescente pressão para atender os desejos do PCC.

21 de nov de 2017

Alemanha – seis terroristas muçulmanos do Estado Islâmico são presos por trama terrorista contra o mercado de Natal de Berlim




Daily Mail, 21 de novembro de 2017. 






A polícia alemã prendeu seis supostos conspiradores do Estado Islâmico em meio aos temores de que estivessem planejando um ataque no mercado de Natal no aniversário da atrocidade do ano passado, em Berlim

Os homens sírios foram presos durante incursões envolvendo 500 oficiais nas cidades de Kassel, Hannover, Essen e Leipzig. 

Os promotores dizem que eles estavam planejando um ataque coordenado usando “armas e explosivos”. 

Reino Unido – governo oferece aborto grátis para crianças da Irlanda do Norte sem o consentimento dos pais




LifeSiteNews, 20 de novembro de 2017. 



Reino Unido, 20 de novembro de 2017 (SPUC) – verificou-se que o plano do governo de oferecer abortos gratuitos para as mulheres da Irlanda do Norte e pagar os custos de viagem também se estende aos menores de idade na província – e que eles [os abortos] podem ser realizados sem o consentimento dos pais. 

A ação foi criticada por ativistas e políticos da Irlanda do Norte, com um MLA advertindo que “poderia consignar relações abusivas e ilegais”. 

Ideologia de gênero prejudica as crianças e compromete a pesquisa científica




Gospel Notícias, 21 de novembro de 2017 



Por Jarbas Aragão



Uma pediatra, um biólogo e um psiquiatra rebateram os argumentos de um militante LGBT

Três médicos, especialistas em pediatria, biologia e psiquiatria, estão criticando o que afirmam ser uma confiança em emoções colocada acima de fatos quando se estuda e trata de crianças que pensam ser transgênero.

Em um painel de discussão na The Heritage Foundation, os médicos afirmaram que a ideologia transgênero que permeia a sociedade atualmente prejudica as crianças e compromete a pesquisa científica.

ONU: mulheres norte-coreanas sofrem discriminação, estupro e desnutrição



Epoch Times, 21 de novembro de 2017 






Governo alega que sanções impostas sobre seus programas nucleares estariam afetando mães e crianças vulneráveis

As mulheres na Coreia do Norte estão privadas de educação e oportunidades de emprego, e muitas vezes são vítimas de violência doméstica e agressão sexual no local de trabalho, afirmou na segunda-feira (20) um grupo consultivo de direitos humanos da ONU.

Após revisão periódica dos arquivos de Pyongyang, o Comitê da ONU para a Eliminação da Discriminação contra a Mulher também expressou preocupação com o estupro ou maltrato de mulheres presas, especialmente aquelas que foram repatriados depois de fugir para o exterior.

20 de nov de 2017

Suécia – Partido sueco aprovou uma iniciativa para abolir a Suécia como um país soberano





Speisa, 19 de novembro de 2017. 



A Suécia deve ser abolida como uma nação soberana e, depois disso, fazer parte de uma “Federação Europeia”, controlada centralmente a partir de Bruxelas. Esta é a proposta que os liberais votaram em sua convenção nacional neste domingo. 

Foi o partido da Juventude Luf [partido liberal] que apresentou a proposta. Na moção, “é hora de uma federação”, os liberais deveriam “tomar uma posição para que a União Europeia se desenvolva em uma federação europeia”. 

18 de nov de 2017

França precisa de um “Estado islâmico” para evitar guerra civil, acredita escritor




Gospel Notícias, 18 de novembro de 2017 



Por Jarbas Aragão



Christian de Moliner acredita que em breve país poderá ser regido pela Sharia, lei religiosa islâmica

O pedido do intelectual Christian de Moliner está gerando uma grande polêmica na França. O professor universitário e escritor de renome, acredita que seria impossível acalmar os 30% da população francesa que segue o Islã e deseja introduzir a lei religiosa islâmica (Sharia) no país.

Canadá – Universidade de Laurier acusada de censura após estudante ser repreendida por passar um vídeo crítico a termos de gênero neutro

Lindsay Shepherd



Global News, 17 de novembro de 2017 



Por Rebecca Joseph e Mike Drolet



Lindsay Shepherd, uma estudante de pós-graduação na Universidade de Wifrid Laurier, está protestando depois que a escola a acusou de violar as suas políticas de transfobia por passar um conteúdo da TVO contendo as exposições críticas do professor da Universidade de Toronto, Jordan Peterson. 

Todas as perspectivas são válidas em um debate? 

Na Universidade Wilfrid Laurier em Ontário, existem alguns pontos de vista que não são. 

Índia – 12 milhões de meninas foram abortadas, só porque não eram meninos




LifeNews, 17 de novembro de 2017 


Por Micaiah Bilger


Uma mulher foi brutalmente espancada e mutilada pelo seu ex-marido, e outra foi banhada com gasolina e quase queimada viva simplesmente porque estavam grávidas de meninas. 

Os abusos sofridos por mulheres e meninas na Índia nada mais são do que horripilantes. Os pesquisadores estimam que 12 milhões de meninas estão desaparecidas na Índia apenas por causa do aborto. Muitas que conseguem sair para fora do útero são submetidas a negligência, abuso e até mesmo infanticídio e outras formas de assassinato. 

17 de nov de 2017

ONU diz a República Dominicana: "descriminalize e garanta o acesso ao aborto"




LifeSiteNews, 16 de novembro de 2017  






16 de novembro de 2017 (LifeSiteNews) – O Comitê de “Direitos Humanos” das Nações Unidas enviou um pedido à República Dominicana para eliminar penalidades criminais para o aborto e legalizar o procedimento mortal em todos os casos em que a vida ou a “saúde” da mãe estiver em jogo, de acordo com a mídia local. 

O Comitê usou expressões comumente empregadas pela Planned Parenthood e pelo lobby internacional do aborto em sua declaração na República Dominicana, que veio em resposta ao Sexto Relatório Periódico sobre os direitos humanos do país. 

Autoridades espanholas desmantelam uma rede de tráfico de drogas no país e no Marrocos que atua a partir da Venezuela




NTN24, 17 de novembro de 2017 



Cerca de 4 toneladas de cocaína avaliadas em torno de 100 milhões de euros foram interceptadas na Espanha e no Marrocos, em uma grande operação internacional que resultou em mais de 40 prisões, anunciou nessa sexta-feira o Ministro do Interior espanhol. 

Em um comunicado, o ministro explicou que, graças à operação, que começou no ano passado, a Guarda Civil interceptou na Espanha 1,270 quilo de cocaína e mais de 13 de euros em dinheiro. 

16 de nov de 2017

Na primeira “nação feminista” do planeta, as mulheres hoje vivem com medo

feminista sueca resistindo ao machismo iraniano... de véu. 



Gospel Notícias, 16 de novembro de 2017. 



Por Jarbas Arabão. 



Para combater estupros, governo sueco distribuiu pulseirinhas que dizem "não me ataque"

Quando a Suécia se declarou o “primeiro governo feminista do mundo”, muita gente não entendeu o que isso queria dizer na prática. Quando representantes suecas fizerem uma visita oficial ao Irã este ano, a ministra do Comércio, Ann Linde, e outras mulheres que estavam em sua comitiva apareceram com o hijab (véu islâmico) cobrindo suas cabeças.

Uma semana na Suécia

Gatestone, 12 de novembro de 2017 


Por Fjordman


  • Na Suécia, os incêndios de carros não são mais as principais notícias; eles se tornaram uma parte da vida cotidiana. Os carros são incendiados nas cidades suecas regularmente. 
  • Entre janeiro e setembro de 2017, a Suécia experimentou 6.000 incêndios de carros. Isso equivale a cerca de 22 incêndios por dia. Escolas e outros edifícios também são alvos de incendiários. 
  • Enquanto isso, um relatório afirma que estudantes suecos e outros cidadãos foram jogados para o fim da fila do programa público de habitação. As autoridades, por isso, priorizam os requerentes de asilo recém-chegados e os imigrantes sobre o resto da população nativa do país. 

Se você procurar por crime, você pode encontrá-lo em qualquer sociedade. Infelizmente, na Suécia hoje, você não precisa procurar muito. Um olhar casual nos jornais em qualquer dia aleatório será preenchido com histórias sobre assaltos à mão armada, agressões sexuais, estupros, tiroteios de gangues e talvez explosivos implantados em restaurantes. Esta onda de crime não é mais meramente confinada às principais cidades. Muitas cidades pequenas e algumas comunidades rurais também estão afetadas. 

Alemanha – Facebook baniu jornalista alemã que fez uma postagem crítica sobre a Barbie de hijab




Speisa, 15 de novembro de 2017 



Existem muitos que foram banidos por períodos mais curtos ou longos de tempo pelo Facebook depois de publicarem conteúdo politicamente incorreto, mas esse tipo de ação raramente afeta os jornalistas em um dos jornais mais importantes da Europa. 

A premiada jornalista alemã Brigit Kelle contou a sua história no jornal alemão Die Welt nessa quarta-feira. Após o lançamento de uma nova boneca Barbie com hijab, ela escreveu um comentário sarcástico em seu mural, que Ken [boneco que faz par com a Barbie] poderia açoitá-la [a Barbie] caso não estivesse usando o seu hijab. 

Senado de Ohio passa lei que proibi abortos em bebês com síndrome de Down




LifeNews, 15 de novembro de 2017 


Por Micaiah Bilger


Um projeto de lei de Ohio para proteger os bebês não-nascidos com síndrome de Down do aborto passou no Senado estadual nessa quarta-feira, uma ação que logo poderia aterrar a medida contra a discriminação na mesa do governador. 

O Senado de Ohio votou 20 a 12 para aprovar a legislação. A Lei de Não Discriminação da Síndrome de Down (lei do Senado 164) ajudaria a prevenir a discriminação, proibindo os abortos em bebês não-nascidos que têm ou podem ter síndrome de Down. Os abortistas que violam a medida podem ser acusados de crime de quarto grau ou perder sua licença médica. 

Reino Unido – Conselho da cidade britânica de Portsmouth vota para impedir vigílias de oração pela vida do lado de fora da clínica de aborto




LifeSiteNews, 15 de novembro de 2017 



PORTSMOUTH, Inglaterra, 15 de novembro de 2017 (SPUC) – Uma moção para o conselho da cidade de Portsmouth para “fazer tudo ao seu alcance” para evitar vigílias pró-vida fora da clínica de aborto bpas no St. Mary’s Hospital Health Campus em Milton foi aprovada por 31 votos a favor. Isso aconteceu mesmo após sucessivos testemunhos de membros do público defendendo a campanha de 40 Dias pela Vida. 

A clínica de aborto não me disse nada. 

15 de nov de 2017

Suécia – ministro da Justiça se recusa a investigar a etnia dos estupradores, pois acha que “são apenas homens, não imigrantes”

Morgan Johansson



Speisa, 14 de novembro de 2017 



Suécia – o ministro da Justiça, Morgan Johansson, negou a proposta dos Moderados para investigar a etnia dos estupradores. Ele acredita que o partido está culpando os imigrantes quando na realidade a questão é sobre os perpetradores serem “homens".

Na segunda-feira, os Moderados anunciaram que queriam ver um novo mapeamento abrangente de crimes sexuais na Suécia. 

A investigação deve incluir a origem étnica dos perpetradores, porque, de acordo com o partido, é importante saber quem está cometendo esses crimes. 

Parlamento Europeu aprova ativação de Artº 7 contra a Polónia




Euronews, 15 de novembro de 2017 



A decisão surge na sequência de reformas que colocam em causa a separação de poderes no país, em particular do poder judicial.

Estará o Estado de Direito sob ameaça na Polónia? Sim, respondeu o Parlamento Europeu que votou favoravelmente a ativação preventiva do artigo 7.1 do Tratado da UE contra a Polónia.

A decisão contra o governo polaco surge na sequência de reformas que [supostamente] colocam "em causaa separação de poderes no país, em particular do poder judicial.

Australianos disseram "Sim" ao "casamento" homossexual – As consequências para os cristãos

Vandalismo de radicais de esquerda contra um carro contendo cartazes pela campanha do "Não"



Euronews, 15 de novembro de 2017 



Os Australianos deram luz verde ao casamento homossexual. Através de uma consulta por correio, 62% dos mais de 12 milhões que participaram de forma voluntária nesta estatística disseram Sim.

Avançar com a legislação se o resultado fosse favorável era uma promessa do primeiro ministro, Malcolm Turbull: “Milhões de australianos votaram Sim pela igualdade do casamento. Votaram  Sim pela justiça. Votaram Sim pelo compromisso. Votaram Sim pelo amor. E agora cabe-nos a nós, aqui no Parlamento da Austrália, continuar com o trabalho”.

14 de nov de 2017

China – autoridades comunistas obrigam à substituição de imagens de Cristo pela do ditador chinês




SIC, 14 de novembro de 2017 


As autoridades de uma comarca no sul da China estão a obrigar os cristãos locais a substituir os retratos de Jesus Cristo, cruzes e outros símbolos religiosos que têm em casa por imagens do Presidente chinês, Xi Jinping.

Segundo o jornal de Hong Kong South China Morning Post (SCMP), milhares de cristãos de Yugan, na província de Jiangsi, sudeste do país, cederam à pressão das autoridades, alguns sob ameaças de deixar de receber subsídios de combate à pobreza.

A União Europeia retira as FARC de sua lista de organizações terroristas




NTN24, 14 de novembro de 2017 



As FARC continuam fora da lista de organizações terroristas da União Europeia sem passar pela justiça e sem sequer reparar as suas vítimas. A antiga guerrilha colombiana, agora um partido político, seria excluída das sanções do bloco, bem como o congelamento de ativos. 

A decisão foi acordada na segunda-feira pelos ministros dos negócios estrangeiros do bloco continental, durante um conselho em Bruxelas, de acordo com a agência de notícias EFE. As FARC, que agora têm o seu próprio partido político, sem que seus líderes tenham sido levados perante a justiça, estão fora desta lista desde 26 de setembro de 2016, como uma forma de apoio ao processo de paz que está sendo realizado pelo governo de Juan Manuel Santos; a organização havia sido incluída na list em 09 de setembro de 2001. 

Facebook bloqueia perfil de bilionário chinês que revelou segredos obscuros da China

Guo Wengui 



Epoch Times, 14 de novembro de 2017 



Guo Wengui é conhecido por ter laços estreitos com a elite política da China, incluindo o ex-chefe de espionagem Ma Jian

Um bilionário chinês muito controvertido, conhecido por denunciar os segredos mais obscuros da elite política chinesa, acaba de ser silenciado pelo Facebook, que afirma ter tomado “medidas baseadas em suas políticas”.

Rússia e Turquia querem solução política para guerra na Síria




Euronews, 14 de novembro de 2017 


Por Luís Guita


Putin e Erdogan reuniram-se em Sochi. Uma solução política para a guerra na Síria é desejada pelos Presidentes da Rússia e da Turquia.

Putin e Erdogan estão de acordo sobre a necessidade de se encontrar uma solução política para a Síria.

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, reuniram-se durante quatro horas, segunda-feira, em Sochi, Rússia. A guerra na Síria foi o grande tema do encontro entre os dois Presidentes.

França e Estados Unidos preocupados com Hariri e situação libanesa




Euronews, 13 de novembro de 2017 


Por Luis Guita



Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Yves Le Drian, está preocupado com o primeiro-ministro libanês, demissionário, Saad Hariri, que se encontra em Riade, Arábia Saudita, e com a situaçao no Líbano.

A demissão que o primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, apresentou, a partir da Arábia Saudita, na semana passada, continua a provocar muitas interrogações. Estados Unidos e França estão entre os países que manifestaram apoio a Hariri e ao Estado libanês, e se interrogam sobre o papel de Riade.

Reino Unido – professor cristão suspenso por ter chamado de “menina” uma aluna transgênero

Joshua Sutcliffe




Notícias ao Minuto, 13 de novembro de 2017 


Por Melissa Lopes.  


Professor disse ter pedido desculpa ao aluno, mas não considera "irracional" chamar rapariga a alguém que nasceu rapariga.

Joshua Sutcliffe, de 27 anos, professor de matemática numa escola secundária em Oxfordshire, foi suspenso de funções depois de ter chamado "rapariga" a um aluno transgénero. Joshya enfrenta agora um processo disciplinar, noticia a imprensa internacional.

13 de nov de 2017

A Crise Migratória Deixa a Europa de Pernas para o Ar

Gatestone, 13 de novembro de 2017 




  • "A crise migratória é o '11 de setembro' da União Europeia... Naquele dia, em 2001, tudo mudou nos Estados Unidos. Em um minuto apenas, os EUA se deram conta de sua vulnerabilidade. Os migrantes causam o mesmo efeito na Europa... A crise migratória solapa profundamente os ideais da democracia, tolerância, bem como os princípios liberais que compõem o cenário ideológico." — Ivan Kratsev, presidente do Centro de Estratégias Liberais de Sófia e membro do Instituto de Ciências Humanas de Viena, no Le Figaro.
  • O público europeu olha com desprezo as instituições da União Europeia. Ele a lê à luz do multiculturalismo e da imigração, ele não é apenas indiferente aos seus próprios problemas, mas somam a estes os que já existem.
  • "Somos uma comunidade cultural, o que não significa que somos melhores ou piores, somos simplesmente diferentes do mundo exterior... nossa mente aberta e tolerância não podem significar deixar de proteger a nossa herança", Donald Tusk, presidente da Comissão Europeia.


Poucas semanas depois que a Alemanha abriu as fronteiras para a entrada de mais de um milhão de refugiados do Oriente Médio, África e Ásia, o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, alertou que a crise migratória poderia "desestabilizar as democracias". Ele foi tachado de demagogo e xenófobo. Dois anos mais tarde, a previsão de Orbán se confirmou. Conforme explica o Website Politico: "a maioria dos líderes da UE ecoam as palavras do primeiro-ministro húngaro" e agora ele já pode afirmar: "nossa posição está lentamente se tornando a posição majoritária".

A “Igreja” da Inglaterra diz que os alunos da escola primária devem ter permissão para explorar as suas identidades de gênero

Bispo idiota que comanda essa palhaçada. 



Yahoo! News UK, 13 de novembro de 2017 


Por Andy Wells



As crianças da escola primária devem ser livres para “explorar as possibilidades de que podem ser” quando se trata de identidade de gênero, de acordo com a Igreja da Inglaterra

Em novos pareceres emitidos as escolas, a Igreja disse que os alunos deveriam tentar experimentar “os muitos disfarces de identidade” sem serem rotulados ou intimidados. 

O berçário e a escola primária, em particular, é um âmbito de “exploração criativa”, diz, e os jovens devem poder escolher o tutu, a tiara e os saltos, bem como o capacete, cinto de ferramentas e capa de super-herói “sem ansiedade ou crítica”. 

Reino Unido – “minha menina só está aqui hoje porque os pró-vida falaram comigo”

Imagem meramente ilustrativa, não correspondendo a pessoa nomeada no artigo



Instituto Cristão, 09 de novembro de 2017 



Uma mulher decidiu não passar por um procedimento de aborto por causa da gentil presença de pró-vidas no lado de fora de uma instalação de Marie Stopes, escutaram os deputados no parlamento. 

A mulher, conhecida apenas como Kate, disse que sua filha é uma “garota incrível e perfeita” que não estaria viva se não fosse pelos defensores pró-vida estarem lá. 

O deputado Edward Leigh disse aos políticos sobre a história da mulher durante um debate sobre “zonas tampão”, que impedirá protestos fora dos centros de aborto. 

12 de nov de 2017

40% dos americanos já aceitam ideologia de gênero como “natural”

40% dos americanos já aceitam ideologia de gênero como "natural"



Gospel Notícias, 11 de novembro de 2017 


Por Jarbas Aragão



Número recorde de pessoas acreditam que “sexo de nascimento não define gênero”

Historicamente, o Brasil não é dado a pesquisas de opinião frequentes. Já nos Estados Unidos elas são constantes e geralmente servem para nortear decisões políticas. Um novo levantamento do renomado Instituto Pew de Pesquisas mostra que 44% dos norte-americanos acreditam que o gênero de uma pessoa não é determinado no nascimento.

Ou seja, concordam com a afirmação que “uma pessoa pode ser um homem ou uma mulher, independentemente do sexo com que nasceram”.

A União Europeia poderá retirar as FARC de sua lista de organizações terroristas




NTN24, 11 de novembro de 2017 



Na próxima segunda-feira, durante um conselho em Bruxelas, os ministros dos negócios estrangeiros da União Europeia planejam retirar os guerrilheiros "desmobilizados" das FARC agora um grupo político, de sua lista de organizações terroristas, disseram nesta sexta-feira fontes locais. 

