8 de abr de 2017

Principal líder da oposição afastado de cargos públicos




Euronews, 08 de abril de 2017. 



Por Nara Madeira



Na Venezuela, o principal líder da oposição, Henrique Capriles, está proibido de exercer cargos públicos durante os próximos 15 anos. A informação é avançada pelo próprio e deriva de uma decisão judicial.

Capriles, que fica impedido de candidatar-se à presidência do país em 2018, já disse que vai recorrer.

A decisão das autoridades venezuelanas aumenta a tensão nas ruas do país. O próprio Capriles, atualmente governados do estado de Miranda, exortou a população a manifestar-se.



Há razões suficientes para se mobilizarem, esta situação, que me foi imposta, é mais um motivo, dá mais força para irmos amanhã para as ruas da Venezuela!” – Explicou Capriles, que perdeu as eleições de 2013 para Nicolas Maduro, por uma margem mínima, estava acusado de “irregularidades administrativas” enquanto governador, entre 2011 e 2013.

A Venezuela vive momentos difíceis com uma inflação acumulada, nos primeiros dois meses deste ano, de 42,5%. Mais de 50% da população vive, atualmente, na pobreza. Muitos venezuelanos estão a fugir para o Brasil.

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário