6 de jan de 2017

Satélite-espião israelita detecta silo de mísseis russo na Síria




RTP, 06 de janeiro de 2017. 



Os serviços de informações ocidentais suspeitavam de que a Síria estivesse a receber da Rússia mísseis altamente sofisticados. Um satélite-espião israelita terá detectado um depósito de mísseis Iskander.

Segundo uma reportagem do Canal 2 da televisão israelita, referida no diário Jerusalem Post, o satélite israelita "Eros" conseguiu fotografar os mísseis Iskander, transportados por camiões, no exterior de uma base militar situada em Lakatia, no ocidente da Síria.

Os mísseis Iskander situam-se um degrau acima dos velhos Scud, podendo atingir um alvo com uma aproximação de sete metros, ao passo que os Scud tinham uma margem de erro de 450 metros. Os Iskander são de médio alcance, tendo um raio de acção de 500 quilómetros, e podendo transportar ogivas nucleares.

Até agora não tinha havido confirmação das suspeitas de serviços secretos ocidentais, porque os mísseis estavam escondidos em arsenais secretos. Aparentemente, foram as fortes chuvadas dos últimos dias que forçaram os militares russos a mudar a localização dos mísseis, com recurso a camiões - o que permitiu a sua detecção.

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário