17 de out de 2017

200 milhões de meninas em todo o mundo foram vítimas de abortos de seleção de sexo





LifeNews, 11 de outubro de 2017. 


11 de outubro é o Dia Internacional das meninas. Ao celebrarmos as amadas mulheres e meninas em nossas vidas, lembremo-nos também dos 200 milhões de meninas em todo o mundo que foram vítimas do aborto seletivo por sexo – meninas como “Lian”, que foi quase abortada, mas cuja vida foi salva por nossa Campanha “Salve uma menina”. 

A família de Lian vive em uma aldeia remota na China rural, onde a vida é difícil. A vida para a mãe de Lian é especialmente difícil. Seu avô que vive ao lado da mãe sofre de paralisia. Sua condição causou dificuldades financeiras porque a família não tem seguro, então eles gastaram todo o seu dinheiro em cuidados médicos. Eles até receberam empréstimos de parentes, embora eles não saibam como eles serão capazes de pagar isso. 


A mãe de Lian já estava muito estressada quando descobriu que estava grávida. Sua família disse que não era um bom momento para ter um bebê, mas eles estavam dispostos a apoiar a gravidez se a criança fosse um menino. Quando o médico disse-lhes que ela estava gravida de uma menina, a avó de Lian começou a pressionar sua mãe a ter um aborto. 

Esta pobre mãe não queria abortar sua filha, mas não sabia o que fazer. Então, ela ouviu falar sobre nossa campanha “Salve uma menina” e buscou ajuda para salvar a vida de sua filha. Uma pesquisadora de campo viajou para a aldeia de Lian, bateu na porta de sua humilde casa e ofereceu esperança. Ela disse à mãe de Lian que as meninas são tão preciosas quanto os meninos. Ela ofereceu à mãe de Lian um salário mensal por um ano para capacitá-la para que pudesse manter a sua filha. 

A mãe de Lian aceitou a nossa oferta de ajuda com gratidão. Ela deu à luz a Lian, uma menina bonita e saudável, e ela está encantada com a sua nova filha. A mãe de Lian disse ao nossa pesquisadora de campo que, sem nossa ajuda, “não teria chance de ver sua filha, que agora a faz tão feliz”. 
Nota: no final do artigo há um apelo para que as pessoas possam ajudar o site a salvar mais meninas como Lian. Se você quiser se juntar ao grupo, na tentativa de ajudar, então fique á vontade. Esse artigo só foi possível graças a LifeNews

Artigos recomendados: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...