23 de abr de 2017

Milhares de ex-combatentes do Talibã podem ter entrado na Alemanha




GBN, 22 de abril de 2017. 



Por Andrea Shalal



Milhares de ex-combatentes talibãs podem ter entrado na Alemanha nos últimos dois anos entre um afluxo de mais de um milhão  de imigrantes e refugiados, informou a revista Der Spiegel neste sábado. 

O Escritório Federal de Migração e refugiados da Alemanha (BAMF) informou aos oficiais de segurança que milhares de migrantes se identificaram como ex-insurgentes talibãs durante o processo de pedido de asilo, disse a revista. 

Acrescentando que pelo menos 70 homens afegãos estavam sendo amplamente investigados pelo procurador-chefe da Alemanha, embora não estivesse claro se todos eles eram suspeitos de serem militantes ativos do Talibã. 


Seis estão sendo mantidos em detenção para investigação, e julgamentos preliminares envolvendo vários outros devem começar na próxima semana, acrescentou a revista. 

Nenhum comentário do escritório de migração esteve imediatamente disponível ou de promotores federais. 

O governo da Chanceler Angela Merkel está sob fogo cruzado por permitir tantos imigrantes, especialmente depois de vários ataques de militantes ligados islâmicos ligados aos imigrantes no ano passado, e tem deportado ativamente grupos de refugiados afegãos que buscam asilo. 

Merkel, em busca de um quarto mandato em uma eleição em 24 de setembro, defendeu este mês o aumento das deportações de refugiados afegãos dizendo que todos os outros países da União Europeia estavam fazendo o mesmo. 

Ela disse que a cerca  de 55% dos afegãos foram concedidos  o estatuto de refugiado na Alemanha, enquanto que 45% foram recusados. 

Artigos recomendados: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário