22 de mar de 2017

Dinamarca – você coloca carne de porco em sua pizza? Então prepare-se para morrer!




Gates of Vienna, 21 de março de 2017. 






O seguinte incidente parece ser um exemplo padrão de quando a lei Xaria é aplicada contra os não-muçulmanos. 

O artigo não indica especificamente que as vítimas eram dinamarqueses nativos. No entanto, os meios de comunicação dinamarqueses não são tão reticentes quanto aos crimes enriquecedores como em alguns países (por exemplo, a Suécia) e descrevem os agressores como sendo “de origem étnica diferente do dinamarquês”. Assim sendo, é razoável supor que a jovem senhorita que estava comendo carne de porco em sua pizza era uma dinamarquesa étnica. 


Meu palpite é que o jovem casal cometeu o erro de comer pizza em uma área em que os enriquecedores da cultural local consideram uma zona reservada exclusivamente para os muçulmanos, o que torna os seus habitantes sujeitos a restrições alimentares da Xaria, sejam eles muçulmanos ou não. A única coisa curiosa é como os infiéis infratores conseguiram obter carne de porco dentro de uma zona da Xaria – eles carregavam consigo? 

Muito obrigado a Tania Groth por traduzir este artigo do BT.dk

Na noite de sábado, um jovem casal foi atacado por até cinco pessoas de origem étnica estrangeira em Silkeborg (Dinamarca). 

Em conexão com o incidente, a polícia de Mid-and West Jutland está procurando o infrator, que eles descrevem como um homem de cerca de 175 cm de altura, de fisionomia padrão, de origem étnica estrangeira, e vestindo roupas escuras. Eles também estão procurando duas a quatro pessoas que participaram no ataque.

O ataque ocorreu no dia 12 de março às 6:07 em Nygade em Silkeborg na Pizzaria Eiffel, onde o conhecido homem de 24 anos estava sentando na escadaria comendo sua pizza.

O agressor tomou um de seus pedaços de pizza e jogou-a no chão. O que rapidamente transformou-se em uma briga, e logo depois um grupo de homens amigos do agressor chegou ao local e começou a chutá-lo e socá-lo.

Midtjyllands Avis escreve que o jovem casal foi questionado se havia carne de porco em sua pizza, no que eles responderam que sim. Foi aparentemente isso que desencadeou a briga.

De repente, um jovem de diferente origem étnica [árabe] saiu correndo e golpeou a garota gratuitamente na cabeça e ela perdeu a audição numa orelha. No momento não sabemos se ela teve perda auditiva permanente! Ele então a dominou fisicamente tentou estrangulá-la enquanto gritava que ela não deveria comer pizza com carne de porco!”, mostra o jornal um post que a mãe do jovem  publicou no Facebook.

Para o BT, o Comissário de Polícia Bent Riber Nielsen confirmou que o agressor perguntou sobre o conteúdo da pizza. O Comissário, no entanto, não quis fazer mais comentários.

Ele espera que o vídeo abaixo possa ajudar a identificar os homens ainda não identificados. 


Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário