11 de jul de 2017

O governo colombiano assinou o decreto que concede anistia aos 3.252 membros terroristas das FARC




NTN24, 10 de julho de 2017 



O governo da Colômbia assinou um decreto que concede anistia em benefício de 3.252 membros das FARC acusados de “crimes políticos, tais como posse ilegal de armas e uniformes militares bem como o fomento de insurreição armada”. 

Este é o “terceiro decreto de concessão de anistia de jure [por lei]”, disse em um comunicado o Ministério da Justiça pela EFE. 


Por decreto foi concedido anistia a 6.005 membros das FARC, enquanto a ação judicial de liberdade condicional, também prevista na Lei de Anistia e Clemência, já fez com que saíssem da prisão mais de 1.400 membros das FARC. 

Nós estamos dando a um total de 7.000 membros das FARC a quem foram resolvidas as situações jurídicas, e vemos que a transição da legalidade das FARC tem sido um processo histórico de normalização”, disse o titular dessa Enrique Gil, responsável pelo decreto.  

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário