15 de ago de 2016

Áustria - nove presos por suposto estupro de turista alemã

Viena na noite de Ano Novo.


The Local At, 15 de agosto de 2016. 



Polícia austríaca prendeu nove iraquianos por estupro no Dia de Ano Novo em Viena. 

Os homens, os quais estão em fase de requerentes de asilo, ou a quem tinha sido concedido asilo, estão agora detidos para interrogatório em conexão com o ataque sexual de uma mulher de 28 anos de idade, da Alemanha, que ocorreu no dia de Ano Novo. 

O porta-voz da polícia de Viena Paul Eidenberger disse que os homens, que variam de 21 a 47 anos de idade, foram detidos em vários locais no fim de semana. 



Eles são acusados de ter drogado a mulher, e em seguida, a levado para Schwedenplatz para um dos apartamentos em que viveram, onde ela foi abusada sexualmente. 

A mulher não tinha lembranças do ataque, no entanto a polícia foi capaz de juntar as peças do local do incidente através do uso de câmeras de segurança. 

Além disso, evidências de DNA foram colhidas da mulher, o que sugere, pelo menos, que quatro homens estão “fortemente ligados” ao crime, no entanto, “todos estavam envolvidos”, de acordo com Eidenberger. 

Cada deles têm negado as acusações, segundo a polícia. 

É costume manter suspeitos em prisão preventiva, enquanto eles são questionados. Fiança normalmente não é concedida em tais casos graves na Áustria. [Se ferraram!]. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário