14 de mar de 2017

Holanda: Mark Rutte vs Geert Wilders e o "Nexit"



Euronews, 14 de março de 2017. 



Mark Rutte acusou Geert Wilders de querer empurrar a Holanda para o caos, ao defender o “Nexit”, a saída do país da União Europeia.

O atual primeiro-ministro e o líder de "extrema-direita" digladiaram-se, esta noite, num debate na televisão estatal holandesa, a dois dias das eleições legislativas.

Wilders afirma que a saída do país da União iria beneficiar a economia.

Pelo contrário, Rutte afirma que o “Nexit” iria atirar milhares de pessoas para o desemprego.


Você quer o ‘Nexit’. Quer que a Holanda saia da Europa. Você sabe que isso vai custar 1 milhão e 500 mil de empregos. Isso significaria o caos para a Holanda. A Grã-Bretanha está num caos agora, por causa do Brexit. Quer empurrar os Países Baixos para o caos, também. Não faça isso. Sinceramente, espero que não vença, que não forme um executivo. Vou lutar arduamente. Não faça isso. É a pior notícia que a Holanda pode ter agora”, assegura o primeiro-ministro.

O ‘Nexit’ é a melhor coisa que nos poderia acontecer. Tornamo-nos, novamente, donos do nosso país. Vamos recuperar a chave da nossa porta. Quantas pessoas é que acha que não consideram desagradável não ter a chave da própria casa, para ditar quem deixam ou não entrar? Pedimos a uma agência, que já ganhou prémios, que fizesse a análise. E sabe? A nossa economia iria crescer, iríamos ter mais poder de compra e haveria mais emprego”, garante o líder do Partido da Liberdade.

A imigração foi um dos temas fraturantes do debate. Geert Wilders defende o encerramento das fronteiras, de mesquitas e a proibição do Corão.

Antes do frente-a-frente, Mark Rutte afirmou que, depois do “Brexit” e da eleição de Donald Trump, nos Estados Unidos da América, espera que seja a Holanda a acabar, a 15 de março, com o efeito dominó do mau populismo.

Artigos recomendados: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário