2 de set de 2016

Rajoy volta a falhar a investidura: a barreira socialista de Rajoy

Mariano Rajoy



DN, 02 de setembro de 2016. 



Por José Fialho Gouveia



Se até 31 de outubro ninguém conseguir formar governo, o país volta a eleições.

Desta vez o líder do Partido Popular necessitava apenas de uma maioria simples, mais sins do que nãos, mas o resultado foi exatamente idêntico ao de quarta-feira. Rajoy recebeu 170 votos favoráveis (137 do PP, 32 do Ciudadanos e um da Coligação Canária). Todos os outros 180 deputados votaram contra. Como era de esperar, Pedro Sánchez, secretário-geral do PSOE, manteve-se firme no "não".

O rei Felipe VI deverá agora voltar a chamar os líderes dos vários partidos para perceber se alguém acredita ter apoios suficientes para voltar a tentar uma investidura.


Se até 31 de outubro nenhum candidato conseguir formar governo, Espanha voltará a eleições, as terceiras em apenas um ano.

As eleições regionais na Galiza e no País Basco, marcadas para 25 de setembro, irão condicionar as estratégias políticas durante o próximo mês.

Pelos prazos constitucionais, as eleições legislativas seriam a 25 de dezembro, mas, em princípio, os partidos estão de acordo em fazer passar uma lei para encurtar a campanha eleitoral, permitindo que os espanhóis votem a 18 e não no dia de Natal.

Artigo recomendado:



Nenhum comentário:

Postar um comentário