Espera-se que a decisão que já foi feita antecipadamente será ratificada na segunda-feira, 13 de novembro, e as fontes acrescentam ainda que o Comitê de Embaixadores Permanentes da UE já enviou os atores legais correspondentes para obter o apoio dos ministros. 

11 de nov de 2017

Comunistas colombianos anunciam expansão das FARC para a Venezuela




Martin Notícias, 11 de novembro de 2017 



Através de seu site, o Partido Comunista da Colômbia (PCC), indicou que a Fuerza Alternativa Revolucionária do Común (FARC), um nome que substitui o nome de guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, promoverá um partido similar na Venezuela. 

O chamado “Primeiro Encontro Preparatório Nacional” para criar a estrutura organizacional do Partido das FARC na Venezuela está agendado para 11 e 12 de novembro, em Maracay, estado de Aragua.

10 de nov de 2017

Canadá – preconceito: negada adoção a um casal cristão por acreditarem que a homossexualidade é um pecado



Dailywire, 10 de novembro de 2017 






Um casal de cristãos evangélicos no Canadá está tomando ações legais depois que o seu pedido de adoção foi negado devido as suas opiniões religiosas sobre a sexualidade. 

O casal, que não é identificado em documentos judiciais, alega que a “recomendação inicial em que eles eram autorizados a adotar foi revogada” após ‘interferência’ feita pelo Ministério dos Serviços Infantis e que lhes foi dito que as suas crenças religiosas relacionadas ao gênero e à sexualidade eram contrários a “posição oficial do governo de Alberta”, informa o National Post

Professor Winston sofre intimidação online por postar provas contra o transexualismo

O professor Lord Robert Winston foi fortemente criticado por seus comentários sobre o transexualismo.



Instituto Cristão, 10 de novembro de 2017 



O professor Lord Robert Winston recebeu intimidações online “muito desagradáveis” por falar sobre os resultados “horríveis” da cirurgia de “mudança de sexo”. 

Lord Winston, professor emérito de Estudos de Fertilidade no Colégio Imperial de Londres, advertiu os perigos de uma abordagem de “tiro pela culatra” por médicos que estão promovendo a cirurgia radical. 

Ele fez os seus comentários no programa Today da BBC Radio 4.

Terroristas muçulmanos do Estado Islâmico fogem da Síria e Iraque para a Líbia

Imagem meramente ilustrativa


DN, 09 de novembro de 2017 


O Presidente egípcio afirmou hoje que a derrota do grupo extremista Estado Islâmico (EI) nos combates no Iraque e na Síria forçou "muito provavelmente" os guerrilheiros a procurar refúgio na vizinha Líbia.

Abdel Fatah al-Sissi, que falava numa conferência de imprensa de quase duas horas na estância turística de Sharm-el-Sheik, no Mar Vermelho, referiu que, da Líbia, os elementos do EI poderão atravessar a fronteira com o Egito, onde as forças de segurança egípcias têm estado a combater os militantes do grupo terrorista na península do Sinai e, mais recentemente, no deserto do oeste do país.

George Soros procura financiar a legalização do aborto por toda a América Latina




LifeSiteNews, 08 de novembro de 2017 



Por Natalia Dueholm



8 de novembro de 2017 (LifeSiteNews) – o apoio do investidor milionário George Soros ao aborto não se limita ao financiamento da Planned Parenthood. As fundações Open Society de Soros deu grandes subsídios à International Women’s Health Coalition (IWHC) e a Women’s Link Worldwide (WLW), que está ligado ao controverso Centro de Direitos Reprodutivos. 

A WLW, que atua há mais de 15 anos com pouco escrutínio, está na vanguarda de um movimento para destruir as proteções legais para os não-nascidos na América Latina, uma região ainda muito pró-vida. 

9 de nov de 2017

Último bastião do Estado Islâmico foi retirado da Síria




Euronews, 09 de novembro de 2017 


Exército do país anunciou hoje ter terminado com as sedes da organização terrorista no país

Albu Kamal, faz fronteira com o Iraque e era a última cidade na Síria que o Estado Islâmico tinha nas mãos.

Após meses de uma ofensiva apoiada pelos russos [e o Hezbollah], o exército anunciou hoje ter recuperado o controlo total da cidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...