19 de jan de 2017

Os suecos estão sendo caçados pelo estado no Facebook




Speisa, 18-19 de janeiro de 2017. 



A Suécia solicita informações sobre os usuários no Facebook dez vezes mais do que quaisquer outros países nórdicos, de acordo com o jornal P1 Kulturnytt

Kulturnytt refere-se à declaração de inquéritos governamentais do Facebook, que mostra que a Suécia solicitou informações sobre 441 usuários no primeiro semestre de 2016 em comparação com a Noruega e a Dinamarca, que pediu informações de 37 e 52 usuários. 

A promotora Helene estrin diz a Kulturnytt que a Suécia fez uma unidade especial de polícia que gerencia os contatos com o Facebook, o que explica a alta atividade. 

Desde de janeiro de 2015, o Ministério Público tem sido capaz de processar suecos que ofendem imigrantes ou pessoas de autoridade online, assim como pessoas comuns, que eram encaminhadas para processos civis. 

Artigos recomendados: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário